Ondskan
Cruel[1] (PRT)
Evil - Raízes do Mal[2] (BRA)
 Suécia,  Dinamarca
2003 •  cor •  113 min 
Direção Mikael Håfström
Produção Ingemar Leijonborg
Hans Lönnerheden
Roteiro Hans Gunnarsson
Mikael Håfström
Idioma sueco, finlandês
Página no IMDb (em inglês)

Ondskan (prt: Cruel; bra: Evil - Raízes do Mal) é um filme de drama dano-sueco de 2003 dirigido e coescrito por Mikael Håfström, e baseado no romance A Fábrica da Violência de Jan Guillou. [2][3][4] Com o nome de Evil, foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro na edição de 2004, representando a Suécia.[5]

ElencoEditar

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Cruel (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. a b Evil - Raízes do Mal (em português) no AdoroCinema
  3. Andreas Hoffsten & Clas Österholm. «Ondskan - Filmhandledning (Guia do filme (PDF) (em sueco). Instituto Sueco do Cinema (Svenska Filminstitutet). Consultado em 26 de outubro de 2019 
  4. Karlsson, Therese (2011). Ondskan och verkligheten (A maldade e a realidade) (PDF) (Examensarbete (Trabalho de exame)) (em sueco). Escola Superior de Gävle (Högskolan i Gävle). p. 1-36 
  5. «Academy Awards Nominees and Winners». Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 27 de abril de 2017 
  Este artigo sobre um filme sueco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.