Abrir menu principal


One Piece
ワンピース
(Wan Pīsu)
Capa do primeiro volume de One Piece, publicado no Japão pela editora Shueisha em 24 de dezembro de 1997.
Gênero Ação, Aventura, Fantasia, Comédia dramática
Mangá
Escrito por Eiichiro Oda (尾田 栄一郎)
Ilustrado por Eiichiro Oda
Editora(s) Shueisha
Editora(s)
lusófona(s)
Impressão Jump Comics
Revista(s) Weekly Shōnen Jump
Público-alvo Shonen
Data de publicação 19 de julho de 1997 – presente
Volumes 93 (Lista de capítulos)
Anime
Direção Kônosuke Uda (#1-278)
Junji Shimizu (#131-159)
Munehisa Sakai (#244-372)
Hiroaki Miyamoto (#352–679)
Toshinori Fukazawa (#663–presente)
Satoshi Ito (#780–presente)
Tatsuya Nagamine (#780–presente)
Roteiro Junki Takegami (#1–195)
Hirohiko Uesaka (#196–presente)
Música Kōhei Tanaka
Shiro Hamaguchi
Estúdio Toei Animation
Distribuição/
Licenciamento
Emissoras de televisão Fuji TV
Exibição original 20 de outubro de 1999 – presente
Episódios 893
(lista de episódios)
Filmes


Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

One Piece (ワンピース, Wan Pīsu?) é uma série de mangá escrita e ilustrada por Eiichiro Oda. Os capítulos têm sido serializados na revista Weekly Shōnen Jump desde 19 de julho de 1997, com os capítulos compilados e publicados em volumes tankōbon pela editora Shueisha. One Piece conta as aventuras de Monkey D. Luffy, um jovem cujo corpo ganhou as propriedades de borracha após ter comido uma Fruta do Demônio acidentalmente. Com sua tripulação, os Piratas do Chapéu de Palha, Luffy explora a Grand Line em busca do tesouro mais procurado do mundo, o One Piece, a fim de se tornar o próximo Rei dos Piratas.

O mangá foi adaptado em um episódio OVA produzido pela Production I.G em 1998, e num anime produzido pela Toei Animation, transmitido no Japão desde 1999. Além disso, a Toei Animation produziu treze filmes de anime, um OVA e onze episódios especiais de televisão. Foram lançadas também vários tipos de mídias desenvolvidas por diversas empresas relacionadas à série, como um jogo de cartas colecionável, e vários jogos eletrônicos. A série de mangá é licenciada e publicada no Brasil pela editora Panini Comics. A série de anime já foi exibida em sinal aberto no Brasil e em televisão a cabo, e em Portugal apenas em televisão a cabo. Atualmente a série é transmitida simultaneamente pela Crunchyroll no Brasil.

One Piece recebeu elogios pelos seus personagens, sua arte, humor e caracterização. Vários volumes do mangá quebraram recordes de publicação, incluindo a maior tiragem inicial de qualquer livro no Japão. O site oficial da série anunciou que o mangá estabeleceu um recorde mundial como "a série de quadrinhos de um mesmo autor com mais cópias publicadas no mundo". A partir de maio de 2018, o mangá já tinha vendido mais de 440 milhões de cópias em todo o mundo, sendo a série de mangá mais vendida da história.

SINOPSE:

A série centra-se em Monkey D. Luffy, um jovem que, inspirado por seu ídolo de infância e poderoso pirata  "Red Haired " Shanks, sai em uma jornada do mar do leste azul para encontrar o famoso tesouro One Piece e proclamar-se o rei dos piratas. Em um esforço para organizar sua própria tripulação, o chapéu de palha piratas (麦わら海賊団篇 Mugiwara Kaizoku-danhen), Luffy ressalva e faz amizade com um espadachim chamado Roronoa Zoro, e eles cabeça fora em busca de uma peça. Eles estão Unidos em sua jornada por Nami, um navegador e ladrão; Usopp, um sniper e um mentiroso; e Sanji, um chef mulherengo. Eles adquirem um navio chamado "Going Merry" e se envolvem em confrontos com famosos piratas do leste azul. Como Luffy e sua tripulação estabelecidos em suas aventuras, outros se juntam à tripulação mais tarde na série, incluindo Tony Tony Chopper, um médico e uma rena antropomorfizado; Nico Robin, uma arqueóloga e antiga assassina; Franky, um ciborgue contrutor.; Brook, um músico esquelético e espadachim; e Jinbe, um Helmsman Fishman; e eles também adquirem um novo navio chamado Thousand Sunny.

Índice

EnredoEditar

Monkey D.Luffy é um jovem que, inspirado em sua infância por um ídolo pirata chamado Shanks, o Ruivo, sai do East blue em direção a Grand Line a fim de encontrar o One Piece, o tesouro deixado por Gold Roger, o Rei dos Piratas e, assim, proclamar-se como o novo Rei dos Piratas. Em um esforço para organizar sua própria tripulação, o Pirata do Chapéu de Palha (麦わら海賊団篇, Mugiwara Kaizoku-dan?), sai em um viagem pelo East Blue em busca de companheiros. Nessa jornada, ele encontra Koby, um faz-tudo que virou escravo de uma pirata chamada Alvida da Clava de Ferro. Após derrotar Alvida, Luffy e Koby se dirigem a uma base da Marinha( a instituição mundial governamental que é responsável pela aplicação da lei e da ordem no Mar) a fim de resgatar um espadachim chamado Roronoa Zoro, o Caça-Piratas. Zoro acaba aceitando entrar no bando do Luffy após esses derrotarem o capitão responsável pela base da Marinha, Morgan da Mão de Machado, tendo Zoro uma ambição de se tornar o maior espadachim do mundo. Ambição essa motivada pela morte de sua querida amiga e rival Kuina.

Koby decide ficar na base da Marinha e se tornar um marinheiro, ao passo que Luffy e Zoro seguem viagem em busca de novos tripulantes. A dupla fica a deriva e acaba indo parar numa cidade portuária sitiada pelo bando pirata do Buggy, O Palhaço cuja recompensa é de 15 milhões de berries. Luffy, após ser enganado por Nami, uma ladra especializada em piratas, acaba sendo preso numa jaula por Buggy que assim como Luffy, possui os poderes da Akuma-no-mi, o BaraBara-no-mi( o fruto do picadinho). Zoro, com o auxilio da hesitante Nami, consegue salvar o Chapéu de Palha da morte certa. Após derrotarem Buggy e livrar a cidade da trupe pirata, Nami decide se juntar temporariamente ao bando e, juntos, o trio segue viagem até uma ilha remota onde se encontra a vila Syrup, a fim de conseguirem um navio para o bando.

Na vila eles conhecem Usopp, um mentiroso com habilidades de franco-atirador. Os Chapéu de Palha ficam sabendo de uma rica moradora na vila que pode fornecer o navio a eles. O seu nome é Kaya, uma menina adoentada cujo Usopp vai até sua casa todos os dias lhe contar histórias mirabolantes a fim de alegrar sua triste vida. Após um desentendimento entre Usopp e o mordomo de Kaya, Klanhador , este acaba descobrindo que o mordomo na verdade é um notório pirata que a Marinha acredita já está morto. Seu nome é capitão Kuro dos Cem Planos, antigo capitão do bando do Gato Preto, agora sob o comando de Jango, cuja recompensa é de 9 milhões de berries. Usopp fica sabendo de uma conspiração de Kuro para assassinar Kaya a fim de obter sua herança através do forjamento do testamento. Usopp tenta avisar Kaya e os moradores da vila sobre a verdadeira índole do mordomo entretanto, ninguém acredita nele devido a fama de mentiroso de Usopp e da ótima reputação de Klanhador com o pessoal da vila. Com a ajuda dos Chapéu de Palha, Usopp consegue deter o bando do Gato Preto antes que estes invadissem a vila. Kuro é derrotado por Luffy e sua farsa é revelado a Kaya. Em agradecimento por ter salvado sua vida, Kaya presenteia o bando com uma caravela, batizada com o nome de Going Merry. Luffy convida o Usopp a entrar no bando e este aceita, pois tem o sonho de se tornar um bravo guerreiro do mar.

O bando segue viagem em direção ao restaurante flutuante Baratie a fim de consegui um cozinheiro para tripulação. Lá, eles conhecem Sanji, um chefe de cozinha muito mulherengo. Luffy acaba sendo obrigado a trabalhar por um ano de graça no restaurante após se envolver numa confusão com o dono e cozinheiro-chefe do estabelecimento, Zeff Pé Vermelho, antigo pirata famoso por ter voltado completamente intacto da Grand Line. Luffy aproveita a oportunidade para convidar Sanji para o Bando depois de vê-lo dando comida ao pirata que havia sido escurraçado do restaurante. Seu nome era Gin e havia sido preso pelo tenente da Marinha Full-Body por fazer parte do temível bando do capitão (ou almirante, como este gosta de se chamar) Krieg, cuja recompensa vale 17 milhões de berries. Sanji recusa o convite por ter uma divida de gratidão com o local. Pouco tempo depois, o restaurante é atacado pelo próprio Krieg, que está com sua frota pirata completamente destruída após passar 7 dias na Grand Line e ter sido derrotado, junto com seu bando de 5 mil homens, por apenas um inimigo. Krieg ao saber que Zeff Pé Vermelho ainda está vivo, decide pegar o diário de bordo dele e o navio Baratie a fim de adentrar a Grand Line uma vez mais. Porém, seu plano é interrompido por uma ataque feroz da mesma pessoa que havia atacado seu bando na Grand Line e o havia seguido até ali para terminar o serviço. Esse homem era Dracule Mihalk, o MAIOR ESPADACHIM DO MUNDO e um dos Sete Membros da Shichibukai( um grupo de 7 corsários a serviço do Governo Mundial que capturam outros piratas em troca de terem suas recompensas congeladas e não serem perseguidos pela Marinha). Quem acaba enfrentado o Shichibukai é Zoro, que estava aguardando a oportunidade desse confronto há muito tempo. Todavia, o Caça-Piratas é completamente derrotado. Depois do embate, que lhe rendeu uma enorme cicatriz, Zoro promete nunca mais ser derrotado por ninguém que se intitule espadachim. Mihalk se surpreende com a determinação de Zoro e diz que irá está esperando por ele na Grand Line para enfrenta-lo pelo trono do melhor do mundo. Após o contratempo com Mihalk, Luffy e os cozinheiros do Baratie conseguem expulsar os piratas do Krieg do restaurante e Sanji decide entrar para o bando, tendo ele também um grande sonho que é encontrar o lendário mar de All Blue.

Com Sanji a bordo, Luffy vai atrás de Nami que havia aproveitado a confusão com o Krieg e traído os Chapéu de Palha, roubando o Going Merry. Eles vão parar no Arlong Park, local onde reside o pirata mais perigoso do East Blue, o Homem-Peixe Arlong, um pirata cuja cabeça vale 20 milhões de berries. Arlong é famoso pela sua brutalidade. Ele e seu bando pirata são oriundos da Grand Line, onde outrora fizeram parte do lendário bando dos Piratas do Sol, liderados por Jimbe. Porém, Jimbe acabou se tornando um dos Sete Membros da Shichibukai, e o bando sofreu uma cisão. Arlong, então acabou vindo parar no East Blue, onde pretende instaurar um império racial na qual os Homem-Peixes seriam a raça dominante. O bando do Chapéu de Palha acaba sabendo da história da Nami e a origem de seu ódio por piratas. Luffy, apos Nami pedir sua ajuda, decide enfrentar Arlong e acaba destruindo o Arlong Park, livrando as pessoas da ilha de 10 anos de opressão. Depois de resolvido a contenda, Nami decide se juntar ao bando definitivamente e, assim, o bando parte com 5 tripulantes em direção a Grand Line.

Todavia, antes de adentrarem a Grand Line, o bando passa pela cidade de Longuetown, a cidade do começo e do fim. Foi nessa cidade que Gold Roger, o Rei dos Piratas nasceu e foi executado. Lá, Zoro adquiri duas novas espadas além de ter um breve encontro com Tashigi, a sargento-mor do Quartel General da Marinha, que é idêntica a Kuina, a falecida amiga no qual Zoro fez sua promessa. Luffy acaba sendo preso por Buggy, o Palhaço e Alvida da Clava de Ferro (agora com os poderes do SubeSube-no-mi, o fruto do escorregadio) que, motivados pela vingança para com o Chapéu de Palha, decidem executa-lo no mesmo lugar onde o Rei dos Piratas morreu. Entretanto, segundos antes de morrer, Luffy é salvo pelo acaso ao ter sido atingido, junto com Buggy, por um raio. Antes do ocorrido, ao saber que ia morrer, Luffy sorri e aceita a morte. Esse pequeno gesto chama a atenção de Smoker, capitão do Quartel General da Marinha( que possui os poderes do MokuMoku-no-mi, o fruto da fumaça), pois foi o mesmo gesto que Gold Roger fez em sua execução. O bando do Chapéu de Palha foge em debandada com Smoker em seus encalços, tendo Luffy sido salvo mais uma vez pelo acaso, dessa vez por um homem misterioso chamado Dragon que, por algum motivo, é perseguido pelo Governo Mundial. Buggy e Alvida decidem ir para Grand Line, assim como Smoker.

Passado o contratempo em Longuetown, o bando segue rumo à Grand Line. Apos passarem por um sufoco no Calm Belt ( um cinturão marítimo que delimita a Grand Line, cujo bioma é permeado por monstros marinhos colossais chamados comumente de Reis dos Mares) o bando chega na Reverse Mountain, uma montanha grandiosa que é a entrada da Grand Line. O navio dos Chapéu de Palha, literalmente, sobe a montanha para entrar na Grand Line. Ao chegarem lá, o bando encontra com Laboon, a maior baleia do mundo. Eles acabam conhecendo também Crocus, um médico que vive dentro de Laboon e que é guardião da entrada da Grand Line. Crocus conta que Laboon foi deixada ainda filhote com ele por um bando pirata, para que ele pudesse protege-lá enquanto eles terminam sua jornada. Entretanto, já faz 50 anos que Laboon espera seus companheiros voltarem. Ela bate a cabeça todos os dias na Red Line para poder voltar para o West Blue, seu mar de origem. Afim de impedir que a baleia continue se torturando, Luffy faz uma promessa a ela dizendo que quando chegar ao fim da Grand Line e se tornar o Rei dos Piratas, ele volta para reencontra-lá. Agradecido por terem ajudado Laboon, Crocus decide explicar como funciona uma viagem pela Grand Line. Ele explica que cada ilha da Grand Line tem um campo magnético próprio, devido a composição química de seus solos, Sendo assim, as bussolas normais não funcionam lá. Eles precisam de uma bussola especial chamada Log Pose, que consegue gravar o campo magnético das ilhas. Além disso, os campos magnéticos formam uma espécie de "trilha" que só podem ser guiados pela Log Pose. No decorrer da viagem pela Grand LIne, os campos magnéticos e, consequentemente as ilhas, vão se "afunilando" até chegar na última ilha da Grand Line Laftel, uma ilha lendária que em 800 anos apenas uma pessoa conseguiu chegar que foi Gold Roger. Por isso, existe uma forte suposição que o One Piece esteja nessa ilha misteriosa.

O bando então parte rumo a primeira ilha da Grand Line, dessa vez com dois tripulantes a bordo, Miss Wednesday e Mr 9. Esses dois haviam tentado matar Laboon para levar sua carne para sua cidade. Os dois foram facilmente impedidos por Luffy porem, apos se mostrarem aparentemente arrependidos, Luffy decide leva-los de volta a cidade natal deles que é uma das primeiras ilhas da Grand Line. Apos uma dificílima viagem, pois o clima da Grand Line é completamente imprevisível, o bando chega a Whisky Peak, a cidade natal de Mr 9 e Miss Wednesday que fica na ilha Sapoten, que é rodeada por montanhas em forma de cactos. Lá, para a surpresa do bando, eles são recebidos com festividades pelo povo da ilha que acabam organizando uma grande festa para receber os visitantes. O que os Chapéu de Palha não sabiam é que todos os habitantes daquela ilha são caçadores de recompensa a serviço de uma organização criminosa chamada Baroque Works, inclusive Miss Wednesday e Mr 9 que, alias, ocupam um cargo de importância na organização e por isso usam os codinomes de "miss" e "mr". Zoro, que foi um dos únicos que não havia caído na armadilha da Baroque, enfrenta todos os 200 caçadores de recompensa que estavam na ilha. Ele, Zoro, derrota facilmente os agentes da Baroque, inclusive os de alto escalão como a Miss Wednesday, Mr 9, Miss Monday e Mr 8 que fingia ser o prefeito da cidade. Sem saber, outros dois membros da Baroque chegam na ilha. Estes são membros da elite da organização, a Miss Valentine e o Mr 5. Entretanto, o motivo de estarem ali é completamente diferente da confusão que estava ocorrendo. Eles foram mandados pelo presidente da organização, o Mr 0, para encontrar uma espiã que havia se infiltrado na organização e descoberto sua identidade, já que na Baroque Works ninguém pode saber a identidade do outro, muito menos do presidente que ninguém se quer viu, sendo todas as ordem diretas dadas por um porta-voz. O espião em questão era a Miss Wednesday e o Mr 8, que haviam se infiltrado para descobrirem a identidade do presidente. A Miss Wednesday é ninguém menos que a princesa e herdeira do trono do Reino de Alabasta, Nerfetari Vivi e Mr 8 é o chefe da Guarda Real Igaram. Mr 5, com seus poderes do BombBomb-no-mi( o fruto da bomba) e Miss Valentine com seus poderes oriundos do KiloKilo-no-mi( o fruto do peso), tentam matar Vivi e Igaram. Porem, são impedidos por Zoro e Luffy que os derrotam facilmente,o que surpreende Vivi. Vendo a força do bando, a princesa Vivi pede ajuda a eles para poder retornar a Alabasta. Nami aceita com a condição de que ela pague um bilhão de berries para ela. Vivi explica que o reino de Alabasta vive uma guerra civil orquestrada pelo presidente da Baroque Works. Segundo ela, a Baroque pretende tomar o controle de Alabasta por meio de um golpe de Estado e, por esse motivo, instigaram a guerra civil. A situação é ainda mais difícil porque o presidente da Baroque Works é Sir Crocodile, um dos Sete Membros da Shichibukai, cuja recompensa antes de entrar para o grupo era de 81 milhões de berries. Crocodile é considerado um herói em Alabasta e o povo, muito menos o rei, nem imaginam que esse homem é justamente a mente por trás de todos os infortúnios que o país está passando. Foi para desmascara-lo que Vivi, ao lado de Igaram, se infiltrou na Baroque. Igaram propõem que Vivi fuja com os Chapéu de Palha, enquanto ele serve de isca indo pelo caminho mais rápido. Porem, mal saiu da ilha e Igaram é morto pela Vice-presidente da Baroque Works e porta voz do presidente Miss All Sunday. Essa acaba tendo uma pequena conversa com o bando, dando a entender que foi ela que deixou Vivi descobrir a identidade do presidente. Além disso, ela deixa um aviso dizendo que do caminho dali até Alabasta, eles serão alvejados pelos membros da Baroque.

O bando então segue viagem rumo à Alabasta. Seguindo a Log Pose, eles acabam atracando em Little Garden, uma ilha pré-histórica onde habitam dois gigantes, Dorey o Demônio Vermelho e Burogy o Demônio Azul. Apesar das alcunhas, os dois gigantes são extremamente simpáticos . Os dois estão num duelo de 100 anos. Eles eram capitães do lendário bando dos Piratas Gigantes de Elbaf. Entretanto, devido a uma contenda, os dois iniciaram um duelo que só pode ser ganho com a morte do outro. Usopp admira a bravura dos gingates e nutre em seu coração a vontade de conhecer Elbaf um dia e ser um bravo guerreiro do mar como eles. Contudo, a paz da ilha é interrompida pelo plano de uns dos agentes mais inteligentes da Baroque, o Mr 3 que tem os poderes do DoruDoru-no-mi( o fruto da cera). A partir de um plano muito bem elaborado, Mr 3 junto com sua parceira Miss Golden Week, além da Miss Valentine e Mr 5 que reapareceram no encalço dos Chapéu de Palha, sequestram Zoro, Nami e Vivi e sabotam a luta dos gigantes, fazendo Dorey ganhar a luta. Rapidamente Mr 3 imobiliza Dorey para incapacita-lo e começa a transformar seus reféns em bonecos de cera. Luffy, com um pequeno auxilio de Usopp e Karu( um pato que é animal de estimação de Vivi), acaba derrotando os membros da Baroque. Enquanto isso, Sanji acaba encontrando o esconderijo do Mr 3 na ilha e sem querer acaba tendo uma rápida conversa com o Crocodile por meio do Denden Mushi. Achando que se tratava do Mr 3, Crocodile manda uma Eternal Pose para Sanji para que ele volte imediatamente para Alabasta. As Eternal Pose gravam um campo magnético fixo de determinada ilha e aponta apenas para ela seja qual for a parte que estiver no mundo. Isso acaba salvando o bando pois, a Log Pose normal demoraria 1 ano para gravar o campo magnético da ilha de Little Garden.

Apos se despedirem dos gigantes, o bando segue viagem. Entretanto, Nami cai doente o que faz com que os Chapéu de Palha se desviem do caminho a procura de um medico. Eles acabam atracando na ilha de Drum porem, são recebidos de maneira muito hostil pelos habitantes. Depois de Vivi e Luffy muito implorar, Dolton permite que eles entrem na ilha. Ele pede desculpas pelo modo como foram recepcionados. A ilha de Drum atualmente está sem nenhum governo pois o rei fugiu com o exercito devido a um ataque de 5 piratas que se intitulavam o Bando dos Piratas do Barba Negra. O rei, para se salvar, deixou a população a merce da destruição do Barba Negra. Dolton explica que tudo que a população da ilha teme é o retorno do rei com seu governo autoritário. Sanji e Luffy partem com Nami rumo ao antigo castelo do rei, na montanha mais alta da ilha, para encontrar a única medica que sobrou, a doutora Kuhera. Entretanto, eles acabam sendo perseguidos por Lapahns, coelhos carnívoros do tamanho de ursos. Eles acabam causando uma avalanche que soterra boa parte da ilha. Em outro ponto, Wapol que é o rei da ilha de Drum retorna junto com seu exercito. Dolton tenta impedi-lo com sua Akuma-no-mi, o UshiUshi-no-mi( o fruto do ruminante, modelo bisão) que faz com que ele transforme seu corpo em um bisão de maneira parcial ou total. Mesmo assim, Dolton é derrotado por Wapol que também possui uma Akuma-no-mi, o BakuBaku-no-mi (o fruto da comilança). No castelo, Nami é tratada pela doutora Kuhera, uma velha de 139 anos. Ela vive com Tony Tony Chopper, uma rena que comeu o HitoHito-no-mi (o fruto do humano, modelo pessoa) que concedeu a Chopper o dom da fala e o raciocínio humano. Chopper relembra seu triste passado e de seu grande sonho que é conhecer o mar. Ao ajudar Luffy a derrota Wapol, Chopper decide entrar no bando como medico de bordo. Com Nami recuperada, eles partem rumo à Alabasta. Ainda na ilha de Drum, cujo reino foi batizado de Reino das Cerejeiras, doutora Kuhera se impressiona com o D. nome de Luffy, dizendo que o verdadeiro nome do Rei dos Piratas não era Gold Roger e sim Gol D. Roger e que o Propósito dos D. ainda está vivo.

O bando segue viagem a Alabasta. No meio do caminho, eles se deparam com o Mr 2 Bon Clay, um travesti no qual fazem uma estranha amizade. Mr 2 tem as habilidades do ManeMane-no-mi (o fruto da imitação), que concede a ele o poder de copiar o rosto e a voz de qualquer pessoa com o simples toque. Ao saber quem era realmente o excêntrico amigo e sua habilidade problemática, o bando decide arrumar um meio de nao ser pego em alguma possivel futura armadilha.

Finalmente os Chapéu de Palha chegam a Alabasta. Lá, Luffy acaba se encontrando com seu irmão mais velho, Portgas D. Ace, Punhos de Fogo. Ace Punhos de Fogo é um pirata cuja a recompensa vale 550 milhões de berries. Ele é o Segundo Comandante de Frota dos Piratas Barba Branca, cujo o capitao é nada mais nada menos que o grande Edward Newgate, o Barba Branca, o HOMEM MAIS PODEROSO DO MUNDO. Ace está atras do pirata Barba Negra( o mesmo que devastou a terra natal de Chopper) por ele ter matado um companheiro de bando e ter deserdado. Com seus poderes do MeraMera-no-mi ( o fruto das chamas, que concede a Ace o poder de transformar-se em labaredas de fogo e projetá-las), Ace ajuda Luffy a escapar de Smoker e, também, acaba destruindo 50 navios da Baroque Works com um único golpe se despedindo, assim, de seu irmão.

O decorrer dos eventos é a tentativa de Vivi de tentar impedir a rebelião orquestrada por Crocodile e desmascara-lo perante os suditos do reino. O antigo amigo de Vivi, Koza, é o lider do exercito rebelde que lutam contra o rei por acreditarem que ele é o responsável pela terrível seca que aflinge o reino a 3 anos. Entretanto, o culpado pela seca é Crocodile, que usou de artimanhas para incriminar o rei. Luffy e os outros decidem ir até o cassino pertencente a Crocodile para derrota-lo. Enquanto isso, Crocodile reúne os remanescentes da Baroque Works ( Mr 1, Miss Double Finger, Mr. 2, Mr 4 e Miss Merry Christmas) para dar inicio ao plano Utopia, o projeto final da Baroque Works

O Bando chega,porem Luffy, Nami, Usopp, Zoro e Smorker, que continua sua perseguição ao bando, são capturados e presos numa jaula por Crocodile. Ali Crocodile apresenta seus poderes do SunaSuna-no-mi ( o fruto da areia, que concede a Crocodile o poder de transformar seu corpo em areia) e os proximos passos de seu plano. Smoker se intriga com a presença da Miss All Sunday ao lado de Crocodile. Seu nome verdadeiro é Nico Robin, uma famigerada criminosa procurada há 20 anos pelo Governo Mundial, tendo uma recompensa de 79 milhões de berries desde os 8 anos de idade. Segundo Smoker, se uma mulher como ela está ao lado de Crocodile , significa que os objetivos da Baroque Works não só ameaçam Alabasta como o mundo inteiro.

Apos escapar da jaula com a ajuda de Chopper e Sanji, Luffy enfrenta Crocodile, entretanto é completamente derrotado, ficando entre a vida e a morte. Porem, contrariando todas as expectativas, Miss All Sunday, a Nico Robin, salva Luffy da morte o indagando sobre o significado do D. em seu nome. Enquanto isso, na capital, Vivi tenta impedir o inicio da rebelião mas, é impedida pelos membros da Baroque Works. Começa assim um combate entre os Chapéu de Palha e os membros da Baroque Works, pelas ruas da capital. Usoop e Chopper derrotam a dupla Mr 4 e Miss Merry Christmas enquanto Sanji trava uma difícil batalha contra Mr 2 Bon Clay. Dessa batalha, surge uma nobre amizade entre Mr 2 e o Bando. Concomicantemente, Nami e Zoro lutam contra Mr 1 e Miss Double Finger, tendo tanto Zoro quanto Nami, um aprimoramento de suas habilidades apos enfrentarem esses difícieis oponentes.


Elementos do enredo Editar

 
O globo do mundo de One Piece.

O mundo de One Piece é povoado por seres humanos e muitas outras raças, tais como sereianos (uma raça híbrida de peixes e humanos, semelhantes aos tritões e sereias), anões, minks (uma raça de animais humanoides), e gigantes. Ele é coberto por dois vastos oceanos, que são divididos por uma enorme cadeia de montanhas chamada de Red Line (赤い土の大陸レッドライン, Reddo Rain?), que representa o único continente no mundo.[1] A Grand Line (偉大なる航路グランドライン, Gurando Rain?), é um mar que corre perpendicular a Red Line, dividindo-se em quatro mares: North Blue (北の海ノースブルー, Nōsu Burū?), East Blue (東の海イーストブルー, Īsuto Burū?), West Blue (西の海ウェストブルー, Uesuto Burū?) e South Blue (南の海サウスブルー, Sausu Burū?).[2]

Em torno da Grand Line existem duas regiões chamadas Calm Belts (凪の帯カームベルト, Kāmu Beruto?), semelhante às latitudes dos cavalos, onde quase não há correntes de vento e o mar está cheio de grandes criaturas marinhas chamadas de Rei dos Mares ou Netunianas (海王類, Kaiōrui?). Devido a isso na região de Calm Belt há barreiras muito eficazes para aqueles que tentam entrar na Grand Line.[3] No entanto, os navios da Marinha, membros de uma organização intergovernamental conhecida como Governo Mundial, são capazes de usar as Pedras de Prisma do Mar (海楼石, Kairōseki?) conhecidas por emanar a mesma energia do mar e assim mascarar a sua presença dos reis do mar e simplesmente passar pela Calm Belt. Todos os outros navios são obrigados a seguir uma rota mais perigosa, atravessando uma montanha na primeira interseção da Grand Line e Red Line, um sistema de canais conhecido como Reverse Mountain (リヴァース・マウンテン, Rivāsu Maunten?).[4] A água do mar de cada um dos quatro mares corre a montanha e se funde no topo, e passam a escorrer de um quinto canal, na primeira metade do Grand Line.[5] A segunda metade da Grand Line, além da segunda interseção com a Red Line, é conhecida como Novo Mundo (新世界, Shin Sekai?).[6]

As correntes e o clima do mar aberto da Grand Line são extremamente imprevisíveis, enquanto que nas proximidades das ilhas o clima é estável.[7] Os campos magnéticos dentro da Grand Line causam mal funcionamento em bússolas normais, tornando ainda mais difícil a navegação,[8] e, em vez disso, é necessário utilizar uma bússola especial chamada Log Pose (記録指針ログポース, Rogu Pōsu?).[9] A Log Pose funciona bloqueando o campo magnético de uma ilha e depois bloqueando o campo magnético de outra ilha.[10] O tempo para isso ocorrer depende da ilha.[11] Este processo pode ser ignorado pela obtenção de uma Eternal Pose (永久指針エターナルポース, Etānaru Pōsu?), uma variação da Log Pose que está permanentemente configurada para uma ilha específica e nunca muda.[12]

O mundo de One Piece inclui anacronismos, como os Caracóis-Receptores (電伝虫, Den-Den Mushi?), caracóis que podem ser conectados a um equipamento elétrico e funcionam como telefones rotativos,[13] máquinas de fax,[13] câmeras de vigilância,[14] e dispositivos similares.[14] Os Seletores (ダイアル, Daiaru?), as conchas de certos animais que habitam no céu, podem ser utilizadas para armazenar energia cinética, vento, som, imagens, calor e similares e tem várias aplicações.[15]

Akuma-no-miEditar

A Fruta do Diabo (悪魔の実, Akuma no Mi?) é um tipo de fruto que, quando ingerido, conferem poderes ao consumidor.[16] Uma pessoa só pode comer uma fruta do demônio durante a vida, pois comer uma segunda fruta do demônio pode acabar morrendo.[17] Existem três tipos de Frutas do Demônio; as Zoan; as Paramecia e as Logia[18]

As Zoan são frutos que permitem ao usuário se transformar totalmente ou parcialmente em um animal específico. Existem três categorias de Zoan ; as Zoan Comum que permitem ao usuário se transformar num determinado animal presente de maneira comum na fauna ; as Zoan Ancestral que permitem se transformar em algum animal da era pré-histórica e as Zoan Mitológica que permitem ao usuário se transformar num animal lendário. As Zoan Mitológicas são extremamente raras.

Lista de usuários de Zoan;Editar

  • UshiUshi-no-mi (fruto do ruminante, modelo Bisão) - Dolton
  • HitoHito-no-mi (fruto do humano, modelo Pessoa) - Tony Tony Chopper
  • ToriTori-no-mi (fruto do pássaro, modelo Falcão )- Pell
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo dachshund) - pistola Lasoo
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo chacal) - Chaka
  • MoguMogu-no-mi (fruto da toupeira) - Miss Merry Christmas
  • UmaUma-no-mi (fruto do cavalo) - Pierre
  • NekoNeko-no-mi (fruto do gato, modelo Leopardo) - Rob Lucci
  • ZouZou-no-mi ( fruto do elefante) - Funkfreed
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo Lobo) - Jabura
  • UshiUshi-no-mi (fruto do ruminante, modelo Girafa) - Kaku
  • UshiUshi-no-mi (fruto do ruminante, modelo Touro) - Minotaurus
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo chihuahua) - Minochihuahua
  • HebiHebi-no-mi (fruto da serpente, modelo Anaconda) - Boa Sandersonia
  • HebiHebi-no-mi (fruto da serpente, modelo Sucuri) - Boa Marigold
  • KameKame-no-mi (fruto da tartaruga) - Pekoms
  • SaraSara-no-mi (fruto da salamandra, modelo Axolote) - Smiley
  • MushiMushi-no-mi (fruto do besouro, modelo Kabuto) - Kabu
  • MushiMushi-no-mi (fruto do besouro, modelo Vespa) - Bian
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo Guaxinim) - Bule de chá de HItetsu
  • RyuRyu-no-mi (fruto do dragão, modelo ancestral Alossauro) - X-Drake
  • RyuRyu-no-mi (fruto do dragão, modelo ancestral Epinossauro) - Pangeone
  • RyuRyu-no-mi (fruto do dragão, modelo ancestral Braquiossauro) - Queen
  • RyuRyu-no-mi (fruto do dragão, modelo ancestral Pteranodonte) - King
  • ZouZou-no-mi (fruto do elefante, modelo ancestral Mamute) - Jack
  • InuInu-no-mi (fruto do cachorro, modelo mitológico Raposa de Nove Caudas) - Catarina Devon
  • HitoHito-no-mi (fruto do humano, modelo mitológico Buda) - Sengoku
  • ToriTori-no-mi (fruto do pássaro, modelo mitológico Fênix) - Marco
  • HebiHebi-no-mi (fruto da serpente, modelo mitológico Yamata no Orochi) - Kurozumi Orochi

As Paramecia são frutos que concedem ao usuário a capacidade de secretar, produzir, manipular, controlar, transformar e modificar a estrutura corporal, o ambiente e outras substâncias ( entendendo-se como substâncias a matéria propriamente dita, além de coisas metafisicas como a alma). São os tipos de frutas mais comuns de serem encontrados e alguns deles concedem poderes realmente extraordinários.

Lista de usuários de Paramecia;Editar

  • GomuGomu-no-mi (fruto da borracha) - Monkey D. Luffy
  • BaraBara-no-mi (fruto do picadinho) - Buggy
  • SubeSube-no-mi (fruto do escorregadio) - Alvida
  • KiloKilo-no-mi (fruto do peso) - Miss Valentine
  • BombBomb-no-mi (fruto da bomba) - Mr 5
  • DoruDoru-no-mi (fruto da cera) - Mr 3
  • HanaHana-no-mi (fruto das flores) - Nico Robin
  • BakuBaku-no-mi (fruto da comilança) - Wapol
  • ManeMane-no-mi (fruto da imitação) - Mr 2
  • TogeToge-no-mi (fruto do espinho) - Miss Double Finger
  • SupaSupa-no-mi (fruto da lamina) - Mr 1
  • OriOri-no-mi (fruto da jaula) - Hina
  • BaneBane-no-mi (fruto da mola) - Bellamy
  • ItoIto-no-mi (fruto do fio) - Donqueixote Donflamingo
  • DoorDoor-no-mi (fruto da porta) - Blueno
  • AwaAwa-no-mi (fruto do sabão) - Califa
  • NoroNoro-no-mi (fruto da lentidão) - Foxy

As Logia são o tipo mais raro de frutos e concedem ao usuário poderes extremamente espantosos. A pessoa que consome um fruto Logia obtém a capacidade de se transformar numa manifestação básica da natureza, como o fogo, areia, eletricidade e etc. Além disso, ganha-se a capacidade de ficar intangível.

pé uma categoria de frutas que dão ao usuário habilidades sobre-humanas.[19] As Frutas do Demônio são consideradas encarnações do próprio demônio do mar e, como resultado, os usuários da Fruta do Demônio não pode nadar na água e tem seus poderes anulados, já que “eles são odiados pelo mar”.[20] A Pedra de Prisma do Mar também tem esse efeito de anulação das capacidades do usuário de akuma no mi. Quando ainda parcialmente submersos na água do mar, eles perdem toda a sua força e coordenação, embora algumas habilidades permaneçam. Por exemplo, Luffy ainda é capaz de se esticar após ter sido totalmente submerso. Água em movimento, como chuva ou ondas, não tem esse efeito. Quando um usuário de uma Fruta do Demônio morre, os poderes reencarnam em uma nova Fruta que esteja mais próxima de onde o antigo usuário morreu (A fruta do demônio é uma fruta comum que recebeu os poderes dos seus antigos usuários que morreu (objetos comuns como espadas podem obter os poderes de uma Fruta do Demônio) e tornam-se uma fruta com características únicas permitindo sua fácil identificação). Os poderes de uma Fruta do Demônio podem estar em um estágio chamado “Despertado”, onde os usuários podem transformar qualquer coisa ao seu redor, além de seus próprios corpos, em que o seu poder da Fruta do Demônio está.[21]

HakiEditar

Haki (覇気?) é uma habilidade latente que todo ser vivo possui no mundo de One Piece; Poucos conseguem despertá-la, e menos ainda dominá-la. Existem três variedades de Haki: Haki da observação ou Mantra (見聞色の覇気?) permite sentir a presença de outros seres e também para ter uma forma de precognição limitada (em combate esta é uma grande vantagem, porque o usuário pode prever os ataques de seu oponente). Haki do Armamento (武装色の覇気, Busōshoku no Haki?) permite que alguém envolva partes do corpo e até formas inanimadas com uma força semelhante a uma armadura invisível que possui propriedades defensivas e ofensivas. Também permite infligir danos aos usuários de uma Fruta do Diabo. O raro Haki do Rei Conquistador (覇王色の覇気, Haōshoku no Haki?) é uma habilidade que, ao contrário dos outros dois Haki, apenas algumas pessoas superdotadas têm (se uma pessoa não é dotada, então não importa o quanto ela treine, ela nunca será capaz de usá-la). O Haki do Rei Conquistador capacita dominar a vontade da força de vontade. Ela pode ser usada para controle da mente ou até mesmo tornar a vítima inconsciente. Nota-se que as pessoas fortes podem suportar ou até mesmo ignorar completamente os efeitos deste Haki, mesmo que elas não possuam essa habilidade. Este tipo de Haki também pode ter impactos físicos, como causar tremores e destruição a área ao redor do usuário. É mostrado que, quando o Haki é usado demais, ele deixará de funcionar por certos períodos de tempo.[22]

MídiasEditar

AnimeEditar

Com a popularidade que One Piece atraiu nas páginas de seu mangá, logo seria transformado em anime, atingindo assim uma quantidade ainda maior de pessoas. A adaptação da série para televisão estreou no fim de 1999. A série foi licenciada pela 4Kids para as Américas.

No Brasil, One Piece é distribuído pela Crunchyroll, serviço de streaming de animes e doramas, com transmissão simultânea no mesmo dia da estreia dos episódios no Japão.

Em abril de 2015, a Crunchyroll anunciou que passaria a completar paulatinamente o catálogo de episódios de One Piece[23], que atualmente está incompleto.


Série live-actionEditar

Uma adaptação em uma série de televisão live-action do mangá de One Piece produzida pela Tomorrow Studios e a ITV Studios foi anunciada em 21 de julho de 2017 pelo editor chefe da revista Weekly Shōnen Jump Hiroyuki Nakano.[24]

PersonagensEditar


Referências

  1. Oda, Eiichiro (setembro de 2008). «ヤルキマン·マングローブ». 11人の超新星. Col: One Piece (em japonês). 51. [S.l.]: Shueisha. ISBN 978-4-08-874563-3 
  2. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «リヴァースマウンテン». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. 36 páginas. ISBN 4-08-872822-X 
  3. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «リヴァースマウンテン». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. pp. 38–43. ISBN 4-08-872822-X 
  4. Oda, Eiichiro (março de 2007). «その海の名は». 心中お察しする. Col: One Piece (em japonês). 45. [S.l.]: Shueisha. pp. 52–53. ISBN 978-4-08-874314-1 
  5. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «リヴァースマウンテン». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. pp. 44–45. ISBN 4-08-872822-X 
  6. Oda, Eiichiro (março de 2007). «その海の名は». 心中お察しする. Col: One Piece (em japonês). 45. [S.l.]: Shueisha. pp. 55–56. ISBN 978-4-08-874314-1 
  7. Oda, Eiichiro (setembro de 2000). «ね». まっすぐ!!!. Col: One Piece (em japonês). 15. [S.l.]: Shueisha. pp. 116–117. ISBN 4-08-873009-7 
  8. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «記録指針». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. pp. 116–117. ISBN 4-08-872822-X 
  9. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «記録指針». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. pp. 116–117. ISBN 4-08-872822-X 
  10. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «記録指針». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. 118 páginas. ISBN 4-08-872822-X 
  11. Oda, Eiichiro (fevereiro de 2000). «歓迎の町». 伝説は始まった. Col: One Piece (em japonês). 12. [S.l.]: Shueisha. 146 páginas. ISBN 4-08-872822-X 
  12. Oda, Eiichiro (abril de 2000). «大丈夫!!!». 大丈夫!!!. Col: One Piece (em japonês). 13. [S.l.]: Shueisha. pp. 98–99. ISBN 4-08-872863-7 
  13. a b Oda, Eiichiro (dezembro de 1999). «二人目». 東一番の悪. Col: One Piece (em japonês). 11. [S.l.]: Shueisha. pp. 74–75. ISBN 4-08-872797-5 
  14. a b Oda, Eiichiro (junho de 2009). もう誰にも止められない. Col: One Piece (em japonês). 54. [S.l.]: Shueisha. ISBN 978-4-08-874662-3 
  15. Oda, Eiichiro (dezembro de 2002). «ダイアル·エネルギー». 神の島の冒険. Col: One Piece (em japonês). 26. [S.l.]: Shueisha. pp. 72–76. ISBN 4-08-873336-3 
  16. Oda, Eiichiro (junho de 1998). «悪魔の実». 偽れぬもの. Col: One Piece (em japonês). 3. [S.l.]: Shueisha. ISBN 4-08-872569-7 
  17. Sasada, Hiroko (dezembro de 2011). «The Otherness of Heroes: The Shonen as Outsider and Altruist in Oda Eiichiro's One Piece». International Research in Children's Literature. 4 2 ed. 192–207. doi:10.3366/ircl.2011.0026 
  18. Oda, Eiichiro (outubro de 2003). 狂想曲. Col: One Piece (em japonês). 30. [S.l.]: Shueisha. 86 páginas. ISBN 4-08-873502-1 
  19. Oda, Eiichiro (agosto de 2004). 「水の都」ウォーターセブン. Col: One Piece (em japonês). 35. [S.l.]: Shueisha. 146 páginas. ISBN 4-08-873638-9 
  20. Oda, Eiichiro (dezembro de 1997). «Romance Dawn —冒険の夜明け—». Romance Dawn —冒険の夜明け—. Col: One Piece (em japonês). 1. [S.l.]: Shueisha. ISBN 4-08-872509-3 
  21. Oda, Eiichiro (julho de 2001). «解放». 反乱. Col: One Piece (em japonês). 19. [S.l.]: Shueisha. 177 páginas. ISBN 4-08-873133-6 
  22. Oda, Eiichiro. «597». 3D2Y. Col: One Piece (em japonês). 61. [S.l.]: Shueisha. pp. 12–15. ISBN 978-4-08-870175-2 
  23. «Mais episódios de One Piece disponibilizados na Crunchyroll». 17 de abril de 2015. Consultado em 01 de maio de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  24. «One Piece Manga Gets Live-Action Hollywood TV Show». Anime News Network (em inglês). 21 de julho de 2017. Consultado em 21 de julho de 2017 

Ligações externasEditar