Onorio Longhi

Onorio Longhi (15681619) foi um arquiteto italiano, filho de Martino Longhi, o Velho, e pai de Martino Longhi, o Jovem.

Onorio Longhi
Nascimento Onorio Martino Longhi
12 de outubro de 1568
Viggiù
Morte 31 de dezembro de 1619 (51 anos)
Roma
Progenitores
Filho(s) Martino Longhi
Alma mater
Ocupação arquiteto, poeta
San Carlo al Corso, um projeto de Onorio terminado por seu filho, Martino Longhi, o Jovem.
Discorso di Honorio Lunghi (1607)

HistóriaEditar

Onorio nasceu em Viggiù, Lombardia, e trabalhou desde cedo como assistente de seu pai, herdando suas encomendas quando ele morreu em 1591. Ele é descrito nas fontes contemporâneas como uma pessoa implacável e companheiro de Caravaggio, com quem foi julgado por homicídio em Roma em 1606 e subsequentemente exilado.

De volta à Lombardia, Onorio trabalhou em vários planos inacabados para o Duomo de Milão e outras igrejas, até que uma anistia papal permitiu que ele voltasse para Roma em 1611. Lá, foi o responsável pelo primeiro projeto para a igreja nacional dos milaneses, San Carlo al Corso, completada por seu filho e por Pietro da Cortona. Entre outras obras de Longhi estão a Santa Maria Liberatrice, no Fórum Romano, demolida para permitir a recuperação de Santa Maria Antiqua, a Capela Santoro na Arquibasílica de São João de Latrão. Trabalhou também em Sant'Eusebio e San Francesco a Ripa.

Onorio morreu em Roma em 1619.

BibliografiaEditar