Abrir menu principal
Opus Ensemble
Informação geral

Opus Ensemble é um conjunto de câmara português, fundado em Agosto de 1980 pelo oboista e chefe de orquestra Bruno Pizzamiglio, a violetista Ana Bela Chaves, a pianista Olga Prats e o contrabaixista Alejandro Erlich Oliva é um conjunto de câmara português com um vasto curriculo de actuações internacionais, muito premiado e com vasta discografia.

Membro do Conselho Português da Música da UNESCO desde 1989, o grupo faz parte actualmente dos corpos gerentes dessa instiuição.

Após o falecimento de Bruno Pizzamiglio em Agosto de 1997, os seus colegas decidiram continuar a carreira do agrupamento em trio de violeta, contrabaixo e piano.

Em Agosto de 2005 reassumiu a sua formação instrumental de origem, com a incorporação permanente do oboísta português Pedro Ribeiro.

Em Agosto de 2010, a comemorar 30 anos de carreira, são dedicadas ao grupo duas novas obras, de Jorge Costa Pinto e Sérgio Azevedo. A SPA atribui-lhes o Prémio Pró-Autor.[1]

Índice

AtuaçõesEditar

PrémiosEditar

  • Se7e de Ouro (1983);
  • Grande Prémio do Disco Rádio Renascença (1988);
  • Prémio Bordálo – Casa da Imprensa (1993);
  • Diploma de Mérito Nova Gente (1994).
  • Medalha de Mérito Cultural da República Portuguesa do Ministério da Cultura em 2005.

Reportório e discografiaEditar

ReportórioEditar

Desde a sua fundação, o agrupamento inclui nas suas actuações obras de compositores portugueses em todos os seus concertos, oferecendo assim uma inestimável contribuição para a difusão da cultura portuguesa no mundo.

Dedicaram-lhe obras os compositores portugueses:

Espanhois:

  • Ramón Barce;
  • José Luis Turina

Argentinos:

  • Gerardo Gandini;
  • Celina Kohan;
  • Alejandro Erlich Oliva;
  • Gustavo Beytelmann;
  • Alejandro Erlich Oliva;
  • Fernando Altube;
  • Astor Piazzolla.

Franceses:

  • Maurice Ohana;
  • Edith Canat de Chizy;
  • Gerard Massias.

Outras nacionalidades:

DiscografiaEditar

A discografia do Opus Ensemble figura nos catálogos EMI (His Master’s Voice), EMI (Angel), EMI Classics, Numérica, RCA, Polygram, Portugalsom e Strauss—Portugalsom.

  • EMI (His Master's Voice) 1405921

(℗ 1982 Valentim de Carvalho) OPUS ENSEMBLE (LP) José Luis Castiñeira de Dios, SUITE ARGENTINA * Arthur Honegger, PETITE SUITE (Instr. Bruno Pizzamiglio) J. S. Bach, SONATA EM SOL MENOR (Ob, Vla e BC) Michael Haydn, DIVERTIMENTO Perger nº 98 (Ob, Vla e BC)

  • EMI (His Master's Voice) 1406111

(℗ 1983 Vecemi, Música e Discos, Lda.) OPUS ENSEMBLE, Volume II (LP – Cassette) G. F. Händel, SONATA EM SI BEMOL MAIOR (Ob, Vla e BC) Alexander Tansman, PIÈCES DE FANTAISIE (Instr. Bruno Pizzamiglio) Fernando Lopes Graça, SETE APOTEGMAS * Marius Constant, TROIS COMPLEXES POUR PIANO AVEC CONTREBASSE

  • EMI Angel CDP 7497312 / EMI Classics 724347180026

(℗ 1987-1998 EMI, Valentim de Carvalho, Música Lda.) TEMAS DO CANCIONEIRO PORTUGUÊS À MANEIRA DO OPUS ENSEMBLE (CD) PORTUGUESE FOLK SONGS AS PERFORMED BY OPUS ENSEMBLE (Alejandro Erlich Oliva, Esboços de Câmara sobre Temas Tradicionais Portugueses)

  • EMI Angel 7496622

(℗ 1988 EMI, Valentim de Carvalho, Música Lda.) OPUS ENSEMBLE, Volume III (LP – Cassette – CD) Astor Piazzolla, NUEVO TANGO SUITE (Revolucionário, Tango Seis, Contrabajíssimo; Transcr. do autor para o Opus Ensemble G. Ph. Telemann, SONATA EM DÓ MENOR (Ob, Vla e BC) Joly Braga Santos, SUITE DE DANÇAS * Charles M. Löffler, RAPSÓDIA Nº 2 “LA CORNAMUSE” (Ob. e Piano)

  • NUMERICA 1015

(℗ 1993) OPUS ENSEMBLE 94 (CD) António Victorino d'Almeida, TRÊS ANDAMENTOS À PROCURA DE UM QUARTETO * Erik Satie, LA BELLE EXCENTRIQUE Maurice Ohana, KYPRIS * L. v. Beethoven, DUO EM DÓ MAIOR (Vla e Cb) Leopold Mozart, SONATA EM SOL MAIOR

  • EMI Classics 724355660725

(℗ 1998 EMI, Valentim de Carvalho, Música Lda.) OPUS ENSEMBLE FOLC (CD) Laurent Filipe, CENAS DO QUOTIDIANO * Egberto Gismonti, REALEJO (Transcr. do autor para o Opus Ensemble) Astor Piazzolla, LE GRAND TANGO (Vla e Piano) Alejandro Erlich Oliva, TRÊS FRAGMENTOS ALUSIVOS * Vasco Martins, CANTO CABOVERDIANO Nº 5 *

  • STRAUSS Portugalsom SP 4350

(℗ 2001) OPUS ENSEMBLE PLAYS PORTUGUESE CONTEMPORARY MUSIC António Victorino D’Almeida, ROCK N’ ROLL Op. 108 * (Vla, Cb e Piano) Alejandro Erlich Oliva, OITO ESTAMPAS PORTUGUESAS * (Vla, Cb e Piano) Clotilde Rosa, CONTORNOS * (Vla, Cb e Piano) Eurico Carrapatoso, SETE EPIGRAMAS A FRANCISCO DE LACERDA * (Vla, Cb e Piano) Laurent Filipe, IN MEMORIAM * (Vla, Cb e Piano) Sérgio Azevedo, RICORDO* (Vla, Cb e Piano)

  • NUMERICA 1150

(℗ & © 2007 SPA) OPUS ENSEMBLE 2007 Franz Joseph Haydn, SONATA Op. 11 nº 4 em Fá Maior Ludwig van Beethoven, VARIAÇÕES PROMETHEUS Op. 43 Fernando Lopes Graça, GEÓRGICAS * António Victorino D’Almeida, DE PROFUNDIS À MEMÓRIA DE BRUNO PIZZAMIGLIO

Participações Especiais:

  • JO – 87/405

(℗ SPA 1987) Obras de: Vasco Martins (LP) Lado B: Mahabutas (Os Elementos) *

  • Portugalsom CD 870025 PS

(℗ 1991 SEC, DGAC) Obras de: Constança Capdeville (CD) Faixa 2: Amen para uma ausência * Faixa 3: In somno pacis (one for nothing) *

  • RCA 74321205612

(℗ 1994 BMG, Ariola Lda. ℗ 1994 Polygram Discos S.A.) Filhos da Madrugada (CD duplo) Obras de: José Afonso CD1, Fixa 10: “Era um redondo vocábulo” Arranjo: Alejandro Erlich Oliva

  • POLYDOR 5338142

(℗ 1996 Polygram Portugal, S.A.) TEMPO (CD) Obras de: Pedro Abrunhosa Faixa 11: Manhã Voz: Carlos do Carmo Arranjo: Alejandro Erlich Oliva

  • RDP

(Radiodifusão Portuguesa. 2006) CENTENÁRIO FERNANDO LOPES GRAÇA (1906-1994) Caixa 10 CD– Gravações históricas / Historical Recordings CD VII Faixa 1: Sete Apotegmas Op. 223 * Faixa 2: Geórgicas Op. 244 *

  • EMI Music Portugal Lda. / PÚBLICO 094639140428

(℗2007 EMI Music Portugal) OS GRANDES INTÉRPRETES – 50 ANOS DE MÚSICA (CD triplo) (O Melhor da Música Portuguesa) 3º CD Faixa 11: “Alecrim” de “Esboços de Câmara sobre Temas Tradicionais Portugueses *”

de Alejandro Erlich Oliva