Orphanage

Orphanage foi uma banda de melodic death/gothic metal formada em 1993 na Holanda.[1]

Orphanage
Informação geral
País  Países Baixos
Gênero(s) melodic death/gothic metal
Período em atividade 1993 - 2005
Gravadora(s) DSFA Records
Nuclear Blast
Página oficial Orphanage.nl/

BiografiaEditar

Em 1993 Orphanage foi formado por Lex Vogelaar (guitarra e vocais), Guus Eikens (teclados e vocais) e Stephen van Haestregt (bateria). Depois de gravarem a primeira demo, Morph, recrutaram o baixista Eric Hoogendoorn e a vocalista Martine van Loon. No ano seguinte é lançada outra demo Druid. Em abril o vocalista George Oosthoek junta-se à banda, enquanto Stephen van Haestregt desiste. A banda assina contrato com a editora DSFA Records.

No início de 1995 a banda acaba de gravar o seu primeiro álbum e pouco depois o baterista Erwin Polderman junta-se à formação.[2] Em Maio Rosan van der Aa substitui Martine van Loon e a banda parte em tour com a banda My Dying Bride.

No final de 1996 Orphanage lança o seu segundo álbum By Time Alone. O ano seguinte é de muito trabalho para a banda: lançam o mini-álbum At The Mountains Of Madness, que contém remixes e músicas ao vivo. Em Maio a banda toca no palco principal do Dynamo Open Air festival. De seguida a banda sai em digressão com as bandas Sodom, Grip Inc. e Kreator, onde participa em vários festivais: Best On The Rocks, Graspop e Lowlands. Em Novembro a banda saem em tour com Within Temptation e Totenmond. Entretanto o baixista Eric Hoogendoorn e o baterista Erwin Polderman juntam-se à banda Silicon Head.

No início de 1999 a banda começa a gravar um novo álbum, mas devido aos sucessivos concertos, só em Setembro a banda volta a entrar em estúdio. No ano seguinte a formação altera-se: Sureel substitui Erwin Polderman e em Agosto a banda apresenta Inside. Apenas 10 semanas depois deste lançamento Hoogendoorn e Vogelaar deixam a banda. Guus Eikens encarrega-se da guitarra, Remko van der Spek torna-se baixista e Lasse Dellbrügge teclista. Depois de passar um ano em mini-tours, a banda faz uma pequena pausa para se concentrar no próximo álbum.[3]

Em Abril de 2004 é lançado o último álbum da banda Driven.[4] Este álbum combina gothic metal com death metal e melodias. Lasse abandona a banda e Guus Eikens volta ao teclado. Em 2005 juntam-se à banda os guitarristas Theo Holheimer e Marcel Verdurmen. Em Outubro, depois de 11 anos, a banda decide separar-se devido a divergências musicais.[5]

MembrosEditar

DiscografiaEditar

Referências

  1. vicrecords.com. «Orphanage - By Time Alone». Consultado em 14 de outubro de 2019 
  2. All Music. «Artist Biography by Eduardo Rivadavia». Consultado em 14 de outubro de 2019 
  3. bravewords.com (19 de setembro de 2003). «ORPHANAGE BEGIN RECORDING NEW ALBUM!». Consultado em 14 de outubro de 2019 
  4. Nuclear Blast. «ORPHANAGE». Consultado em 14 de outubro de 2019 
  5. Blabbermouth (18 de outubro de 2005). «ORPHANAGE Split Up». Consultado em 14 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Países Baixos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.