Abrir menu principal

Os 25 primatas mais ameaçados do mundo

artigo de lista da Wikimedia
Propithecus candidus, encontrado somente em Madagáscar, está na lista dos 25 primatas mais ameaçados do mundo desde o ano 2000. Entre 100 e 1 000 indivíduos vivem em liberdade.

Os 25 primatas mais ameaçados do mundo (tradução do inglês: The World's 25 Endangered Primates) é uma lista de espécies de primatas que correm grave risco de extinção de acordo com IUCN Species Survival Commission (IUCN/SSC PSG), International Primatological Society (IPS) e a Conservação Internacional (CI). A lista de 2012 a 2014 adicionou a Bristol Conservation and Science Foundation (BCSF) à lista de editoras.[1] A IUCN/SSC PSG trabalhou junto com a CI para começar a lista no ano 2000, mas em 2002, no 19º Congresso da Sociedade Internacional de Primatologia, primatologistas revisaram e debateram a lista, resultando na revisão de 2002 a 2004 e no aval da IPS. A publicação tem sido vista como um projeto chave na ligação entre as três organizações conservacionistas e é revisada a cada dois anos seguindo o Congresso da IPS.[2] Começando com a publicação de 2004-2006, o título foi mudado para Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates.[3] Naquele mesmo ano, a lista passou a providenciar informações para cada espécie, inclusive seu estado de conservação e as ameaças que elas sofrem em estado selvagem.[2] O texto da lista é escrito em colaboração com especialistas de cada área, com 60 autores contribuindo na lista de 2006-2008 e 85 autores contribuíram na lista de 2008-2010.[4][2] As lista de 2004-2006 e 2006-2008 foram publicadas no periódico da IUCN/SSC PSG, Primate Conservation,[5][3] enquanto as listas de 2008 a 2010 e 2010 a 2012 foram publicadas independentemente com a contribuição das três organizações.[2][6]

As 25 espécies na lista de 2012 a 2014 foram distribuídas em 16 países. O país com mais espécies na lista é Madagáscar (seis espécies), Vietnã (cinco espécies) e Indonésia (três espécies). A lista é dividida em quatro regiões distintas: a ilha de Madagáscar, o continente africano, o continente asiático, incluindo as ilhas da Indonésia e os Neotrópicos (América Central e do Sul). Cinco espécies têm estado em todas as sete listas publicadas: Propithecus candidus, Trachypithecus delacouri, Trachypithecus poliocephalus poliocephalus, Pygathrix cinerea, Rhinopithecus avunculus.[1]

A proposta da lista, de acordo com Russell Mittermeier, o presidente da CI, é "destacar aquelas [espécies de primatas] que estão em maior risco, par atrair a atenção do público, estimular governos a fazer mais, e especialmente achar recursos para implementar desesperadamente medidas conservacionistas necessárias."[7] Espécies são selecionadas para a lista por duas razões: populações extremamente pequenas e queda rápida no número de indivíduos. Essas razões são fortemente influenciadas pela destruição de habitat e caça, as maiores ameças aos primatas. Mais especificamente, ameaças listadas na publicação incluem o desmatamento devido a coivara para agricultura, à criação de pastagens, produção de carvão vegetal, indústria madeireira, mineração, obras de infraestrutura (como usinas hidrelétricas), e o agronegócio; fragmentação florestal; pequenas populações; captura como animais de estimação exóticos; e caça para comércio de "carne de caça" e medicina tradicional.[2]

LegendaEditar

Legenda para os cabeçalhos das colunas
Espécie Nomes populares e científicos da espécie, incluindo imagem, se disponível
Anos listados Anos em que a espécie foi incluída na lista dos "25 primatas mais ameaçados do mundo"
Locais Países em que a espécie é encontrada
População estimada Última estimativa segundo a IUCN
Estado na IUCN Estado de conservação da espécie, baseando-se nos últimos dados da IUCN
Ameaças Uma lista de ameaças à espécie segundo a IUCN

Lista atual (2012-2014)Editar

Os 25 primatas mais ameaçados do mundo, 2012–2014: Madagascar[1]
Espécie Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Eulemur flavifrons
2008
2010
2012
Madagascar 450–2,300  
Em perigo[8]
  • Distribuição geográfica restrita (~2,700 km²)
  • perda de habitat (agricultura itinerante, corte seletivo de madeira)
  • caça ("carne de caça")
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)

Lepilemur septentrionalis
2008
2010
2012
Madagascar ~19 indivíduos em 2012  
Criticamente em perigo[9]
  • Distribuição geográfica reduzida
  • perda de habitat (queimadas, produção de carvão vegetal, plantações de Eucalyptus)
  • caça ("carne de caça")

Propithecus candidus
2000
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Madagascar menos de 250  
Criticamente em perigo[10]
  • distribuição geográfica restrita
  • caça ("carne de caça")
  • perda de habitat (agricultura itinerante, desmatamento ilegal, queimadas)

Microcebus berthae
2012 Madagascar menos de 8 000  
Em perigo[11]
  • fragmentação e perda do habitat (agricultura itinerante, desmatamento ilegal)

Varecia rubra
2012 Madagascar desconhecido  
Em perigo[12]
  • perda de habitat (agricultura itinerante, desmatamento ilegal, expansão humana)
  • caça ("carne de caça")
Indri
Indri indri
2012 Madagascar desconhecido  
Em perigo[13]
  • loss of habitat (slash-and-burn agriculture, firewood)
  • hunting (bushmeat, skins)
Os 25 primatas mais ameaçados do mundo, 2012–2014: África[1]
Espécies Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Galagoides rondoensis
2006
2008
2010
2012
Tanzânia desconhecido  
Criticamente em perigo[14]
  • distribuição geográfica restrita
  • perda de habitat e fragmentação (agricultura, produção de carvão mineral, derrubadas)

Cercopithecus roloway
2002
2006
2008
2010
2012
Costa do Marfim
Gana
desconhecido  
Em perigo[15]
  • caça ("carne de caça")
  • perda de habitat e fragmentação (numerosas extinções locais documentadas)

Procolobus rufomitratus
2002
2004
2006
2008
2012
Quênia entre 1 100 e 1 300  
Em perigo[16]
  • distribuição geográfica restrita
  • perda de habitat e fragmentação (agricultura, derrubadas seletivas para uso de lenha localmente)
  • exploração de produtos da floresta
  • infecções em populações isoladas

Piliocolobus pennantii pennantii
2004
2006
2010
2012
Guiné Equatorial (Ilha Bioko) menos de 5 000  
Em perigo[17]
  • degradação do habitat
  • caça ("carne de caça")
  • distribuição geográfica restrita
Gorila-das-planícies-orientais
Gorilla beringei graueri
2010
2012
República Democrática do Congo entre 2 000 e 10 000  
Em perigo[18]
  • fragmentação e perda do habitat (invasão pela agricultura, pastoreio, mineração ilegal, produção de carvão vegetal, coleta de madeira e bambu)
  • caça ("carne de caça", captura de filhotes)


Os 25 primatas mais ameaçados do mundo, 2012–2014: Ásia[1]
Espécie Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Nycticebus javanicus
2008
2010
2012
Indonésia (Java) desconhecido  
Em perigo[19]
  • captura vivo (intenso comércio de animais silvestres)
  • caça (procura intensa pela medicina tradicional)
  • perda de habitat (agricultura, obras de infra estrutura, perturbação pelo homem)

Simias concolor
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Indonésia(ilhas Mentawai) entre 700 e 3 347  
Criticamente em perigo[20]
  • população insular
  • perda de habitat (invasão humana, extrativismo, derrubada de madeira comercialmente, plantações)
  • caça ("carne de caça")

Trachypithecus delacouri
2000
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Vietnã menos de 250  
Criticamente em perigo[21]
  • distribuição geográfica restrita (400–450 km²)
  • fragmentação do habitat (60% ocorre em populações isoladas ou com menos de 20 animais)
  • caça (uso na medicina tradicional)

Trachypithecus poliocephalus poliocephalus
2000
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Vietnã entre 60 e 70  
Criticamente em perigo[22]
  • população insular ( ilha de 140 km²)
  • fragmentação do habiat (sete subpopulações isoladas)
  • caça (procura pela medicina tradicional)

Trachypithecus vetulus nestor
2004
2006
2008
2010
2012
Sri Lanka desconhecido  
Criticamente em perigo[23]
  • perda de habitat e fragmentação (90% do habitat já foi destruído)
  • dependente de jardins para sobrevivência
  • captura vivo (comércio de animais silvestres)
  • caça (perseguição como pragas)
  • outros fatores humanos (ataques por cães, eletrocutados, atropelamentos)

Pygathrix cinerea
2000
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Vietnã entre 600 e 700  
Criticamente em perigo[24]
  • distribuição restrita
  • perda de habitat e fragmentação (agricultura, derrubadas)
  • caça ("carne de caça")

Rhinopithecus avunculus
2000
2002
2004
2006
2008
2010
2012
Vietnã entre 200 e 250  
Criticamente em perigo[25]
  • distribuição restrita (cinco populações isoladas)
  • perda de habitat e fragmentação (derrubadas, criação de campos cultivados, construção de usinas hidrelétricas, aumento de populações humanas)
  • caça ("carne de caça")

Nomascus nasutus
2008
2010
2012
China
Vietnã
cerca de 110  
Criticamente em perigo[26]
  • populações pequenas e isoladas
  • distribuição geográfica muito restrita (~48 km²)
  • perda de habitat e fragmentação (agricultura, pecuária, produção de carvão vegetal)

Tarsius pumilus
2012 Indonésia (Sulawesi) desconhecido  
Dados Deficientes[27]
  • perda de habitat (invasão humana)
Os 25 primatas mais ameaçados do mundo, 2012–2014: Neotrópicos[1]
Espécie Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Ateles hybridus
2004[nota 1]
2006
2008
Colômbia
Venezuela
desconhecido  
Criticamente em perigo[28]
  • duas subespécies com distirbição geográfica restrita
  • baixa densidade populacional
  • perda de habitat e fragmentação (agropecuária)
  • caça ("carne de caça")
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)

Ateles fusciceps fusciceps
2006
2012
Equador desconhecido  
Criticamente em perigo[29]
  • perda de habitat e fragmentação
  • caça ("carne de caça")

Cebus kaapori
2012 Brasil desconhecido  
Criticamente em perigo[30]
  • degradação e perda do habitat (derrubadas seletivas)
  • caça ("carne de caça")
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)

Callicebus oenanthe
2012 Peru desconhecido  
Criticamente em perigo[31]
  • perda e fragmentação do habitat (plantações de arroz e café, rodovias, fazendas de gado)
  • caça ("carne de caça")
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)

Alouatta guariba guariba
2012 Brasil menos de 250  
Criticamente em perigo[32]
  • perda de habitat (derrubadas seletivas)
  • caça ("carne de caça")
  • doenças epidêmicas

Antigos membros da listaEditar

A cada nova publicação, espécie são adicionadas ou removidas da lista. Em alguns casos, a remoção da lista significa melhora na conservação da espécie. Com a publicação de 2006-2008, quatro espécies foram removidas, devido ao aumento em esforços conservacionistas: o mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus), o mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia), o gorila-das-montanhas (Gorilla gorilla beringei) e a sifaka Propithecus perrieri.[33] Em 2008, o mico-leão-preto passou a ser considerado como "em perigo", o que já havia ocorrido em 2003, com o mico-leão-dourado, depois de 30 anos de esforços conservacionistas entre vários zoológicos do mundo. Espécies bem protegidas como essas, ainda possuem pequenas populações, e devido a perda de habita, o reflorestamento é necessário para a sobrevivência a longo prazo das populações.[7] O gibão Nomascus hainanus foi retirado da lista de 2008-2010, com menos de 20 indivíduos, mas considerável esforço na conservação tem sido feito.[2] Mittermeier acreditava em 2007 que todas as espécies seriam removidas da lista entre cinco e dez anos, caso as organizações conservacionistas tenham os recursos necessários.[33]

Apesar das mudanças entre as listas de 2006-2008 e 2008-2010, nem todas as espécies removidas da lista tiveram seu estado de conservação melhorado. Em vez disso, algumas espécies foram adicionadas para chamar a atenção a outras muito relacionadas com pequenas populações e grave risco de extinção. Por exemplo, o altamente ameaçado gibão Nomascus nasutus foi substituído por Nomascus hainanus. Nycticebus javanicus subistituiu Loris tardigradus nycticeboides, pois o primeiro é o mais ameaçado dentre os lorisídeos na Ásia, sendo capturado, principalmente, como animal de estimação e pela demanda da medicina tradicional, e desmatamento. Em outro caso, o macaco-aranha Ateles fusciceps fusciceps foi omitido da lista pois não foi encontrado nenhum especialista na espécie para falar sobre ela.[2] O mesmo tipo de abordagem foi feito em relação a lista 2012–2014.[1]

Primatas inicialmente listados nos "25 primatas mais ameaçados do mundo": Madagascar[1]
Espécie Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Prolemur simus
2002
2004
2006
2008
2010
Madagascar 100–160 ou menos  
Criticamente em perigo[34]
  • populações pequenas e isoladas
  • fragmentação e perda do habitat (agricultura itinerante, mineração, desmatamento ilegal, corte de bambus)
  • caça ("carne de caça")
  • redução de água potável devido a mudanças climáticas
  • dieta extremamente especializada e dependente de Cathariostachys madagascariensis

Varecia variegata
2010 Madagascar desconhecido  
Criticamente em perigo[35]
  • fragmentação e perda de habitat (agricultura itinerante, mineração, desmatamento)
  • caça ("carne de caça")

Eulemur cinereiceps
2004
2006
2008
Madagascar 7,265 ± 2,268  
Em perigo[36]
  • distribuição geográfica muito restrita (~700 km²)
  • hibridização com E. rufifrons
  • densidade populacional baixa
  • perda de habitat e fragmentação (populações pequenas e fragmentadas)
  • ciclones
  • caça ("carne de caça")

Propithecus tattersalli
2000 Madagascar 6,000–10,000[37]  
Em perigo[37]
  • caça (por mineradores de ouro)
  • perda de habitat (agricultura itinerante, incêndios incontroláveis, extração de madeira, derrubada seletiva, mineração de ouro)[37]

Hapalemur aureus
2000 Madagascar menos de 5,916[38]  
Em perigo[38]
  • perda de habitat (agricultura itinerante, destruição de florestas de bambu)
  • caça ("carne de caça")[38]

Hapalemur alaotrensis
2000 Madagascar cerca de 2,500[39]  
Criticamente em perigo[39]
  • perda de habitat (invasão da agricultura, queimadas em áreas pantanosas)
  • caça ("carne de caça")
  • captura vivo (comércio local de animais de estimação)[39]

Lepilemur sahamalazensis
2006 Madagascar desconhecido  
Dados deficientes[40]
  • perda de habitat (invasão pela agricultura, produção de carvão vegetal, corte seletivo para obtenção de lenha)
  • hunting (bushmeat)[40]

Propithecus perrieri
2000
2002
2004
Madagascar cerca de 915[41]  
Criticamente em perigo[41]
  • perda de habitat (agricultura itinerante, produção de carvão vegetal, queimadas para criação de pastagens, mineração)
  • caça ("carne de caça")[41]
Primatas inicialmente listados nos "25 primatas mais ameaçados do mundo": África[1]
Espécie Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Galagoides sp.
2004 Tanzânia desconhecido Não avaliado
  • perda de habitat (derrubadas, invasão pela agricultura, produção de carvão vegetal)
  • caça ("carne de caça")[5]

Cercopithecus sclateri
2000 Nigéria desconhecido  
Vulnerável[42]
  • perda de habitat e fragmentação (derrubadas, invasão pela agricultura, exploração do petróleo)
  • alta densidade humana
  • caça ("carne de caça")[42]

Mandrillus leucophaeus
2000 Camarões
Guiné Equatorial
Nigéria
desconhecido  
Em perigo[43]
  • distribuição restrita
  • perda de habitat (desmatamento para construção de fábricas e habitações humanas)
  • caça ("carne de caça" e como praga)[43]

Cercocebus galeritus galeritus
2002 Quênia 1,000–1,200[44]  
Em perigo[44]
  • perda de habitat (produção de óleo de palmeira, derrubadas, invasão pela agricultura, queimadas pretendendo impedir regeneração florestal, projetos de irrigação e de construção de barragens)
  • caça (perseguidos como pragas)[44]

Cercocebus sanjei
2000
2002
2004
Tanzânia menos de 1,300[45]  
Em perigo[45]
  • perda de habitat (derrubada, produção de carvão vegetal)
  • caça (perseguidos como pestes)[45]

Cercocebus atys lunulatus
2000
2002
2004
Costa do Marfim
Gana
desconhecido  
Em perigo[46]
  • perda de habitat e degradação
  • caça ("carne de caça")[46]

Piliocolobus badius waldronae
2000
2002
2006
Costa do Marfim
Gana
desconhecido  
Criticamente em perigo[47]
  • populações pequenas (recente, declínio rápido no número de indivíduos)
  • perda de habitat
  • caça ("carne de caça")[47]
Gorila-das-montanhas
Gorilla beringei beringei
2000
2002
2004
Ruanda
Uganda
cerca de 600  
Criticamente em perigo[48]
  • duas populações isoladas
  • instabilidade política
  • doenças humanas
  • caça ("carne de caça")[48]

Procolobus epieni
2008
2010
Nigéria desconhecido  
Criticamente em perigo[49]
  • distribuição geográfica restrita (~1,500 km²)
  • caça ("carne de caça")
  • perda de habitat e degradação (derrubada de importante árvores frutíferas, perda de florestas pantanosas por conta de construção de canais)

Rungwecebus kipunji
2006
2008
Tanzânia cerca de 1 117  
Criticamente em perigo[50]
  • distribuição geográfica restrita
  • perda de habita e fragmentação
  • caça ("carne de caça")

Gorilla gorilla diehli
2000
2002
2004
2006
2008
Camarões
Nigéria
entre 200 e 300  
Criticamente em perigo[51]
  • distribuição geográfica restrita
  • perda de habitat (agricultura, queimadas, obras de infraestrutura)
  • caça ("carne de caça", acidentes com armadilhas para outros animais)
Primatas inicialmente listados nos "25 primatas mais ameaçados do mundo": Ásia[1]
Espécie anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças

Loris tardigradus nycticeboides
2004
2006
Sri Lanka desconhecido  
Em perigo[52]
  • cinco populações isoladas
  • perda de habitat
  • caça ("carne de caça")[52]

Presbytis natunae
2002 Indonésia menos de 10,000[53]  
Vulnerável[53]
  • duas populações isoladas
  • perda de habitat e degradação
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)[53]

Trachypithecus poliocephalus leucocephalus
2002 China desconhecido  
Criticamente em perigo[54]
  • populações muito pequenas (recente, declínio rápido)
  • perda de habitat
  • caça[54]

Presbytis hosei canicrus
2004 Indonésia (Kalimantan) desconhecido  
Em perigo[55]
  • perda de habitat e fragmentação
  • caça[55]

Rhinopithecus bieti
2002 China menso de 2,000[56]  
em perigo[56]
  • perda de habitat (derrubadas, queimadas na agricultura e pecuária)
  • uso de pesticidas
  • caça (acidentalmente em armadilhas)[56]

Rhinopithecus brelichi
2002 China cerca de 750[57]  
Em perigo[57]
  • uma população isolada (vulnerável a epidemias e catástrofes)
  • perda de habitat (desmatamento, turismo, expansão da agricultura)
  • caça (não é alvo)[57]

Hylobates moloch
2000 Indonésia (Java) 4,000–4,500[58]  
Em perigo[58]
  • perda de habitat e fragmentação
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)[58]

Nomascus hainanus
2000
2004
2006
China (Hainan) cerca de 20[59]  
Criticamente em perigo[59]
  • população extremamente pequena
  • habitat protegido insuficiente
  • possível viés na razão sexual em nascimentos recentes
  • caça ("carne de caça")[59]

Tarsius tumpara
2006
2008
2010
Indonésia (Ilha Siau) poucos milhares Não avaliado
  • população insular (perto de vulcão em atividade)
  • distribuição geográfica restrita
  • alta densidade populacional humana
  • caça
  • degradação do habitat

Hoolock hoolock
2006
2008
Bangladesh
Índia
Birmânia
menos de 5,000  
Em perigo[60]
  • populações muito pequenas (recentemente, declínio rápido)
  • fragmentação e perda do habitat (invasão humana, plantações de erva-mate, agricultura itinerante)
  • caã ("carne de caça", medicina tradicional)
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)
Orangotango-de-sumatra
Pongo abelii[61]
2000
2002
2004
2006
2008
Indonésia (Sumatra) cerca de 6,600  
Criticamente em perigo
  • declínio rápido nas populações recentemente
  • ocorre somente em 10 unidades de conservação fragmentadas
  • perda de habitat e fragmentação (queimadas, agricultura e plantações de dendezeiros, estradas, derrubadas)
  • caça (vistos como pragas, ocasionalmente "carne de caça")
  • captura vivo (ocasionalmente, comércio de animais silvestres)
Orangotango-de-bornéu
Pongo pygmaeus pygmaeus
2010 Indonésia (Kalimantan Ocidental, Bornéo)
Malásia (Sarawak)
cerca de 4 800  
Em perigo[62]
  • perda e fragmentação do habitat (queimadas, agricultura e plantações de dendezeiros, rodovias, lenha, invasão)
  • caã (como pragas, "carne de caça", medicina tradicional)
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)

Macaca silenus
2010 Índia menos de 4 000  
Em perigo[63]
  • perda e fragmentação do habitat (plantações de café e erva-mate, derrubadas)
  • caça ("carne de caça", medicina tradicional)
Primatas inicialmente listados nos "25 primatas mais ameaçados do mundo": Neotrópicos[2]
Espécies Anos listados Locais População estimada Estado na IUCN Ameaças
Mico-leão-dourado
Leontopithecus rosalia
2000 Brasil (Rio de Janeiro) mais de 1,000[64]  
Em perigo[64]
  • perda de habitat e fragmentação (queimadas)
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)[64]
Mico-leão-preto
Leontopithecus chrysopygus
2000 Brasil (São Paulo) cerca de 1,000[65]  
Em perigo[65]
  • populações de pequeno tamanho (11 populações isoladas, mas somente uma é viável)
  • perda de habitat e fragmentação[65]
Mico-leão-de-cara-preta
Leontopithecus caissara
2000
2002
2004
Brazil (Paraná e São Paulo) menos de 400[66]  
Criticamente em perigo[66]
  • populações pequenas e isoladas
  • perda de habitat e degradação (invasão pela agricultura, coleta de palmito, turismo)
  • alta densidade humana (agravada por favelamento e especulação imobiliária)
  • caça ("carne de caça")[66]
Macaco-prego-do-peito-amarelo
Cebus xanthosternos
2000
2002
2004
Brasil (Bahia, Minas Gerais?) desconhecido  
Criticamente em perigo[67]
  • perda de habitat
  • caça ("carne de caça")[67]
Muriqui-do-norte
Brachyteles hypoxanthus
2000
2002
2004
Brasil (Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais) mais de 855[68]  
Criticamente em perigo[68]
  • populações isoladas e pequenas
  • perda de habitat e fragmentação
  • caça ("carne de caça" e esportiva: passado)[68]

Saguinus oedipus
2008 Colômbia menos de 6,000  
Criticamente em perigo[69]
  • perda de habitat e fragmentação (agropecuária de larga escala, derrubadas, plantações de dendezeiros, projetos hidrelétricos)
  • captura vivo (atualmente, somente comércio ilegal como animal de estimação, antes, também para pesquisa)

Oreonax flavicauda
2000
2006
2008
2010
Peru desconhecido  
Criticamente em perigo[70]
  • distribuição geográfica restrita
  • baixas densidades populacionais
  • perda de habitat (agricultura, estradas, projetos de colonização)
  • caça ("carne de caça", pelagem)
  • captura vivo (comércio de animais silvestres)
Macaco-prego-dourado
Cebus flavius
2010 Brasil 180  
Criticamente em perigo[71]
  • fragmentação e perda do habitat (empreendimentos na costa e plantações de açúcar)
  • captura vivo (comércio de animais de estimação)
  • caça ("carne de caça")
Guigó-da-caatinga
Callicebus barbarabrownae
2010 Brasil ~260  
Criticamente em perigo[72]
  • subpopulações muito fragmentadas e pequenas (erosão demográfica e genética)
  • fragmentação e perda do habitat (urbanização, criação de gado, plantação de milho e feijão)
  • predação por animais domésticos
  • estradas e linhas de alta tensão
  • caça e comércio ilegal de animais silvestres (risco moderado)

História da listaEditar

Com exceção da publicação 2000-2002, que foi escrita em colaborativamente entre IUCN/SSC PSG e a CI, a lista tem sido revisada a cada dois, depois do Congresso da IPS. A lista 2002-2004 foi resultado do 19º Congresso da IPS em Beijing, China; a de 2004-2006 foi após o 20º Congresso, em Torino, na Itália; a lista 2006-2008 foi após o 21º Congresso em Entebbe, Uganda; alista de 2008-2010 foi feita no 22º Congresso em Edimburgo, na Escócia; e a lista 2012-2014 foi feita no 26º Congresso em Cancún, no México.[1]

A Lista Vermelha da IUCN de 2008 ofereceu informações sobre 634 táxons de primatas, em que 303 (47,8%) foram listadas como ameaçadas de extinção ("vulnerável", "em perigo" ou "criticamente em perigo"). Um total de 206 primatas foram considerados como "criticamente em perigo" ou "em perigo", e 54 espécies (26%) já foram listadas pelo menos uma vez na lista dos "25 primatas mais ameaçados do mundo" desde o ano 2000.[2]

Membros históricos[6]
Madagascar África Ásia Neotrópicos
2000–2002
  • Propithecus candidus[nota 2]
  • Propithecus perrieri[nota 3]
  • Propithecus tattersalli
  • Hapalemur aureus
  • Hapalemur griseus alaotrensis[nota 4]
  • Gorilla gorilla diehli
  • Gorilla b. beringei[nota 5]
  • Cercocebus sanjei[nota 6]
  • Cercocebus atys lunulatus
  • Procolobus badius waldronae[nota 7]
  • Cercopithecus sclateri
  • Mandrillus leucophaeus
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus[nota 8]
  • Pygathrix cinerea[nota 9]
  • Rhinopithecus avunculus
  • Pongo abelii
  • Hylobates moloch
  • Nomascus hainanus[nota 10]
  • Brachyteles hypoxanthus
  • Cebus xanthosternos
  • Leontopithecus caissara
  • Leontopithecus rosalia
  • Leontopithecus chrysopygus
  • Oreonax flavicauda[nota 11]
2002–2004
  • Propithecus candidus
  • Propithecus perrieri
  • Prolemur simus
  • Gorilla gorilla diehli
  • Gorilla b. beringei
  • Cercocebus galeritus sanjei
  • Cercocebus atys lunulatus
  • Procolobus badius waldronae[nota 7]
  • Procolobus rufomitratus
  • Cercopithecus diana roloway
  • Cercocebus g. galeritus
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus[nota 8]
  • Pygathrix cinerea[nota 9]
  • Rhinopithecus avunculus
  • Pongo abelii
  • Simias concolor
  • Presbytis natunae
  • Trachypithecus poliocephalus leucocephalus[nota 12]
  • Rhinopithecus bieti
  • Rhinopithecus brelichi
  • Nomascus nasutus
  • Brachyteles hypoxanthus
  • Cebus xanthosternos
  • Leontopithecus caissara
2004–2006
  • Propithecus candidus
  • Propithecus perrieri
  • Prolemur simus
  • Eulemur cinereiceps[nota 13]
  • Gorilla gorilla diehli
  • Gorilla b. beringei[nota 5]
  • Cercocebus galeritus sanjei
  • Cercocebus atys lunulatus
  • Procolobus rufomitratus
  • Procolobus p. pennantii
  • Galagoides sp.
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus
  • Pygathrix cinerea
  • Rhinopithecus avunculus
  • Pongo abelii
  • Simias concolor
  • Loris tardigradus nycticeboides
  • Presbytis hosei canicrus
  • Trachypithecus vetulus nestor
  • Nomascus hainanus[nota 10]
  • Brachyteles hypoxanthus
  • Cebus xanthosternos
  • Leontopithecus caissara
  • Ateles hybridus brunneus
2006–2008
  • Propithecus candidus
  • Lepilemur sahamalazensis
  • Prolemur simus
  • Eulemur cinereiceps[nota 13]
  • Gorilla gorilla diehli
  • Procolobus rufomitratus
  • Procolobus p. pennantii
  • Cercopithecus diana roloway
  • Rungwecebus kipunji
  • Galagoides rondoensis
  • Procolobus badius waldroni[nota 7]
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus
  • Pygathrix cinerea
  • Rhinopithecus avunculus
  • Pongo abelii
  • Simias concolor
  • Trachypithecus vetulus nestor
  • Hoolock hoolock
  • Nomascus hainanus
  • Loris tardigradus nycticeboides
  • Tarsius tumpara[nota 14]
2008–2010
  • Propithecus candidus
  • Lepilemur septentrionalis
  • Prolemur simus
  • Eulemur cinereiceps
  • Eulemur flavifrons
  • Gorilla gorilla diehli
  • Procolobus rufomitratus
  • Cercopithecus diana roloway
  • Rungwecebus kipunji
  • Galagoides rondoensis
  • Procolobus epieni
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus
  • Pygathrix cinerea
  • Rhinopithecus avunculus
  • Pongo abelii
  • Simias concolor
  • Trachypithecus vetulus nestor
  • Hoolock hoolock
  • Tarsius tumpara
  • Nycticebus javanicus
  • Nomascus nasutus
  • Ateles hybridus[nota 1]
  • Oreonax flavicauda
  • Saguinus oedipus
2010–2012
  • Eulemur flavifrons
  • Lepilemur septentrionalis
  • Prolemur simus
  • Propithecus candidus
  • Varecia variegata
  • Cercopithecus diana roloway
  • Galagoides rondoensis
  • Piliocolobus pennantii pennantii
  • Piliocolobus epieni
  • Gorilla beringei graueri
  • Tarsius tumpara
  • Nycticebus javanicus
  • Macaca silenus
  • Simias concolor
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus poliocephalus poliocephalus
  • Semnopithecus vetulus nestor
  • Pygathrix cinerea
  • Rhinopithecus avunculus
  • Nomascus nasutus
  • Pongo pygmaeus pygmaeus
  • Ateles hybridus[nota 1]
  • Cebus flavius
  • Callicebus barbarabrownae
  • Oreonax flavicauda
2012–2014
  • Propithecus candidus
  • Lepilemur septentrionalis
  • Eulemur flavifrons
  • Microcebus berthae
  • Varecia rubra
  • Indri indri
  • Cercopithecus roloway
  • Galagoides rondoensis
  • Piliocolobus pennantii pennantii
  • Piliocolobus rufomitratus
  • Gorilla beringei graueri
  • Trachypithecus delacouri
  • Trachypithecus p. poliocephalus
  • Pygathrix cinerea
  • Rhinopithecus avunculus
  • Simias concolor
  • Trachypithecus vetulus nestor
  • Tarsius pumilus
  • Nycticebus javanicus
  • Nomascus nasutus
  • Ateles hybridus[nota 1]
  • Ateles fusciceps fusciceps
  • Cebus kaapori
  • Callicebus oenanthe
  • Alouatta guariba guariba

Ver tambémEditar

Notas de rodapéEditar

  1. a b c d e A subespécie Ateles hybridus bunneus foi listada na publicação entre 2004 a 2006, mas a lista foi expandida para incluir as duas subespécies na publicação de 2006-2008.[2][5][3]
  2. Na lista de 2000-2002, este lêmure foi listado como Propithecus diadema candidus, mas depois foi reclassificado como uma espécie diferente, Propithecus candidus.[2][73][74]
  3. Na lista 2000-2002, este lêmure foi listado como Propithecus diadema perrieri, mas depois foi reclassificado como uma espécie diferente, Propithecus perrieri.[2][73][74]
  4. Na lista 2000-2002, este lêmure foi listado como Hapalemur griseus alaotrensis, mas depois foi reclassificado como uma espécie diferente, Hapalemur alaotrensis.[2][73]
  5. a b Nas listas 2000-2002 e 2004–2006, este gorila foi listado como Gorilla beringei, mas outras listas usaram Gorilla b. beringei.[2][5][73][74]
  6. Nas listas 2000-2002 e 2004-2006, este macaco foi classificado como Cercocebus galeritus sanjei, mas depois foi reclassificado como uma espécie separada, Cercocebus sanjei.[2]
  7. a b c Nas listas 2000–2002, 2002–2004, e 2006–2008 , este colobo foi classificado como Procolobus badius waldroni, mas depois o nome foi corrigido para waldronae.[73][74][75]
  8. a b Nas listas 2000–2002 e 2002–2004, este macaco foi classificado como Trachypithecus poliocephalus, mas com outra subespécie agora reconhecida pela IUCN, agora é classificado como Trachypithecus p. poliocephalus.[2][5][73][74]
  9. a b Nas listas 2000–2002 e 2002–2004, este langur foi listado como Pygathrix nemaeus cinerea, mas agora está em uma espécie separada, Pygathrix cinerea.[2][5]
  10. a b Nas listas 2000–2002 e 2004–2006, este gibão foi listado como Hylobates concolor hainanus, mas agora foi reconhecido como uma espécie separada no gênero Nomascus, sendo classificado agora como Nomascus hainanus.[2][73]
  11. Na lista 2000–2002, esta espécie foi listada como Lagothrix flavicauda, mas agora foi renomeada como Oreonax flavicauda.[2]
  12. Na lista 2002–2004, este macaco foi listado como Trachypithecus leucocephalus, mas agora é considerado uma subespécie, Trachypithecus poliocephalus leucocephalus.[2][74]
  13. a b Nas listas 2004–2006 e 2006–2008, esta espécie foi listada como Eulemur albocollaris, mas depois foi renomeada para Eulemur cinereiceps.[2]
  14. Na lista 2006–2008, este társio foi listado como "Tarsius sp.", mas depois foi formalmente renomeado como Tarsius tumpara.[2][3]
  15. A espécie Ateles fusciceps foi listada na publicação 2006–2008, mas o nome comum e descrição correspondem a subespécie, Ateles fusciceps fusciceps.[3]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k Mittermeier, R.A.;Schwitzer, C.; Rylands, A.B.; Taylor, L.A.; Chiozza, F.; Williamson, E.A.; Wallis, J. (2014). Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates 2012–2014 (PDF) (em inglês). Arlington, VA: IUCN/SSC Primate Specialist Group (PSG), International Primatological Society (IPS), Conservation International (CI), and Bristol Conservation and Science Foundation (BCSF). 87 páginas. ISBN 978-1-934151-69-3 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v Mittermeier, R.A.; Wallis, J.; Rylands, A.B.; Ganzhorn, J.U.; Oates, J.F.; Williamson, E.A.; Palacios, E.; Heymann, E.W.; Kierulff, M.C.M.; Long Yongcheng, Supriatna; J.; Roos, C.; Walker, S.; Cortés-Ortiz, L.; Schwitzer, C.; (2009). Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates 2008–2010 (PDF) (em inglês). Arlington, VA: IUCN/SSC Primate Specialist Group (PSG), International Primatological Society (IPS), and Conservation International (CI). 84 páginas. ISBN 978-1-934151-34-1 
  3. a b c d e Mittermeier, R.A.; Ratsimbazafy, J.; Rylands, A.B.; Williamson, L.; Oates, J.F.; Mbora, D.; Ganzhorn, J.U.; Rodríguez-Luna, E.; Palacios, E.; Heymann, E.W.; Cecília, M.; Kierulff, M.; Yongcheng, L.; Supriatna, J.; Roos , C.; Walker, S.; Aguiar, J.M.; (2007). «Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates 2006–2008» (PDF). IUCN/SSC Primate Specialist Group. Primate Conservation (em inglês). 22: 1–40. Consultado em 23 de fevereiro de 2013. Arquivado do original (PDF) em 23 de julho de 2011 
  4. L., Smith (26 de outubro de 2007). «Primates in peril: 25 species facing threat of extinction». The Times (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2010 
  5. a b c d e f Mittermeier, R.A.; Valladares-Pádua, C.; Rylands, A.B.; Eudey, A.A.; Butynski, T.M.; Ganzhorn, J.U.; Kormos, R.; Aguiar, J.M.; Walker; S. (2006). «Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates 2004–2006» (PDF). IUCN/SSC Primate Specialist Group. Primate Conservation (em inglês). 20: 1–28 [ligação inativa]
  6. a b Mittermeier, R.A.;Schwitzer, C.; Rylands, A.B.; Schwitzer, C.; Taylor, L.A.; Chiozza, F.; Williamson, E.A. (2012). Primates in Peril: The World's 25 Most Endangered Primates 2010–2012 (PDF) (em inglês). Arlington, VA: IUCN/SSC Primate Specialist Group (PSG), International Primatological Society (IPS), Conservation International (CI), and Bristol Conservation and Science Foundation (BCSF). 40 páginas 
  7. a b «World's most endangered primates revealed». IUCN News (em inglês). 18 de fevereiro de 2010. Consultado em 5 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2010 
  8. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Sussman, R., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Eulemur macaco ssp. flavifrons (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  9. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Lepilemur septentrionalis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  10. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Patel, E., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Propithecus candidus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  11. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Microcebus berthae (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  12. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Varecia rubra (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  13. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Indri indri (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  14. Perkin, A., Bearder, S., Honess, P. & Butynski, T.M. (2008). Galagoides rondoensis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  15. Oates, J.F., Gippoliti, S. & Groves, C.P. (2008). Cercopithecus diana ssp. roloway (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2012.
  16. Butynski, T.M., Struhsaker, T. & De Jong, Y. (2008). Procolobus rufomitratus ssp. rufomitratus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  17. Oates, J.F., Struhsaker, T. & Ting, N. (2008). Procolobus pennantii ssp. pennantii (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  18. Robbins, M., Hart, J., Maisels, F., Mehlman, P., Nixon, S. & Williamson, L. (2008). Gorilla beringei ssp. graueri (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  19. Nekaris, A. & Shekelle, M. (2008). Nycticebus javanicus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  20. Whittaker, D. & Mittermeier, R.A. (2008). Simias concolor (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  21. Nadler, T., Xuan Canh, L., Ngoc Thanh, V. & Khac Quyet, L. (2008). Trachypithecus delacouri (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  22. Bleisch, B., Xuan Canh, L., Covert, B. & Yongcheng, L. (2008). Trachypithecus poliocephalus ssp. poliocephalus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  23. Dittus, W., Molur, S. & Nekaris, A. (2008). Trachypithecus vetulus ssp. nestor (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  24. Ngoc Thanh, V., Lippold, L., Nadler, T. & Timmons, R. J. (2008). Pygathrix cinerea (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  25. Xuan Canh, L., Khac Quyet, L., Thanh Hai, D. & Boonratana, R. (2008). Rhinopithecus avunculus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  26. Bleisch, B. & Geissmann, T. (2008). Nomascus nasutus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  27. Shekelle, M. & Salim, A. (2008). Tarsius pumilus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  28. Urbani, B., Morales, A.L., Link, A. & Stevenson, P. (2008). Ateles hybridus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  29. Cuarón, A.D., Morales, A., Shedden, A., Rodríguez-Luna, E. & de Grammont, P.C. (2008). Ateles fusciceps ssp. fusciceps (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  30. Kierulff, M.C.M. & de Oliveira, M.M. (2008). Cebus kaapori (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  31. Veiga, L., Bóveda-Penalba, A., Vermeer, J., Tello-Alvarado, J.C. & Cornejo, F. (2008). Callicebus oenanthe (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  32. Mendes, S.L., Rylands. A.B., Kierulff, M.C.M. & de Oliveira, M.M. (2008). Alouatta guariba ssp. guariba (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  33. a b M., Casey (26 de outubro de 2007). «Primates in Trouble, Says Report on 25 Rarest». National Geographic News (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2010 
  34. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J. C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Prolemur simus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  35. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Varecia variegata (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  36. Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Eulemur cinereiceps (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  37. a b c Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Propithecus tattersalli (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  38. a b c Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Hapalemur aureus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  39. a b c Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Hapalemur alaotrensis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  40. a b Olivieri, G., Schwitzer, C., Schwitzer, N. & Craul, M. (2008). Lepilemur sahamalazensis (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  41. a b c Andrainarivo, C., Andriaholinirina, V.N., Feistner, A., Felix, T., Ganzhorn, J., Garbutt, N., Golden, C., Konstant, B., Louis Jr., E., Meyers, D., Mittermeier, R.A., Perieras, A., Princee, F., Rabarivola, J.C., Rakotosamimanana, B., Rasamimanana, H., Ratsimbazafy, J., Raveloarinoro, G., Razafimanantsoa, A., Rumpler, Y., Schwitzer, C., Thalmann, U., Wilmé, L. & Wright, P. (2008). Propithecus perrieri (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  42. a b Oates, J.F., Baker, L.R. & Tooze, Z.J. (2008). Cercopithecus sclateri (em Inglês). IUCN . Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  43. a b Oates, J.F. & Butynski, T.M. (2008). Mandrillus leucophaeus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  44. a b c Butynski, T.M., Struhsaker, T., Kingdon, J. & De Jong, Y. (2008). Cercocebus galeritus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  45. a b c Ehardt, C., Butynski, T.M. & Struhsaker, T. (2008). Cercocebus sanjei (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  46. a b Oates, J.F., Gippoliti, S. & Groves, C.P. (2008). Cercocebus atys ssp. lunulatus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  47. a b Oates, J.F., Struhsaker, T. & McGraw, S. (2008). Procolobus badius ssp. waldroni (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  48. a b Robbins, M., Gray, M., Kümpel, N., Lanjouw, A., Maisels, F., Mugisha, A., Spelman, L. & Williamson, L. (2008). Gorilla beringei ssp. beringei (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  49. Oates, J.F. & Struhsaker, T. (2008). Procolobus pennantii ssp. epieni (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  50. Davenport, T.R.B. & Jones, T. (2008). Rungwecebus kipunji (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  51. Oates, J.F., Bergl, R.A., Sunderland-Groves, J. & Dunn, A. (2008). Gorilla gorilla ssp. diehli (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  52. a b Nekaris, A. (2008). Loris tardigradus ssp. nycticeboidesacessodata=24 de fevereiro de 2013 (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2.
  53. a b c Nijman, V. & Lammertink, M. (2008). Presbytis natunae (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  54. a b Bleisch, B., Xuan Canh, L., Covert, B. & Yongcheng, L. (2008). Trachypithecus poliocephalus ssp. leucocephalus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  55. a b Nijman, V., Meijaard, E. & Hon, J. (2008). Presbytis hosei ssp. canicrus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  56. a b c Bleisch, W. & Richardson, M. (2008). Rhinopithecus bieti (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  57. a b c Bleisch, W., Yongcheng, L. & Richardson, M. (2008). Rhinopithecus brelichi (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  58. a b c Andayani, N., Brockelman, W., Geissmann, T., Nijman, V. & Supriatna, J. (2008). Hylobates moloch (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  59. a b c Geissmann, T. & Bleisch, W. (2008). Nomascus hainanus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2.
  60. Brockelman, W., Molur, S. & Geissmann, T. (2008). Hoolock hoolock (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  61. Singleton, I., Wich, S. A. & Griffiths, M. (2008). Pongo abelii (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  62. Ancrenaz, M., Marshall, A., Goossens, B., van Schaik, C., Sugardjito, J., Gumal, M. & Wich, S. (2008). Pongo pygmaeus ssp. pygmaeus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  63. Kumar, A., Singh, M. & Molur, S. (2008). Macaca silenus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  64. a b c Kierulff, M.C.M., Rylands, A.B. & de Oliveira, M.M. (2008). Leontopithecus rosalia (em Inglês). IUCN . Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de . Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  65. a b c Kierulff, M.C.M., Rylands, A.B., Mendes, S.L. & de Oliveira, M.M. (2008). Leontopithecus chrysopygus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  66. a b c Kierulff, M.C.M., Rylands, A.B., Mendes, S.L. & de Oliveira, M.M. (2008). Leontopithecus caissara (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  67. a b Kierulff, M.C.M., Mendes, S.L. & Rylands, A.B. (2008). Cebus xanthosternos (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  68. a b c Mendes, S.L., de Oliveira, M.M., Mittermeier, R.A. & Rylands, A.B. (2008). Brachyteles hypoxanthus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  69. Savage, A. & Causado, J. (2008). Saguinus oedipus (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2013.
  70. Cornejo, F., Rylands, A.B., Mittermeier, R.A. & Heymann, E. (2008). Oreonax flavicauda (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 24 de fevereiro de 2012.
  71. de Oliveira, M.M., Boubli, J.-P. & Kierulff, M.C.M. (2008). Cebus flavius (em Inglês). IUCN 2012. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2012 Versão 2. Página visitada em 27 de março de 2013.
  72. Veiga, L.M., Printes, R.C., Rylands, A.B., Kierulff, C.M., de Oliveira, M.M. & Mendes, S.L (2008). Callicebus barbarabrownae (em Inglês). IUCN 2013. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2013 Versão 2. Página visitada em 29 de novembro de 2013.
  73. a b c d e f g Mittermeier, R.A.; Konstant, W.R.; Rylands, A.B. (2000). «The World's Top 25 Most Endangered Primates» (PDF). Neotropical Primates (em inglês). 8 (1). 49 páginas 
  74. a b c d e f Konstant, W.R.; Mittermeier, R.A.; Rylands, A.B.; Butynski, T.M.; Eudey, A.A.; Ganzhorn J.; Kormos, R. (2002). «The World's Top 25 Most Endangered Primates – 2002» (PDF). Neotropical Primates (em inglês). 10 (3): 128–131 
  75. Groves, C.P. (2007). «The taxonomic diversity of the Colobinae of Africa». Journal of Anthropological Sciences (em inglês). 85: 7–34 

Ligações externasEditar