Abrir menu principal
Oscar 1979
51st Academy Awards
Edição atual 51ª edição
Período 9 de abril de 1979
Local(is) Dorothy Chandler Pavilion, Los Angeles
Gênero Premiação Cinematográfica
Idealizado por Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
Página oficial www.oscars.org

A 51.ª cerimônia de entrega dos Academy Awards (ou Oscars 1979), apresentada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, premiou os melhores atores, técnicos e filmes de 1978 no dia 9 de abril de 1979, em Los Angeles e teve Johnny Carson como mestre de cerimônias.

Dois filmes contrários à Guerra do Vietnã foram os grandes vencedores da noite. The Deer Hunter, com 9 indicações, levou 5 Oscars, incluindo melhor filme e direção.[1] Coming Home concorria em 8 categorias e, apesar de vencer apenas em 3, recebeu alguns dos principais prêmios da noite: melhor ator para Jon Voight, melhor atriz para Jane Fonda, que venceu seu segundo Oscar nessa categoria, e melhor roteiro original.

Warren Beatty foi o segundo indicado na história do Oscar, depois de Orson Welles, a concorrer em 4 categorias na mesma edição: ator, direção, roteiro adaptado e filme, mas não levou nenhuma estatueta.

Primeira de uma série de cerimônias do Oscar que teve como mestre de cerimônias o apresentador de talk-shows da TV americana Johnny Carson.

Olivia Newton-John, Donna Summer, Barry Manilow, Debbie Boone e Johnny Mathis, em dueto com Jane Olivor, apresentaram-se no palco do Oscar. Esta foi a primeira vez que os intérpretes das gravações originais das canções dos filmes também apresentaram-se na cerimônia defendendo as músicas concorrentes ao Oscar de melhor canção.

Dois atores fizeram a última aparição pública nesta cerimônia do Oscar, falecendo dois meses depois: John Wayne, que anunciou o Oscar de melhor filme, e Jack Haley, que apresentou a estatueta de melhor direção de arte. Jack Haley, o Homem de Lata de O Mágico de Oz, anunciou ao lado de outro ator do musical, Ray Bolger, o Espantalho, o vencedor da categoria, em que concorria The Wiz, uma versão modernizada do clássico "O Mágico de Oz", que tinha no elenco as estrelas da música pop Diana Ross e Michael Jackson.

O ator Laurence Olivier, que não comparecia a uma cerimônia do Oscar desde 1940, recebeu um Oscar honorário, em homenagem apresentada por Cary Grant. O diretor King Vidor também recebeu sua homenagem, pelas mãos da atriz Audrey Hepburn. O animador Walter Lantz foi agraciado com o Oscar honorário, em homenagem apresentada pelo ator Robin Williams e seu cartum mais famoso, o Woody Woodpecker.

Vencedores e nomeadosEditar

Melhor FilmeEditar

Melhor DireçãoEditar

Melhor AtorEditar

Melhor AtrizEditar

Melhor Ator CoadjuvanteEditar

Melhor Atriz CoadjuvanteEditar

Melhor Filme de Língua EstrangeiraEditar

Melhor Roteiro OriginalEditar

Melhor Roteiro AdaptadoEditar

Melhor FigurinoEditar

Melhor MontagemEditar

Melhores Efeitos Visuais (Especial)Editar

Melhor FotografiaEditar

Melhor SomEditar

Melhor Trilha Sonora OriginalEditar

Melhor Trilha Sonora AdaptadaEditar

Melhor Canção OriginalEditar

(pela canção Last Dance)

(pela canção Hopelessly Devoted To You)

(pela canção The Last Time I Felt Like This)

(pela canção Ready to Take a Chance Again)

(pela canção When You're Loved)

Melhor Direção de ArteEditar

Melhor DocumentárioEditar

Melhor Curta-MetragemEditar

Melhor Documentário em Curta-MetragemEditar

Melhor Animação em Curta-MetragemEditar

Referências

  1. «Oscars to Fonda, Voight, 'Hunter'». Chicago Tribune. 8 de março de 2016. Consultado em 11 de agosto de 2019 

Ligações externasEditar