Oskar Perron

professor académico alemão

Oskar Perron (Frankenthal, 7 de maio de 1880Munique, 22 de fevereiro de 1975) foi um matemático alemão.

Oskar Perron
Perron em 1948
Nascimento 7 de maio de 1880
Frankenthal
Morte 22 de fevereiro de 1975 (94 anos)
Munique
Sepultamento Haidhausen Friedhof
Nacionalidade alemão
Cidadania Alemanha
Progenitores
  • Heinrich Perron
Alma mater Universidade de Munique
Ocupação matemático, professor(a) universitário(a)
Prêmios
  • Ordem do Mérito da Baviera (1959)
  • honorary doctor of the University of Tübingen (1956)
  • Cruz de Ferro (1918)
Empregador Universidade de Munique, Universidade de Heidelberg, Universidade de Tubinga
Orientador(es) Ferdinand Lindemann
Orientado(s) Peter Dombrowski, Ernst Peschl, Helmut Röhrl
Campo(s) matemática
Tese 1902: Über die Drehung eines starren Körpers um seinen Schwerpunkt bei Wirkung aüßerer Kräfte
Obras destacadas Teorema de Perron-Frobenius, números de Perron, Perron method, fórmula de Perron, integral de Henstock–Kurzweil
Oskar Perron em Jena, 1930

Foi professor da Universidade de Heidelberg, de 1914 a 1922, e da Universidade de Munique, de 1922 a 1951. Fez numerosas contribuições às equações diferenciais e equações diferenciais parciais. É conhecido por seu livro enciclopédico sobre frações contínuas, Die Lehre von den Kettenbrüchen.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.