Abrir menu principal
Osmiro Campos
Nascimento 18 de abril de 1933
Pelotas, Rio Grande do Sul
Nacionalidade Brasileiro
Morte 5 de julho de 2015 (82 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Ator, roteirista, dublador e diretor de dublagem.[1]
Atividade 1940-2015
IMDb: (inglês)

Osmiro Campos [nota 1] (Pelotas, 18 de abril de 1933São Paulo, 5 de julho de 2015) foi um ator, roteirista, dublador e diretor de dublagem brasileiro. Ficou mais conhecido por ser o segundo dublador (substituindo Potiguara Lopes) do Professor Girafales, no seriado mexicano Chaves.[3]

Também fez a voz do professor, originalmente dublado por Rubén Aguirre, na série animada do também programa humorístico, Chaves, pelo início de 2007.[1][4] Osmiro Campos faleceu em 5 de julho de 2015, aos 82 anos, vítima de uma parada cardíaca.[5]

Índice

BiografiaEditar

Osmiro nasceu em Pelotas, no Rio Grande do Sul, em 18 de abril de 1933. Por volta do final da década de 40, direcionou a Cachoeira do Sul, onde iniciou os primeiros trabalhos como Locutor de Rádio, saindo da cidade 3 meses depois, mudou-se para São Paulo em abril de 1950 e, por indicação de Walter Avancini, fez radionovelas e locuções na Rádio Tupi. Ainda trabalhou nas rádios Tupi do Rio de Janeiro, Mayrink Veiga, Gaúcha, entre outras.[1] Ingressou na dublagem em 1959. Nos estúdios da AIC, fez a voz de James (Darrin) Stephens em A Feiticeira, quando o ator que o interpretava era Dick Sargent.[3]

Na Com-Arte, dublou o personagem Karas, auxiliar do Doutor Mori, em Spectreman. Em 1984, nos estúdios Maga, de seu amigo Marcelo Gastaldi, substituiu Potiguara Lopes na dublagem de Rubén Aguirre nas séries Chaves e Chapolin, sendo o dublador oficial do ator mexicano até o novo lote de dublagem de Chaves, em 2012. Fez também a voz do Professor Girafales em Chaves em Desenho Animado. Outras atuações na Maga foram a locução na série Saber Rider, Jor-El em Supergirl - o Filme, além de outros trabalhos.

Além de dublador, era diretor de dublagem e roteirista. Atuou em filmes e peças de teatro, sendo um de seus primeiros trabalhos como ator no começo dos anos 2000, interpretando um padre na consagrada peça, Trair e Coçar É só Começar.[6][7] Osmiro Campos faleceu em 5 de julho de 2015, aos 82 anos, vítima de parada cardíaca.[4]. Coincidentemente, o ator que ele dublou por mais de 30 anos, Rubén Aguirre também morreu aos 82.

CarreiraEditar

Trabalhos na televisão e no cinemaEditar

Filmes e Seriados [1]
Ano Título Papel Notas Ref
1961 Cidade Nua Dick York (Dr. Charles Colano) Décimo episódio da 2ª temporada [5]
Desafio à Corrupção George C. Scott (Bert Gordon) [8]
1964 Matraca Trica e Fofoquinha John Stephenson (Coronel Mandragão) [8]
1969–1970 Terra de Gigantes Kevin Hagen (Inspetor Dobbs Kobick) Recorrente, 9 de 51 episódios
1969–1972 A Feiticeira Dick Sargent (James Stephens) 1ª voz nas 3 últimas temporadas [3]
1971–1972 Spectreman Gorila Karas [8]
1975 Cavalgada Infernal Barry Sullivan (Kane) [8]
1980 A Virgem e o Bem-Dotado Roteirista [5] [2]
Alligator Henry Silva (Coronel Brock) [2]
1981 As Meninas de Madame Laura Dr. Gustavo [2]
1982 Autor em Família Al Pacino (Ivan Travalian) [3]
Um Cara Muito Baratinado Peter O'Toole (Alan Swann) [8]
1983 Massagem for Men Roteirista [5] [2]
1984 Supergirl Simon Ward (Zor-El) [8]
1987–1988 Saber Rider Peter Cullen (Narrador) [5]
1987–1991 A Extraterrestre Joe Alaskey (Tio Bino) 68 de 96 episódios
1990 Nouvelle Vague
(O Cachorro)
Alain Delon (Richard/Roger Lennox) ("Lui") [1]
2005 Um Tira Acima da Média Cheech Marin (Capitão Victor Delgado) [3]
2006 El Chavo Animado (Professor Girafales) Dublado por Juan Carlos Tinoco
e Moisés Suárez Aldana
[4]
2007 Amigas & Rivais Participação especial Ator, novela do SBT [1]
2008 Revelação Participação especial Ator, novela do SBT [1]

No teatroEditar

Peças
Ano Título Papel Ref
1968 Cemitério de Automóveis
2000 Trair e Coçar É só Começar Padre [6][7]


Notas

  1. Erroneamente, Osmiro já foi frequentemente creditado como "Osmino Campos".[2]

Referências

  1. a b c d e f g «Biografia de Osmiro Campos». Casa da Dublagem. Consultado em 7 de julho de 2015. Arquivado do original em 12 de agosto de 2015  |wayb= e |arquivodata= redundantes (ajuda); |wayb= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  2. a b c d e «Personalidade: Osmino Campos». InterFilmes.com. 2015. Consultado em 3 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 3 de outubro de 2015 
  3. a b c d e Redação (6 de julho de 2015). «Morre Osmiro Campos, dublador do professor Girafales». Terra Networks. Para seus trabalhos de dublagem, veja o último parágrafo. Consultado em 3 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 8 de julho de 2015 
  4. a b c G1 (6 de julho de 2015). «Morre Osmiro Campos, dublador brasileiro do Professor Girafales». Globo.com. Consultado em 3 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 30 de julho de 2015 
  5. a b c d e Redação (6 de julho de 2015). «Morre Osmiro Campos, dublador do Professor Girafales». O POVO. Consultado em 18 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 29 de julho de 2015 
  6. a b «Morre Osmiro Campos, voz do Professor Girafales no Brasil». Zero Hora. 7 de julho de 2015. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2015. No começo dos anos 2000, ele passou a interpretar um padre em Trair e Coçar é Só Começar, viajando o Brasil com a peça. 
  7. a b «Trair e Coçar É só Começar». Moocaonline. No elenco da peça; observa-se o nome de Osmiro Campos no final. Consultado em 2 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2015 
  8. a b c d e f Favaretto, Leonardo (6 de julho de 2015). «Morre Osmiro Campos, dublador do Professor Girafales». Le´Pop. Consultado em 8 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2015