Abrir menu principal
Osogbo

Oṣogbo

Osogbo Oroki

  LGA e cidade  
Osogbo está localizado em: Nigéria
Osogbo
Coordenadas 7° 46' N 4° 34' E
País  Nigéria
Estado Osun
Área (LGA)
- Total 47 km²
Altitude 320 m
População (Censo de 2006 (LGA))
 - Total 156,694
- Fuso horário WAT (UTC+1)
código postal prefixo 3-dígitos 230
Clima Aw
Oshogbo
Osogbo

Osogbo (também Oṣogbo, raramente Oshogbo) é uma cidade na Nigéria. É a capital do estado de Osun. A cidade de Osogbo tem a sede da Área de Governo Local de Osogbo (situada na área de Oke Baale da cidade) e da Área de Governo Local de Olorunda (situada na área de Igbonna da cidade). São cerca de 88 quilômetros por estrada a nordeste de Ibadan. É também 108 km pela estrada ao sul de Ilorin e 108 km noroeste de Akure[1][2]. Osogbo compartilha fronteiras com Ikirun, Ilesa, Ede, Egbedore e Iragbiji e é facilmente acessível a partir de qualquer parte do estado devido à sua natureza central. Isto é 48 km de Ife, 32 km de Ilesa, 46 km de Iwo, 48 km de Ikire e 46 km de Ila-Orangun; A cidade tinha uma população de cerca de 156.694 pessoas 2006 de acordo com o censo;[3] o código postal da área é 230.[4]

Índice

Infraestrutura e demografiaEditar

Osogbo fica na linha férrea de Lagos a Kano. É conhecida pela Escola de Arte de Oshogbo e o prédio do Mercado Oja Oba, que se diz ser o antigo palácio do Oba, a poucos metros da Grande Mesquita de Osogbo. A cidade de Osogbo tem uma Universidade, Ladoke Akintola University. Tem uma televisão local e estação de rádio, chamada NTA Osogbo, Osun state television, Radio Osun, FM Osogbo.

Osogbo é o centro comercial de uma região agrícola. O inhame, a mandioca, o cereal e o tabaco são cultivados. Algodão é cultivado e usado para tecer os tecidos. Possui vários hotéis e um estádio de futebol com capacidade para 10.000 pessoas e uma equipe de segunda divisão da liga profissional.

A maioria da população é membro do grupo étnico Yoruba. Em 1988, cerca de 27% da população estava engajada na agricultura como ocupação primária, 8% eram comerciantes e cerca de 30% funcionários e professores.

CulturaEditar

 
Cidade de Osogbo

Osogbo, às vezes chamado de "Ile Aro" (casa de tingimento), é um grande centro de tingimento. A indústria tradicional é uma das principais indústrias de Osogbo. Uma série de indústrias também começou a crescer após a independência, principalmente estabelecimentos de pequena escala envolvidos com têxteis, fabricação de espuma e lápis. Em Osogbo foi feito um grande centro de desenvolvimento industrial pelo governo da Nigéria durante a década de 1970. Osogbo é também a casa de infância do ator e dramaturgo Duro Ladipo e do estudioso muçulmano Sheikh Adelabu.

Osogbo é o local do festival anual Osun-Osogbo ao longo do Rio Osun. O festival é centrado no bosque sagrado da deusa do rio Ọsun,[5] que é um Patrimônio Mundial da UNESCO.[6]

ClimaEditar

Dados climáticos para Osogbo
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Recorde alta °C (°F) 35.5
(95.9)
37.0
(98.6)
38.0
(100.4)
35.0
(95)
34.0
(93.2)
33.5
(92.3)
31.5
(88.7)
31.0
(87.8)
32.0
(89.6)
33.0
(91.4)
33.5
(92.3)
34.0
(93.2)
38.5
(101.3)
Média alta °C (°F) 32.8
(91)
34.6
(94.3)
34.3
(93.7)
32.1
(89.8)
31.2
(88.2)
30.0
(86)
27.9
(82.2)
27.4
(81.3)
28.8
(83.8)
30.1
(86.2)
31.2
(88.2)
31.9
(89.4)
31.0
(87.8)
Média diária °C (°F) 26.2
(79.2)
27.4
(81.3)
28.4
(83.1)
27.1
(80.8)
26.5
(79.7)
25.8
(78.4)
24.3
(75.7)
23.8
(74.8)
24.9
(76.8)
25.4
(77.7)
26.1
(79)
26.0
(78.8)
26.0
(78.8)
Média baixa °C (°F) 19.5
(67.1)
20.1
(68.2)
22.5
(72.5)
22.1
(71.8)
21.8
(71.2)
21.5
(70.7)
20.7
(69.3)
20.3
(68.5)
21.0
(69.8)
20.7
(69.3)
21.0
(69.8)
20.1
(68.2)
21.0
(69.8)
Recorde baixa °C (°F) 10.5
(50.9)
10.0
(50)
19.0
(66.2)
19.5
(67.1)
18.0
(64.4)
19.5
(67.1)
17.0
(62.6)
16.5
(61.7)
18.5
(65.3)
18.5
(65.3)
14.5
(58.1)
13.0
(55.4)
10.0
(50)
Média precipitação mm (inches) 7
(0.28)
26
(1.02)
76
(2.99)
118
(4.65)
144
(5.67)
141
(5.55)
121
(4.76)
125
(4.92)
181
(7.13)
172
(6.77)
54
(2.13)
12
(0.47)
1 177
(46,34)
Média de dias de precipitação (≥ 0.3 mm) 1 3 7 11 12 15 15 11 17 20 5 1 118
Média umidade relativa (%) 74 69 77 84 87 88 89 89 89 89 84 79 83
Fonte: Deutscher Wetterdienst[7] (1961–1990)

EsporteEditar

Osogbo tem um estádio com uma capacidade de 10 000 pessoas e uma equipa da segunda divisão profissional.

História do nome da cidade de OsogboEditar

Segundo Pierre Verger, existem laços muito estreito entre Oxum e os reis de Osogbo. Neste lugar, a festa anual de oferendas a Oxum é uma comemoração pela chegada de Laro, fundador da dinastia, às margens desse rio cujas águas correm permanentemente.

É contada a história de quando Laro, depois de muitas atribulações, achando o local favorável para o estabelecimento de uma cidade, aí se fixou com sua gente. Alguns dias depois de sua chegada, uma de suas filhas foi banhar-se no rio e desapareceu nas águas. Reapareceu no dia seguinte, soberbamente vestida, declarando ter sido muito bem acolhida pela divindade do rio. Laro, para demonstrar sua gratidão, dedicou-lhe oferendas.

Numerosos peixes, mensageiros da divindade, vieram comer, em sinal de aceitação, as comidas que Laro havia jogado nas águas. Um grande peixe, que nadava próximo ao local onde este se encontrava, cuspiu-lhe água. Laro recolheu esta água numa cabaça e bebeu, fazendo assim um pacto de aliança com o rio. Estendeu, depois, as mãos para frente e o grande peixe saltou sobre elas.

Laro recebeu o título de Atáója - contração de frase yoruba A téwó gbáà eja ("Ele estende as mãos e recebe o peixe") - e declarou: "Òsun gbo" ("Oxum está em estado de maturidade"), suas águas serão sempre abundantes. Esta foi a origem (lendária) do nome da cidade de Osogbo.[8]

O Templo de Osun recebe muitos visitantes por ocasião do Festival de Osun que é realizado anualmente.

Oxum é cultuada nos candomblés, em todo o Brasil.

Referências

  1. «Distance between Osogbo and Ilorin». ng.drivebestway.com 
  2. «Distance between Osogbo and Akure». ng.drivebestway.com 
  3. «Osogbo». OSUN STATE GOVT. Consultado em 10 de maio de 2013 
  4. «Post Offices- with map of LGA». NIPOST. Consultado em 20 de outubro de 2009. Arquivado do original em 26 de novembro de 2012 
  5. Joseph M. Murphy; Mei Mei Sanford. Reviewed Work(s): Osun across the Waters: A Yoruba Goddess in Africa and the Americas. O Jornal Internacional de Estudos Históricos Africanos > Vol. 34, No. 3 (2001)
  6. Peter Probst. Osogbo and the Art of Heritage. Monuments. Deities, and Money. Bloomington: Indiana University Press, 2011
  7. «Klimatafel von Oshogbo / Nigeria» (PDF). Baseline climate means (1961-1990) from stations all over the world (em alemão). Deutscher Wetterdienst. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  8. UNESCO Osun-Osogbo Sacred Grove

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.