Abrir menu principal

Osso hioide

(Redirecionado de Osso hióide)
Osso hioide
Close do osso hioide.
Suprahyoid muscles.png

Musculatura ligada ao hioide (linha branca onde está escrito hyoid bone)
Latim os hyoideum
Recursos externos
Gray's subject #45 177
MeSH A02.835.232.409

O osso hioide (pré-AO 1990: osso hióide) (em latim Os Hyoideum) é um osso que fica na parte anterior do pescoço, abaixo da mandíbula e à frente da porção cervical da coluna vertebral. Não está articulado com nenhum outro osso, apenas com músculos. É apenas suportado pelos músculos do pescoço. Suporta, por sua vez, a musculatura na base da língua. [1]

Índice

EtimologiaEditar

O seu nome deriva da palavra grega hyoeides, que significa "com a forma da letra upsilon" (υ). Em latim Os Hyoideum foi associado ao suporte dos músculos da língua.

ArticulaçõesEditar

O hioide não se articula com nenhum outro osso nem da cabeça nem do pescoço. Ao invés disso ele está ligado a diversos músculos do pescoço e cabeça, dentre eles os principais grupos musculares incluem[2]:

  • Músculos da faringe (fazem a constrição e elevam a faringe)
  • Músculos da laringe (ajustam as dimensões da passagem do ar)
  • Músculos infra-hioideos (posicionam a laringe e o osso hioide no pescoço)
  • Músculos contidos pela fáscia de revestimento (movimentam a cabeça e a extremidade superior)
  • Músculos posturais no compartimento muscular do pescoço (posicionam o pescoço e a cabeça).

Origem embrionáriaEditar

O osso hioide tem origem embrionária no 2º arco faríngeo, também denominado de arco hioide que surge no início da 4ª semana de gestação.

OssificaçãoEditar

É ossificado a partir de 6 centros: dois do corpo central e mais um de cada pequeno e grande corno. Começa pelo grande corno ao final da fase fetal e no corpo pouco depois. Os pequenos cornos demoram mais, só ossificando nos dois primeiros anos após o parto. [3]

FormatoEditar

Tem a forma de uma ferradura e está suspenso das extremidades dos processos estiloides dos ossos temporais.

Esse osso forma uma lâmina quadrilátera, achatada de frente para trás, alongada transversalmente e apresenta uma concavidade posterior. Dá inserção na sua face anterior aos músculos génio-hioideu, génio-glosso, hio-glosso, milo-hióideo, digástrico e estilo-hioideu; na sua face posterior insere-se o músculo tiro-hioideu.

Reconhece-se no osso hioide uma parte média, o corpo, de cujas extremidades laterais partem dois prolongamentos: o grande corno e o pequeno corno.

Grandes cornos

Dão continuidade às extremidades do corpo e terminam por uma estrutura tumefacta , o tubérculo do grande corno.

Pequenos cornos

São pequenos ossículos ovais que se articulam com o corpo e com o grande corno do osso do hióide, ao nível da linha de união destas duas peças esqueléticas. A sua extremidade superior dá inserção ao ligamento estilo-hioideu.

Imagens adicionaisEditar

Referências