osteoma é um tumor benigno ósseo de crescimento lento que geralmente cresce no crânio. Osteomas osteoides por outro lado geralmente aparecem no fêmur ou tíbia.

Osteoma
Osteoma no conducto auditivo externo.
Especialidade oncologia
Classificação e recursos externos
CID-10 C40-C41
CID-9 213.0
CID-ICD-O: 9180/0
MeSH D010016
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

TiposEditar

Existem dois tipos[1]: Osteoma homoplásico: Quando é formado a partir de tecido ósseo. Osteoma heteroplásico: Quando é formado a partir de outros tecidos.

Os locais mais frequentes são[1]:

Podem apresentar três padrões patogênicos[1]:

  • Marfim: Denso pouco irrigado.
  • Maduro: Esponjoso, com medula, trabeculado e bem irrigado como um osso normal.
  • Mixto: Partes densas e partes esponjosas.

CausasEditar

A causa dos osteomas é incerta, mas teorias geralmente aceitas sugerem causas infecciosas, embriológicas ou traumáticas.

Sinais e sintomasEditar

Osteomas craniofaciais maiores podem causar dor facial, dor de cabeça e infecção devido à obstrução dos ductos nasofrontais. Frequentemente o osteoma craniofacial se apresenta através de sinais e sintomas oculares (como proptose).[2]

EpidemiologiaEditar

São mais comuns em adolescentes e jovens adultos (10 a 35 anos) e duas vezes mais comuns em homens. Os osteomas múltiplos estão associados a pólipos colônicos na síndrome de Gardner.

TratamentoEditar

Se causar problemas pode ser quebrados, esculpidos e removidos cirurgicamente.

Osteomas osteoides causam dor noturna que melhora com aspirina.[3]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar