Ottokar Doerffel

Ottokar Doerffel
Nascimento 24 de março de 1818
Waldenburg
Morte 18 de novembro de 1906 (88 anos)
Joinville
Cidadania Império Alemão
Ocupação político

Ottokar Doerffel, originalmente Ottokar Dörffel[1] (Waldenburg, 24 de março de 1818Joinville, 18 de novembro de 1906) foi o fundador do segundo jornal em alemão da região sul do Brasil, o Kolonie-Zeitung. Foi prefeito de Glauchau, onde seu pai trabalhou como registrador.

BiografiaEditar

Casou com Ida Günter em novembro de 1846 e emigrou para o Brasil dois anos depois, devido ao seu envolvimento nos movimentos revolucionários pela unificação da Alemanha em 1848. Chegou à Colônia Dona Francisca (atual Joinville) em 20 de novembro de 1854, aos 36 anos. Trabalhou como jornalista, cronista e matemático.

Na Colônia Dona Francisca exerceu o cargo de contador e tesoureiro na Direção da Colônia a partir de 31 de maio de 1858. Também exerceu o cargo de vereador, foi presidente da Câmara Municipal, com funções executivas outorgadas futuramente a prefeitos. Foi primeiro cônsul honorário e teve também importante atuação na fundação da Colônia Agrícola de São Bento do Sul.

A casa que construiu há mais de cem anos, hoje localizada numa área nobre do centro de Joinville, hoje é chamada de "Castelinho" (Schloesschen) e abriga o Museu de Arte de Joinville.

Como jornalista, sua grande obra foi o Kolonie-Zeitung (Jornal da Colônia), que circulou por quase oitenta anos, a partir de 20 de dezembro de 1862. Doerffel também escreveu três livros importantes para a história da Colônia Dona Francisca.

Referências

  1. Joinville ontem e hoje. Joinville : Arquivo Histórico, 1981, página 25.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Precedido por
Frederico Lange
Prefeito de Joinville
1874 — 1877
Sucedido por
Augusto Stock