Outeiro da Cortiçada

localidade e antiga freguesia de Rio Maior, Portugal

Outeiro da Cortiçada é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Rio Maior, com 14,53 km² de área e 674 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 46,4 hab/km².
Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[1] sendo o seu território integrado na freguesia de Outeiro da Cortiçada e Arruda dos Pisões.

Portugal Outeiro da Cortiçada 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Outeiro da Cortiçada está localizado em: Portugal Continental
Outeiro da Cortiçada
Localização de Outeiro da Cortiçada em Portugal Continental
Mapa de Outeiro da Cortiçada
Coordenadas 39° 19' 47" N 8° 49' 33" O
Concelho primitivo Rio Maior
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 14,53 km²
Outras informações
Orago Nosssa Senhora da ribeira

A freguesia de Outeiro da Cortiçada, é bastante antiga, como prova o livro mais antigo do registo paroquial, datado do ano de 1663. O seu nome era então Nossa Senhora da Ribeira da Cortiçada e era um curato do pároco da freguesia de Abitureiras, do termo de Santarém.

Situa-se na zona do concelho, confinando com o concelho de Santarém e com as freguesias de Arruda dos Pisões, São Sebastião e Fráguas. Dista cerca de 12 km de Rio Maior e cerca de 25 km de Santarém.

O facto dos seus solos serem irrigados pelas Ribeiras de Alcobertas e Abrã, torna-os bastante produtivos. Existe na freguesia uma campina que durante grande parte do século passado, estava frequentemente inundada, principalmente no Inverno, sendo totalmente improdutiva. Hoje semeia-se nessa campina milho, arroz, feijões, trigo, batata, melão e tomate.

Quando do primeiro recenseamento efectuado a nível nacional, no ano de 1864, foi contabilizada uma população de 411 habitantes para 108 fogos habitacionais. No inicio do séc. XX, havia 662 habitantes para 163 fogos. Já em 1970, o respectivo censo indicava um total de 785 habitantes.

Do património cultural edificado da freguesia, destaca-se a Igreja Matriz dedicada a Nossa Senhora da Ribeira, as capelas de São Pedro e de Vale Marinhas e a fonte de Nossa Senhora da Ribeira. A Igreja Matriz apresenta uma inscrição datada de 1727, que poderá ter sido da sua construção, como, de uma eventual reparação. É um templo cujo aspecto exterior denota uma certa expressão arquitectónica e artística mostrando no seu interior uns belos azulejos azuis, de grande antiguidade.

No primeiro domingo de Agosto realizam-se aqui as tradicionais festas à Nossa Senhora da Ribeira.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Outeiro da Cortiçada [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
411 478 544 646 696 723 824 959 1 060 1 046 835 796 715 829 674
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 106 99 430 194 12,8% 11,9% 51,9% 23,4%
2011 99 61 332 182 14,7% 9,1% 49,3% 27,0%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Actividades económicasEditar

Agro-pecuária, agricultura, exploração florestal, indústria, comércio e lagares de azeite.

Festas e romariasEditar

Nossa Senhora da Ribeira (1.º domingo de agosto)

Patrimonio cultural e edificadoEditar

  • Igreja matriz
  • Capela de São Pedro
  • Capela do Vale de Marinhas
  • Fonte de Nossa Senhora da Ribeira

Outros locais de interesse turísticoEditar

  • Quinta da Cortiçada
  • Miradouro do Cabeço do Mendes

GastronomiaEditar

Magusto, Tiborna e cozido à portuguesa

ArtesanatoEditar

Cestaria em vime

ColectividadesEditar

  • Centro de Convívio e Recreio do Outeiro da Cortiçada
  • Centro Cultural e Recreativo e Desportivo de Correias
  • AJOC - Associação de Jovens do Outeiro da Cortiçada
  • Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Vale Marinhas

Principais LugaresEditar

ComércioEditar

  • Napité
  • Café Suzibel
  • Café Miradouro
  • Centro de Dia do Outeiro da Cortiçada

Referências

  1. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.