Abrir menu principal
Pórtico dos Argonautas
Restos atribuídos ao pórtico na parede leste do Panteão.
Construção 25 a.C.
Promotor / construtor Marco Vipsânio Agripa
Geografia
País Itália
Cidade Roma
Localidade Região IX - Campo de Marte
Coordenadas 41° 53' 54" N 12° 28' 38" E
Pórtico dos Argonautas está localizado em: Roma
Pórtico dos Argonautas
Pórtico dos Argonautas

Pórtico dos Argonautas (em latim: Porticus Argonautarum), por vezes também referido como Estoa de Posidão (em grego: τὴν στοὰν τὴν τοῦ Ποσειδῶνος; transl.: tèn stoàn tèn toú Poseidó̱nos , lit. "a Estoa de Posidão"),[1] era um grande pórtico que rodeava a Septa Júlia, um edifício que cercava uma grande praça que ficava no Campo de Marte e que era utilizada para a realização comícios e assembleias públicas na época da Roma Antiga.[2]

Índice

HistóriaEditar

A Septa Júlia foi construída por Marco Vipsânio Agripa, um general e almirante amigo do imperador Augusto, em 27 a.C. O Pórtico dos Argonautas foi acrescentado em 25 a.C. para comemorar as vitórias navais de Agripa em 31 a.C. e seu nome é uma referência ao tema decorativo, que representava a mítica expedição dos argonautas, liderados por Jasão.[3]

Estudos sobre a Forma Urbis (um antigo plano detalhado da Roma Antiga) localizaram o pórtico onde está hoje a Via della Minerva, perto da basílica de Santa Maria sopra Minerva.[4] Uma parede de tijolo preservada ao longo da parede leste do Panteão foi atribuída ao Pórtico dos Argonautas.

LocalizaçãoEditar

Referências

  1. «Stoa of Poseidon» (em inglês). Consultado em 20 de julho de 2015 
  2. L. Richardson, jr (1 de outubro de 1992). A New Topographical Dictionary of Ancient Rome (em inglês). [S.l.]: JHU Press. pp. 315–. ISBN 978-0-8018-4300-6 
  3. Shopping in Ancient Rome: The Retail Trade in the Late Republic and the Principate (em inglês). [S.l.]: Oxford University Press. 26 de abril de 2012. pp. 249–. ISBN 978-0-19-969821-9 
  4. «Uma reconstrução visual da Saepta Julia» (em inglês). Maquettes-historiques 

Ligações externasEditar