Pós-doutorado

Pós-doutorado ou pós-doutoramento, coloquialmente chamado pós-doc,[1][2] é um estágio de estudo e pesquisa feito por um portador do título de doutor numa universidade ou instituição de pesquisa, visando ao aprimoramento de suas habilidades de pesquisador e acadêmicas. Não é, porém, um título universitário - ou seja, ninguém “é pós-doutor”, visto que o título sequer existe. Ter feito um pós-doutorado significa apenas que um doutor realizou um estágio acadêmico, que pode ter sido de apenas um mês.[3][4]

Ao contrário da pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado), o pós-doutorado não é um grau acadêmico. Em outras palavras, ninguém é pós-doutor, pois esse título não existe. Num pós-doutorado, que nada mais é que um estágio, o pesquisador não precisa cursar disciplinas nem fazer qualquer prova ou exame, embora, normalmente, deva apresentar relatórios periódicos de andamento do seu trabalho à entidade que o financia. Ademais, é desejável que os resultados desse trabalho possam ser publicados, na forma de artigos, em periódicos acadêmicos indexados.

Também não existe, no pós-doutorado, a figura de um orientador, mas deve haver um supervisor, também doutor, porém com maior experiência acadêmico-científica, a quem cabe acompanhar o pesquisador “pós-doc” no andamento de sua pesquisa. [5]

A duração de um estágio pós-doutoral varia de país a país. Em alguns países, a duração é limitada. No Canadá e na Suécia, o limite é de cinco anos. Já nos Estados Unidos, não há limite.[6] No Brasil, o prazo, a depender do órgão financiador, varia de um a 48 meses,[7][8] enquanto, em Portugal, pode chegar a 6 anos.

O pesquisador ou estagiário pós-doutoral pode ou não ter vínculo empregatício com a instituição que o recebe; pode ter ou não uma bolsa de estudos que o financie. Em alguns casos, pesquisadores com posições permanentes, tais como os professores concursados das universidades públicas brasileiras, podem solicitar uma licença para cumprir estágio pós-doutoral fora do país, sem prejuízo dos seus vencimentos.

Paralelamente à própria pesquisa, o pesquisador pode também realizar algumas atividades correlatas, tais como: ministrar cursos, aulas e palestras; orientar ou coorientar alunos de mestrado e doutorado; participar de bancas examinadoras de dissertações e teses. Além disso, tem sido comum a realização das atividades do pós-doutorado (ou parte delas) em empresas, organizações governamentais ou entidades sem fins lucrativos (conservatórios, museus, bibliotecas etc.).

Referências

  1. Pós-Doc (Pós-Doutorado). Escola de Educação Física e Esporte - USP.
  2. Capes corta 65 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doc da UFRJ. O Globo, 9 de maio de 2019.
  3. ‘So, What Is a Postdoc?’ Por Jeremy Yoder. ChronicleVitae, 22 de setembro de 2015.
  4. The price of doing a postdoc. Por Devin Powell. Science, 10 de janeiro de 2017.
  5. Qual a importância de se fazer um pós-doutorado? Por Alexssandro Becker. Galoá,
  6. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome postdoc
  7. Perguntas Frequentes. Candidatura. Pesquisa Pós-Doutoral e Estágio Sênior no Exterior
  8. FAPESP Bolsa de Pós-Doutorado


  Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.