PT Comunicações

Extinta operadora portuguesa de telecomunicações

A PT Comunicações foi uma empresa pertencente ao Portugal Telecom que presta Serviço Fixo Telefónico (SFT) e da Rede Pública de Telecomunicações em Portugal e que gere as empresas do grupo viradas para os segmentos residencial (MEO) e empresarial (PT Empresas).

PT Comunicações
Portugal Telecom Comunicações
Razão social PT Comunicações, S.A.
Slogan TMN Vamos Lá
MEO É outra vida
Atividade Telecomunicações
Fundação 18 de setembro de 2000 (23 anos)
Destino Fundida na MEO em 2014
Encerramento 2014 (10 anos)
Sede Portugal Lisboa
Produtos Telefonia fixa
Empresa-mãe Portugal Telecom
Sucessora(s) MEO
Website oficial ptcom.pt[ligação inativa]

Foi criada em 18 de Setembro de 2000, cerca de 9 meses depois da liberalização do Mercado Fixo em Portugal de Telecomunicações, é considerado o Operador Histórico da Rede Fixa.

História

editar

Antes de se chamar PT Comunicações, começou no séc. XIX como APT. Mais tarde criavam-se as empresas TLP e os CTT, que eram detidas pelo Estado Português. Nos início dos anos 90 os CTT entregam a gestão para uma empresa criada de raiz, chamada Telecom Portugal, que fazia a exploração do serviço telefónico em todo o País, excepto Lisboa e Porto. Em 1994 é feita a fusão das empresas Telecom Portugal, TLP, TDP e CPRM e é criada a Portugal Telecom. Em 1 de Junho de 1995 é dado o inicio da fase de privatização da empresa estatal Portugal Telecom, S.A. que é concluida em Dezembro de 2000, com que nessa altura é criada a Portugal Telecom, SGPS, SA e a PT Comunicações iria fazer a exploração, como desde sempre fez, da rede fixa, seja para o mercado retalhista seja para o mercado grossista.

Em 2000, começa a colocar DSLAMs nas Centrais Telefónicas para receber os serviços de ADSL em Portugal que, segundo dados da empresa, até Dezembro de 2006, já cobre 98% de ADSL recepcionado nas casas de todos os clientes da rede telefónica da PT. Em 2001, é criado na rede fixa o serviço de Voice Mail ou Gravador de Chamadas do mesmo sistema que a rede móvel sempre liderou. Em 2003, é criado o Serviço de Mensagens Escritas (SMS) que iniciou o processo com SMS gratuitos para as redes PT e TMN, e durante o lançamento e desenvolvimento do serviço chegou aos restantes operadores móveis nacionais. Em 2004, é criado o Serviço de Mensagens Multimédia (MMS) no seguimento do desenvolvimento tecnológico da rede de telecomunicações na qual passaria a PT Comunicações a ser dos primeiros operadores de rede fixa no Mundo a adoptar os serviços de SMS e MMS que só a Rede Móvel podia disponibilizar. Em 2005, a PT Comunicações cria o serviço de factura electrónica na qual substitui o tradicional documento de factura em papel para a factura em suporte digital aos clientes da PT Comunicações para uma boa politica ambiental da empresa do Grupo PT. Em 2006, cria o serviço PT Agenda que visa apresentar uma lista dos 10 números de telefone mais ligados nos últimos 3 meses de facturação. Em 2007, a PT Comunicações foi decido a separação entre o Grupo PT e PT Multimédia, sendo a última em 2008, quando mudou-se para ZON Multimédia.[1]

Em 2014, a Portugal Telecom (hoje Altice) extinguiu a subsidiária TMN, passou a ser denominada "MEO".[2] No mesmo ano, a PT Comunicações foi fundida com a MEO.[3]

Empresas e Serviços

editar

A PT Comunicações opera nos mercados de telecomunicações, para os particulares e empresariais.

Particulares

editar

MEO (antiga TMN) - Empresa/ Operador de telecomunicações fixas e móveis responsável pela gestão do marca e serviço comercial MEO.

Empresarial

editar

PT Empresas (com fusão entre PT Prime e PT Negócios) responsável pelas soluções tecnológicas e de telecomunicações para PME - Pequenas, Médias Empresas e Grandes Empresas e Instituições, como o Governo de Portugal

Anteriormente

editar

TVCabo - Operador de telecomunicações de cabo responsável com liderança entre 2004 e 2007 é uma empresa da PT Multimédia (hoje NOS).

Referências

  1. Armpauloferreira (quinta-feira, 31 de janeiro de 2008). «Ecos Imprevistos: Zon Multimédia: a nova designação da ex-PT Multimédia». Ecos Imprevistos. Consultado em 16 de maio de 2024  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. ANACOM (19 de junho de 2018). «Transmissão de direitos de utilização de números para a MEO». www.anacom.pt. Consultado em 16 de maio de 2024 
  3. «PT Portugal funde PT Comunicações e Meo». Jornal de Negócios. 26 de novembro de 2014