Pablo de Rokha

Pablo de Rokha, pseudônimo de Carlos Díaz Loyola (Licantén, 17 de outubro de 1894Santiago, 10 de setembro de 1968) foi um poeta chileno. É considerado um dos quatro grandes da poesia chilena, junto con Pablo Neruda, Vicente Huidobro e Gabriela Mistral.

Pablo de Rokha
Pablo de Rokha, circa 1944.
Nascimento 17 de outubro de 1894
Licantén
Morte 10 de setembro de 1968 (73 anos)
Santiago
Nacionalidade Chile chilena
Ocupação Poeta
Prêmios Prêmio Nacional de Literatura do Chile (1965)

Aos 73 anos de idade, Pablo de Rokha se suicidou com um tiro na boca, seguindo o destino de seu filho Pablo, morto meses antes, e de seu amigo Joaquín Edwards Bello.

PrêmiosEditar

Pablo de Rokha ganhou o Prêmio Nacional de Literatura do Chile em 1965.[1]

Referências