Palácio Valadares

O Palácio Valadares é um edifício de arquitectura nobre existente no Largo do Carmo, em Lisboa.

Palácio Valadares
Palácio Valadares
Tipo
Proprietário atual Estado Português
Função atual Desocupado
Património Nacional
DGPC 70058
SIPA 22146
Geografia
País Portugal Portugal
Cidade Lisboa
Coordenadas 38° 42' 42" N 9° 08' 25" O
Palácio Valadares está localizado em: Lisboa
Palácio Valadares
Geolocalização no mapa: Lisboa

Descrição editar

Foi aqui, no local do Palácio Valadares que D. Dinis, a 1 de Março de 1290, mandou instalar a primeira casa da Universidade de Lisboa, com o nome de Estudo Geral. Até ao final do séc. XIII, os alunos que queriam fazer estudos superiores tinham que ir para Universidades estrangeiras, como por exemplo Salamanca. A par das escolas monásticas que funcionavam no Mosteiro de Alcobaça e no Mosteiro de Santa Cruz, importantes centros de cultura, Portugal tinha agora uma Escola aberta a todos que a quisessem frequentar, e não apenas a clérigos, uma Escola laica. Aí estudavam-se principalmente Leis (Direito) e Medicina.

Segundo certas fontes, o primeiro palácio que existiu no local foi mandado construir no século XV por D. Pedro de Menezes, 1° Marquês e 3° Conde de Vila Real, sendo durante séculos à Casa Vila Real e, mais tarde, dos Valadares seus herdeiros. O facto que o acesso do elevador de Santa Justa se chame Travessa Dom Pedro de Menezes dá um certo peso a esta tese.

O palácio, na sua configuração actual, data do século XVIII e foi mandado construir pelo 3.º conde de Valadares, D. Miguel Luis de Menezes. Contudo, este palácio veio a ruir com o terramoto de 1755.

Reedificado integralmente, sofreu um incêndio em 1798, pelo que os seus proprietários só temporariamente o habitaram.

Reconstruído mais uma vez, no início do século XIX foi sede da Assembleia Lisbonense e até finais do século aqui esteve instalado o Clube Lisbonense.

No início do século XX aqui começou a funcionar o Liceu Nacional do Carmo e de 1911 a 1933 o Liceu Feminino D. Maria Amália Vaz de Carvalho.

Funcionou como Escola Secundária Veiga Beirão de 1941 até 1996 e Escola EB 2/3 Fernão Lopes até 2004. Desde então que o edifício está vazio, sendo que a Parque Escolar requalificou-o quando já lá não havia aulas há cinco anos. Em 2017, a propriedade do Palácio vai ser transferida para a Direção Geral do Tesouro para que possa ser alienado.[1]

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Palácio Valadares

Referências