Palmiro Togliatti

Palmiro Togliatti
Nascimento 26 de março de 1893
Gênova
Morte 21 de agosto de 1964 (71 anos)
Ialta
Sepultamento Campo di Verano
Cidadania Itália, União Soviética, Reino de Itália
Progenitores Pai:Antonio Togliatti
Cônjuge Rita Montagnana
Irmão(s) Eugenio Giuseppe Togliatti
Alma mater Universidade de Turim
Ocupação político, filósofo
Religião ateísmo
Causa da morte hemorragia intracerebral
Assinatura
Togliatti Signature.png

Palmiro Togliatti (Gênova, 26 de março de 1893Ialta, 21 de agosto de 1964) foi um político e dirigente do Partido Comunista da Itália e líder do Partido Comunista Italiano de 1927 até sua morte. Ele foi apelidado de Il Migliore ("O Melhor") por seus apoiadores. Em 1930 tornou-se cidadão da União Soviética  e mais tarde teve uma cidade naquele país com o seu nome: Tolyatti.[1]

Togliatti foi membro fundador do Partido Comunista da Itália (Partito Comunista d'Italia, PCd'I) e, de 1927 até sua morte, foi o Secretário e o líder indiscutível do Partido Comunista Italiano, exceto no período de 1934 a 1938, durante o qual atuou como representante do Comintern, a organização internacional dos partidos comunistas. Após a dissolução do Comintern em 1943 e a formação do Cominform em 1947, ele recusou o cargo de Secretário Geral, oferecido a ele diretamente por Stalin em 1951, preferindo permanecer à frente do PCI.[2]

De 1944 a 1945, Togliatti ocupou o cargo de vice-primeiro-ministro e de 1945 a 1946 foi nomeado ministro da Justiça nos governos que governaram a Itália após a queda do fascismo. Ele também foi membro da Assembleia Constituinte da Itália.[3]

Togliatti sobreviveu a uma tentativa de assassinato em 1948 e morreu em 1964, durante um feriado na Crimeia, no Mar Negro.[4]

TrabalhosEditar

A coleção de obras em oito volumes em italiano, publicada pela Editori Riuniti, Roma.

  • Palmiro Togliatti Opere Vol. I, 1917–1926. Editado por Ernesto Ragionieri, 1967.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. II, 1926–1929. Editado por Ernesto Ragionieri.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. III, 1, 1929–1935. Editado por Ernesto Ragionieri, 1973.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. III, 2, 1929–1935. Editado por Ernesto Ragionieri, 1973.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. IV, 1, 1935–1944. Editado por Franco Andreucci & Paolo Spriano, 1979.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. IV, 2, 1935–1944. Editado por Franco Andreucci & Paolo Spriano, 1979.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. V, 1944–1955. Editado por Luciano Gruppi, 1984. ISBN  88-359-2736-6.
  • Palmiro Togliatti Opere Vol. VI, 1956–1964. Editado por Luciano Gruppi, 1984. ISBN 88-359-2778-1.

ReferênciasEditar

  1. Agarossi, Elena; Victor Zaslavsky (2011). Stalin e Togliatti: Itália e as origens da Guerra Fria . Stanford University Press
  2. Wilsford, David, ed. Líderes políticos da Europa Ocidental contemporânea: um dicionário biográfico (Greenwood, 1995) pp. 456-63
  3. MIELI, Renato. Togliatti 1937. Rizzoli: 1964.
  4. "Palmiro Togliatti" . Encyclopaedia Britannica . Edimburgo . Página visitada em 13 de janeiro de 2021


  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.