Abrir menu principal

Paolo Pileri (Terni, 31 de julho de 1944 –– Terni, 12 de fevereiro de 2007) foi um motociclista italiano campeão do mundo.[1]

Paolo Pileri
Nacionalidade Itália italiana
Data de Nascimento 31 de julho de 1944
Natural de Terni, Flag of Italy (1861-1946) crowned.svg Itália
Data de Falecimento 12 de fevereiro de 2007 (62 anos)
Local do Falecimento Terni,  Itália
Registros no MotoGP
Títulos 1 nas 125cc (1975)
Largadas 33
Vitórias 8
Pódios 20
Pole positions 5
Voltas Rápidas 5
Pontos 280

Tendo nascido dentro do mundo do motocross, Pileri acabou mudando para a motovelocidade em 1971.[2] Correndo no mundial de motovelocidade entre os anos de 1973 e 1979, Pileri terminou a edição de 1975 das 125cc como o campeão após vencer sete corridas naquele ano –– o que lhe rendeu o título com três corridas ainda a serem disputadas ––, correndo pela equipe de fábrica da Morbidelli. Este título se tornou histórico por ser o primeiro título da Morbidelli, uma pequena fabricante italiana, o qual seria seria seguido de outras seis conquistas nos anos vindouros.[3]

Em 1976 chegou perto do título novamente, mas terminando em terceiro na tabela. Entre 1972 e 1979 também correu nas 250cc, mas obtendo apenas um 10° lugar como melhor resultado na tabela classificatória, em 1978, ano que também venceu sua única corrida na categoria, o GP da Bélgica; e entre 1977 e 1979 também correu nas 350cc.[1] Sua falta de sucesso em obter melhores resultados após seu título foi creditado por sua insistência em se dedicar a mais de uma categoria, embora fosse algo relativamente comum até então.[2]

Embora seja campeão do mundo, Pileri é mais conhecido como chefe de equipe, tendo guiado o piloto Loris Capirossi aos títulos das 125cc em 1990 e 1991 com uma Marlboro Pileri Honda, e é creditado pela descoberta de Valentino Rossi, que viria a se tornar um dos maiores pilotos da história dos mundiais, após dar a primeira chance a Rossi, então com 14 anos, numa moto de 125cc, em 1993.[2] Pileri também ficou conhecido por sua habilidade impar durante os testes das motos, e seu jeito cavalheiresco.[3]

Referências

  1. a b «Paolo Pileri's profile». Consultado em 3 de maio de 2019 
  2. a b c «Paolo Pileri dies». Consultado em 3 de maio de 2019 
  3. a b «Morbidelli: an Italian miracle and a first world title, 40 years ago». Consultado em 3 de maio de 2019 

Ligação externaEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.