Papoila da lembrança

flor artificial usada para comemorar ao pessoal militar que morreu na guerra

A papoula da lembrança é uma flor artificial que se usa desde 1921 para comemorar militares que morreram na guerra, e que representa uma papoila. Inspiradas no poema da Primeira Guerra Mundial "In Flanders Fields", e promovidas pela académica estadunidense Moina Michael, foram adoptadas pela primeira vez pela Legião Americana para comemorar os soldados estadunidenses mortos nessa guerra (1914–1918).[1][2][3][4] Depois foram adoptadas por grupos de veteranos militares em partes do Império Britânico.

Uma papoila da lembrança

Hoje em dia, utilizam-se principalmente no Reino Unido, Canadá, Austrália e Nova Zelândia para comemorar os seus homens e mulheres mortos em todos os conflitos. Ali, pequenas papoilas artificiais usam-se com frequência na roupa que conduz ao Dia da Lembrança/Dia do Armistício e as coroas de papoilas com frequência se colocam nos monumentos de guerra.[5] Na Austrália e Nova Zelândia, também se usam no Dia ANZAC. Usam-se também nos Estados Unidos, ainda que em quantidade menor.[6]

Referências

  1. Valdés, Aurelio (30 de novembro de 2013). «Las amapolas en las solapas de los británicos tienen un significado especial». One Magazine. Grupo Atenea. Consultado em 12 de março de 2018. Cópia arquivada em 13 de março de 2018 
  2. García, Saray. «El Día del Recuerdo o Poppy Day». Historia General. Consultado em 12 de março de 2018 
  3. Ortiz, Pablo (11 de novembro de 2017). «Remembrance Day: ¿De dónde viene la tradición de la "red poppy"?». NM Noticias. Consultado em 12 de março de 2018 
  4. «The story of the poppy» (em inglés). The Royal British Legion. Consultado em 12 de março de 2018 
  5. Rahman, Rema (9 de novembro de 2011). «Who, What, Why: Which countries wear poppies?» (em inglês). BBC. Consultado em 12 de março de 2018 
  6. «Legion Family flower of remembrance» (em inglês). The American Legion. 2 de julho de 2013. Consultado em 12 de março de 2018 
  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Remembrance poppy».