Abrir menu principal

Parada de Cunhos

freguesia de Vila Real, Portugal
Portugal Portugal Parada de Cunhos 
  Freguesia  
Bandeira de Parada de Cunhos
Bandeira
Brasão de armas de Parada de Cunhos
Brasão de armas
Localização no concelho de Vila Real
Localização no concelho de Vila Real
Parada de Cunhos está localizado em: Portugal Continental
Parada de Cunhos
Localização de Parada de Cunhos em Portugal
Coordenadas 41° 16' 26" N 7° 45' 50" O
País Portugal Portugal
Concelho Vila Real brasão.gif Vila Real
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Manuel Agostinho Claro Pimenta (PPD/PSD)
Área
- Total 7,04 km²
População (2011)
 - Total 1 939
    • Densidade 275,4 hab./km²
Código postal 5000–(471,472) Vila Real
Orago São Cristóvão

Parada de Cunhos é uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Real, de perfil semi-urbano,[1] com 7,04 km² de área[2] e 1 939 habitantes (2011[3]), situada na margem direita do Rio Corgo. Das 20 freguesias do concelho resultantes da reorganização administrativa de 2012/2013,[4] é a 17.ª em área, a 8.ª em população residente e a 5.ª em densidade populacional (275,4 hab/km²).

Inclui no seu território os seguintes lugares: Cabril, Fraga, Gaias, Granja, Parada de Cunhos (sede), Relvas, Ribeira, Silvela e Telheira/Fonte da Rainha.

É uma das freguesias periurbanas de Vila Real (confronta com a freguesia urbana de Vila Real). Nela se situa o Estádio Municipal do Monte da Forca.

População da freguesia de Parada de Cunhos (desde 1801)
1801

[5]

1849

[6]

1864

[7][8]

1878

[7][9]

1890

[7][10]

1900

[7][11]

1911

[7][12]

1920

[7][13]

1930

[7][14]

1940

[7][15]

1950

[7][16]

1960

[7]

1970

[17]

1981

[18]

1991

[19]

2001

[20]

2011

[3]

542 757 796 833 975 1 064 1 059 939 1 059 1 239 1 328 1 337 1 215 1 427 1 077 1 789 1 939
Distribuição da População por Grupos Etários em 2001 e 2011
Idade 0-14 15-24 25-64 > 65 0-14 15-24 25-64 > 65
2001 332 246 992 219 18,6% 13,8% 55,4% 12,2%
2011 303 258 1.108 270 15,6% 13,3% 57,1% 13,9%

HistóriaEditar

O primeiro documento escrito referente a Parada de Cunhos que se conhece data de 1128, consistindo numa doação de terras feita por D. Teresa à Ordem dos Templários, onde a terra surge referida como «Parade de Coinolos». Alguns autores referem ainda forais datados de 1202 (D. Sancho I) e 1256 (D. Afonso III), mas não é consensual que a Parada a que se referem seja esta. Seja como for, Parada de Cunhos perdeu o seu estatuto com a fundação de Vila Real (4 de Janeiro de 1289), sendo desde logo integrada no seu termo.[21]

Notas e Referências

  1. INE (1997) — "Tipologia Urbano/Rural (para fins estatísticos)".
  2. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 Arquivado em 9 de dezembro de 2013, no Wayback Machine. (ficheiro Excel zipado)
  3. a b INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  4. Diário da República, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I.
  5. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – "Os Recenseamentos da População Portuguesa de 1801 e 1849: Edição crítica, vol. I" (Censos 1801), p. 241 (ficheiro: p. 250).
  6. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – idem, vol. III (Censos 1849), p. 788 (ficheiro: p. 133).
  7. a b c d e f g h i j INE (1964) – "X Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes às 0 horas de 15 de Dezembro de 1960. Tomo I, volume I" (Censos 1960), p. 90 (ficheiro: p. 116).
  8. Estatística de Portugal (1868) – "População: Censo no 1.º de Janeiro 1864" (Censos 1864), p. 232 (ficheiro: p. 258).
  9. Estatística de Portugal (1881) – "População no 1.º de Janeiro 1878 (parte 2)" (Censos 1878), p. 331 (ficheiro: p. 143).
  10. Direcção da Estatística Geral e Comércio (1896) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1890. Volume I" (Censos 1890), p. 238 (ficheiro: p. 357).
  11. Direcção Geral da Estatística e dos Próprios Nacionais (1905) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1900 (Quarto recenseamento geral da população). Volume I" (Censos 1900), p. 248 (ficheiro: p. 258).
  12. Direcção Geral da Estatística (1913) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1911 (5.º Recenseamento Geral da População). Parte I" (Censos 1911), p. 228 (ficheiro: p. 267).
  13. Direcção Geral de Estatística (1923) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1920 (6.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1920), p. 178 (ficheiro: p. 229).
  14. Direcção Geral de Estatística (1933) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1930 (7.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1930), p. 190 (ficheiro: p. 192).
  15. INE (1945) – "VIII Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 12 de Dezembro de 1940. Volume XVIII: Distrito de Vila Real" (Censos 1940), p. 28 (ficheiro: p. 32).
  16. INE (1952) – "IX Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 15 de Dezembro de 1950. Tomo I" (Censos 1950), p. 238 (ficheiro: p. 240).
  17. INE (1975) – "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: População e Alojamento por lugares: distrito de Vila Real", p. 44. (Ficheiro: "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: continente e ilhas" (Censos 1970), p. 1028.)
  18. INE (1983) – "XII Recenseamento Geral da População, II Recenseamento Geral da Habitação: Resultados Definitivos: Distrito de Vila Real" (Censos 1981), p. 5 (ficheiro: p. 15).
  19. INE (1993) – "Censos 91: Resultados Definitivos – Região do Norte", p. 34 (ficheiro: p. 32).
  20. INE (2003) – "Censos 2001: Resultados definitivos: XIV Recenseamento Geral da População, IV Recenseamento Geral da Habitação: Norte", p. 27 (ficheiro: p. 130).
  21. Ribeiro Aires (2007) — História das Freguesias do Concelho de Vila Real. Vila Real: Maronesa. pp. 505 ss.

Ligações externasEditar