Abrir menu principal
Pênis com o anel fimósico atrás da glande.

Parafimose é a incapacidade de fazer o prepúcio voltar a recobrir a glande do pênis quando retraído.[1]

Trata-se de emergência urológica e, em casos mais graves, pode levar a gangrena ou auto-amputação da ponta do pênis.[2]

A parafimose é tratada com compressas geladas, de seguida compressão manual (comprime-se a glande para reduzir seu inchaço) ou, caso falhem, faz-se múltiplas punções no prepúcio com uma agulha hipodérmica para liberar o sangue. Se nem mesmo este método der resultado, recorre-se a uma postoplastia.[2]

Sintomas de parafimoseEditar

O principal sintoma de parafimose é o inchaço do pênis, em particular no prepúcio e na glande. Uma vez que existe pressão e inflamação, a parafimose pode provocar dor potencialmente severa e perda de cor na glande devido à diminuição de circulação sanguínea na região. Se não for tratada a tempo, a parafimose pode provocar a necrose do tecido da glande pela falta de circulação sanguínea e, por sua vez, promover o aparecimento de infecções.[3]

Referências

  1. «Parafimose, TuaSaúde.com». Consultado em 4 de setembro de 2009 
  2. a b «Parafimose, Bibliomed». Consultado em 4 de setembro de 2009 [ligação inativa]
  3. «Parafimose: causas, sintomas e tratamento - com fotos». onsalus.com.br. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.