Abrir menu principal
Question book-4.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Paraopeba (desambiguação).

Paraopeba é um município do estado de Minas Gerais, no Brasil.

Município de Paraopeba
Bandeira de Paraopeba
Brasão de Paraopeba
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1 de junho de 1912
Gentílico paraopebense
Lema Fides amor labor sic itvr ad astra
"Com força, Amor e Trabalho, assim Se Vai as estrelas"[1]
Padroeiro(a) Nossa Senhora do Carmo[2]
CEP 35774-000 a 35776-999[3]
Prefeito(a) José Valadares Bahia (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Paraopeba
Localização de Paraopeba em Minas Gerais
Paraopeba está localizado em: Brasil
Paraopeba
Localização de Paraopeba no Brasil
19° 16' 26" S 44° 24' 14" O19° 16' 26" S 44° 24' 14" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008 [4]
Microrregião Sete Lagoas IBGE/2008 [4]
Municípios limítrofes Araçaí, Caetanópolis, Cordisburgo, Curvelo, Fortunas de Minas, Inhaúma, Maravilhas, Papagaios, Sete Lagoas.
Distância até a capital 100 km
Características geográficas
Área 625,053 km² [5]
População 22 563 hab. Censo IBGE/2010
Densidade 36,1 hab./km²
Altitude 1245 a 741 m
Clima Tropical de Altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,767 alto PNUD/2000 [6]
PIB R$ 242 412,525 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 10 473,19 IBGE/2008[7]
Página oficial
Prefeitura www.paraopeba.mg.gov.br
Câmara www.paraopeba.cam.mg.gov.br

Índice

HistóriaEditar

Paroquia criada com o nome de Taboleiro Grande pela Lei 164, de 9 de março de 1840[8], sendo subordinado originalmente a Curvelo, sendo transferido posteriormente para o município de Sete Lagoas pela Lei 1.881, de 15 de julho de 1872[9], permanecendo até 1911, quando foi criado o município de Paraopeba, pela Lei 556, de 30 de agosto de 1911[10], possuindo os distritos de Vista Alegre (atual município de Cordisburgo), Araçá (atual município de Araçaí) e Cedro (atual município de Caetanópolis).

Sua população segundo o censo realizado pelo IBGE em 2010 é 22.563 habitantes.

Atualmente, essa cidade é a maior produtora nacional de quiabo e banana. Também é destaque o artesanato e a mineração, principalmente de ardósia.

EtimologiaEditar

O nome do município é uma referência ao Rio Paraopeba[11].

Filhos IlustresEditar

Como paraopebenses notórios no cenário da cultura brasileira, destacamos:

Referências

  1. http://www.uniaoparaopebense.xpg.com.br/bandeira_paraopeba.html
  2. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 9. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  3. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  4. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  8. «Lei n. 164 de 09 de março de 1840»  - Arquivo Público Mineiro
  9. «Lei n. 1.881 de 15 de julho de 1872»  - Arquivo Público Mineiro
  10. «LEI 556 de 30/08/1911 - Texto Atualizado»  - Assembleia Legislativa de Minas Gerais
  11. Paraopeba. História da cidade. Disponível em http://www.paraopeba.mg.gov.br/acidhist.htm. Acesso em 9 de fevereiro de 2013.

Ligações externasEditar