Abrir menu principal

Paris foi um power trio americano de rock formado em 1975 pelo guitarrista e vocalista Bob Welch, que acabara de sair do Fleetwood Mac, pelo baixista Glenn Cornick, ex-membro do Jethro Tull e pelo baterista Thom Mooney, que foram membro do Nazz, com Todd Rundgren.

HistóriaEditar

O grupo lançou dois álbuns para a Capitol Records, Paris e Big Towne, 2061, ambos de 1976. Após o primeiro álbum, Mooney foi substituído por Hunt Sales, que também tocara com Rundgren.

Inicialmente o som da banda era baseado no rock, mas, posteriormente, caminhou para o funk, e representou a diferenciação do trabalho de Welch em relação ao Fleetwood Mac. Cornick, então, deixou a banda e foi substituído pelo irmão de Hunt Sales, Tony Sales. Um terceiro álbum foi planejado, mas Hunt Sales adoeceu e, após o grupo não alcançar o sucesso comercial, o grupo se desfez em 1977.

Músicas do terceiro álbum da banda foram usadas para o primeiro álbum solo de Welch, French Kiss, e o contrato com a Capitol Records foi transformado num acordo para a carreira solo de Welch.[1]

Após o fim da banda, Welch teve uma carreira solo bem-sucedida. Os irmãos Sales trabalharam com Iggy Pop e, posteriormente, na banda Tin Machine, com David Bowie.[2] Cornick se mudou para os EUA, onde, depois de uma década de fora do negócio da música, ele voltou com sua banda Wild Turkey, na década de 1990.[3]

DiscografiaEditar

ReferênciasEditar

  1. «Bob Welch | Biography, Albums, Streaming Links | AllMusic». AllMusic. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  2. «Hunt Sales - Biography | Billboard». www.billboard.com. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  3. Sweeting, Adam (14 de setembro de 2014). «Glenn Cornick obituary». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 

Ligações externasEditar