Parque Estadual Nova Baden

unidade de conservação da natureza pertencente ao governo do estado de Minas Gerais

O Parque Estadual Nova Baden é uma unidade de conservação de proteção integral que se encontra no município de Lambari no estado de Minas Gerais, está inserido no bioma Mata Atlântica e é um parque aberto para visitação e pesquisa científica. O parque conta com atrativos turísticos como a exposição sobre a história do parque e da cidade e da fauna e flora, dentro da sede administrativa e centro de visitantes do parque, antigo casarão do doutor Américo Werneck, a cachoeira das Sete Quedas e três trilhas autoguiadas, Trilha dos Palmitos, Trilha dos Troncos e Trilha das Sete Quedas.

Parque Estadual Nova Baden
Categoria II da IUCN (Parque Nacional)
Parque Estadual Nova Baden
Trilha do Parque Estadual Nova Baden
Localização
País  Brasil
Estado  Minas Gerais
Região intermediária Pouso Alegre
Município Lambari
Dados
Área 214 ha
Criação 27 de setembro de 1994 (29 anos)
Visitantes 3 000[1]
Gestão IEF - MG
Sítio oficial Parque Estadual Nova Baden
Coordenadas 21° 56' 35.3" S 45° 19' 03.4" O
P. E. Nova Biden está localizado em: Brasil
P. E. Nova Biden

História

editar

A área do atual parque pertenceu ao doutor Américo Werneck, engenheiro, escritor e primeiro prefeito de Águas Virtuosas de Lambary, hoje Lambari, que morou na região no final do século XIX e começo do século XX. O prefeito é considerado um pioneiro ambiental que desenvolveu vários projetos de racionamento das estancias hidrominerais. Américo Werneck notou que a região do parque possuía muitas características similares a estância termal de Baden-Baden na Alemanha e dai surgiu o nome de Nova Baden a região do parque. Após desentendimentos políticos com o governo, Américo Werneck abandonou a região e nunca retornou, levando o Estado a se apropriar de suas terras e posteriormente transforma-las em áreas protegidas.[2][3]

Em 23 de setembro de 1974 foi criada a Reserva Biológica de Nova Biden pelo Decreto nº 16.580 e em 27 de setembro de 1994 a reserva foi convertida para parque estadual pelo Decreto nº 36.069, o parque foi aberto para visitação em 1995 e a partir de 2000 o parque passou a fazer parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, sendo gerido pelo Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais(IEF-MG).[4][5][6]

Atrativos turísticos

editar

Além do centro de visitantes e trilhas presentes no parque também é permitido a realização de atividades recreativas e piqueniques na área do centro de visitantes, sendo estás últimas duas atividades somente são permitidas sob orientação dos funcionários.[7]

Casarão

editar

Construído no século XIX no estilo colonial e ainda mantém suas características originais preservadas, foi a moradia de Américo Werneck. O casarão funciona como sede administrativa e centro de visitantes do parque, possui um auditório, exposição permanente, jardins e gramados. A exposição apresenta painéis ilustrativos e salas interativas, contendo fotos, mapas e textos sobre a fauna e flora da região e a história do parque e da cidade de Lambari.[2][5][6][8]

Trilha dos Palmitos

editar

É possível ver espécies florestais ameaçadas de extinção, incluindo o palmito-juçara, espécies florestais nativas e exóticas além de nascentes e cursos d'água, possui uma pracinha de descanso. A trilha tem cerca de 900 metros, leva em média 30 minutos e é considerada de grau de dificuldade baixo.[2][5]

Trilha dos Troncos

editar

É possível ver uma grande diversidade de flora exótica e nativa, apresenta cursos d'água e é possível ver a antiga estação ferroviária, é considerada uma trilha sinuosa devido aos troncos caídos que se tornam obstáculos. A trilha tem cerca de 1.850 metros, leva em média 40 minutos e é considerada de grau de dificuldade médio.[2][5]

Trilha das Sete Quedas

editar
 
Jequitibá-rosa (Cariniana legalis) no Parque Estadual Nova Baden

É possível ver uma grande diversidade de flora na trilha, incluindo uma jequitibá de mais de 300 anos, apresenta relevo íngreme e árvores de maior porte na parte mais baixa da encosta, uma pracinha para descanso e a cachoeira das sete quedas. A trilha tem cerca de 900 metros, leva em média 45 minutos e é considerada de grau de dificuldade médio.[2][5]

Projetos

editar

Vem passarinhar 2018

editar

Através de dados primários foram identificadas 20 espécies de aves no parque em 18 de novembro de 2018:[9][10]

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Parque Estadual Nova Baden

Referências

  1. Informação, PRODEMGE-Tecnologia da; ascom. «Instituto Estadual de Florestas - IEF - Conselho Consultivo do Parque Estadual Nova Baden toma posse em Lambari». www.ief.mg.gov.br. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  2. a b c d e «SENAC Minas Gerais - DescubraMinas». www.descubraminas.com.br. Consultado em 4 de outubro de 2020 
  3. «Parque Estadual de Nova Baden comemora 25 anos». agenciaminas.mg.gov.br. Consultado em 4 de outubro de 2020 
  4. «CNUC». sistemas.mma.gov.br. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  5. a b c d e «Instituto Estadual de Florestas - IEF - Parque Estadual de Nova Baden». www.ief.mg.gov.br. Consultado em 4 de outubro de 2020 
  6. a b Informação, PRODEMGE-Tecnologia da; ascom. «Instituto Estadual de Florestas - IEF - Conselho Consultivo do Parque Estadual Nova Baden toma posse em Lambari». www.ief.mg.gov.br. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  7. INSTITUTO ESTADUAL DE FLORESTAS (2018). «Portaria IEF Nº 100, de 14 de dezembro de 2018» (PDF). Consultado em 4 de outubro 2020 
  8. «Parque Estadual de Nova Baden | Estado de Minas Gerais». www.mg.gov.br. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  9. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome :4
  10. «Lista #vempassarinharMG | Nova Baden [vempassarinharMG] | listas de espécies». IEF. 16 de março de 2023. Consultado em 5 de outubro de 2020 
  Este artigo sobre uma Unidade de Conservação da Natureza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.