Partido Republicano Conservador

Partido Republicano Conservador
Líder Pinheiro Machado
Hermes da Fonseca
Fundação 1910
Dissolução 1930
Sede Rio de Janeiro
Ideologia Conservadorismo
Republicanismo
Federalismo
Espectro político Centro-direita

Política do Brasil
Partidos políticos
Eleições

Partido Republicano Conservador (PRC) foi um partido político brasileiro criado em outubro de 1910 com o objetivo de representar os ideais republicanos das elites agrárias de estados descontentes com a política do café-com-leite, que detinha o poder federal nas mãos dos estados de São Paulo e Minas Gerais, os dois maiores colégios eleitorais.

Seus principais representantes foram o senador pelo Rio Grande do Sul José Gomes Pinheiro Machado, o marechal Hermes da Fonseca, eleito presidente da República de 1910 a 1914, Estácio Coimbra, vice-presidente da República de 1922 a 1926, e João Pessoa, governador da Paraíba e candidato à Vice-Presidência da República pela Aliança Liberal, em 1930.

Tinha presença nacional, mas circundando colégios eleitorais menores, como o Rio Grande do Sul, Pernambuco, Paraíba e Ceará. A morte de Pinheiro Machado, seu principal artífice, em 1916, o fez perder muito de sua influência. Foi extinto durante a Revolução de 1930.

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.