Partido Republicano Conservador

Partido Republicano Conservador (PRC) foi um partido político brasileiro criado em outubro de 1910 com o objetivo de representar os ideais republicanos das elites agrárias de estados descontentes com a política do café-com-leite, que detinha o poder federal nas mãos dos estados de São Paulo e Minas Gerais, os dois maiores colégios eleitorais.

Partido Republicano Conservador
Líder Pinheiro Machado
Hermes da Fonseca
Fundação 1910
Dissolução 1930
Sede Rio de Janeiro
Ideologia Conservadorismo
Republicanismo
Federalismo
Espectro político Centro-direita

Política do Brasil
Partidos políticos
Eleições

Seus principais representantes foram o senador pelo Rio Grande do Sul José Gomes Pinheiro Machado, o marechal Hermes da Fonseca, eleito presidente da República de 1910 a 1914, e Estácio Coimbra, vice-presidente da República de 1922 a 1926.

Tinha presença nacional, mas circundando colégios eleitorais menores, como o Rio Grande do Sul, Pernambuco, Paraíba e Ceará. A morte de Pinheiro Machado, seu principal artífice, em 1916, o fez perder muito de sua influência. Foi extinto durante a Revolução de 1930.

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre a política do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.