Partido da Inovação do Japão

O Partido da Inovação do Japão (維新の党 (Ishin no Tō?)) foi um partido político japonês. Ele foi fundado em 22 de setembro de 2014, após a fusão do Partido de Restauração do Japão, liderado por Tōru Hashimoto, e do Partido da Unidade, liderado por Kenji Eda. Em 27 de março de 2016, o partido se fundiu com o Partido Democrata do Japão e a Visão de Reforma para formar o Partido Democrata (em japonês: Minshintō).

HistóriaEditar

Quando foi fundado, o Partido da Inovação do Japão foi liderado por Kenji Eda e o prefeito da cidade de Osaka, Tōru Hashimoto. Em dezembro de 2014, Hashimoto renunciou ao cargo para se concentrar nas eleições municipais programadas para a primavera de 2015. Eda, então, permaneceu como único líder do partido.[1]

Após a derrota no plano de tornar Osaka em uma metrópoles, durante um referendo municipal realizado em maio de 2015, Eda renunciou como líder. Para ocupar seu cargo, o ex-membro do Partido Democrata do Japão Yorihisa Matsuno foi eleito.[2]

Em outubro de 2015, uma facção alinhada com Hashimoto se separou do partido para formar as Iniciativas de Osaka, atual Nippon Ishin no Kai.[3] Então, no final de outubro, outros quatro membros partiram depois de expressar insatisfação com a liderança de Matsuno; o grupo passou a formar a Visão de Reforma em dezembro de 2015.[4]

Em 24 de fevereiro de 2016, o Partido da Inovação do Japão, a Visão de Reforma e o Partido Democrático do Japão anunciaram um acordo para se fundir antes das eleições na Câmara Alta em julho de 2016.[5][6] Em 14 de março do mesmo ano, o nome japonês do novo partido foi anunciado como Minshintō, tendo sido a escolha mais popular de dois nomes possíveis entre os eleitores.[7][8] Em 27 de março, os três partidos citados e vários outros partidos menores se fundiram para formar o novo Partido Democrata.[9]

Referências

  1. Yoshida, Reiji (23 de dezembro de 2014). «Hashimoto quits Ishin leadership». Japan Times (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2016 
  2. «Opposition Innovation Party elects Matsuno as new leader». 19 de maio de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 20 de maio de 2015 
  3. «Osaka Mayor Toru Hashimoto's new party debuts» (em inglês). 31 de outubro de 2015. Consultado em 14 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de julho de 2018 
  4. «Ex-Japan Innovation Party members form new party» (em inglês). 21 de dezembro de 2015. Consultado em 13 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 6 de janeiro de 2016 
  5. Osaki, Tomohiro (24 de fevereiro de 2016). «DPJ endorses merger with Ishin no To; new party to form next month». Japan Times (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2019 
  6. «Archived copy» (em inglês). Consultado em 17 de março de 2016. Arquivado do original em 15 de março de 2016 
  7. «Archived copy» (em inglês). Consultado em 14 de março de 2016. Arquivado do original em 14 de março de 2016 
  8. Yoshida, Reiji (14 de março de 2016). «Introducing Minshin To, Japan's new main opposition force» (em inglês). The Japan Times. Consultado em 26 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 16 de junho de 2019 
  9. «New opposition party launched with merger of DPJ, smaller party» (em inglês). 27 de março de 2016. Arquivado do original em 27 de março de 2016