Abrir menu principal

Passagens da Antiguidade ao Feudalismo

Passagens da Antiguidade ao Feudalismo (em língua inglesa Passages From Antiquity to Feudalism) é um livro em forma de ensaio do historiador marxista britânico Perry Anderson, lançado em 1974.

O livro trata das razões para a queda final do sistema imperial romano, que levou a Antiguidade ao seu fim, evidenciando as diferenças a Europa Ocidental e a Europa Oriental. As análises de Anderson abrangem desde a Antiguidade Clássica, onde o sistema escravista é abordado, até o sistema socioeconômico desenvolvido na Europa Oriental, geralmente deixado de lado pela historiografia europeia.[1][2]

O autor considera o final do Império Romano uma combinação de causas internas e externas.[3]

Referências

  1. «Perry Anderson mergulha na transição da Antiguidade clássica para a Idade Média e explora as raízes do capitalismo». Jornal Dia Dia. Consultado em 14 de abril de 2016 
  2. ANDERSON, Perry. Passagens da Antiguidade ao Feudalismo. 5ª ed. Trad. Beatriz Sidou. São Paulo: Brasiliense, 2004.
  3. Marcos Emílio Ekman Faber (Julho de 2010). «O Nascimento da Idade Média a Partir da Análise Comparativa das Obras de Perry Anderson e Edwrd Gibbon» (PDF). Revista Historiador Especial Número 1, Ano 3. Consultado em 14 de abril de 2016