Pastor (ministro cristão)

Ministro do Evangelho (Cristianismo) e Dirigente da Igreja Cristã
(Redirecionado de Pastor (religião))
 Nota: Para outros significados, veja Pastor (desambiguação).

Pastor ou Ministro do Evangelho são os títulos atribuídos ao ministro religioso no Cristianismo, em sua maioria no Protestantismo.

História Editar

 
Pastor Martin Luther King Jr.

Dependendo da posição e da denominação, o ministro religioso pode ser chamado de pastor, reverendo, missionário, bispo, diácono (embora em algumas igrejas essa posição não seja de ministro), ancião e, recentemente, apóstolo. O rito de investidura do pastor é chamado ordenação ou consagração.[1]

De acordo com o apóstolo Paulo, uma Igreja Local poderia ser dirigida por uma equipe de pastores.[2]

Dependendo do ramo da Igreja, a função do pastor é desempenhada pelo presbítero ou bispo. Há situações no Novo Testamento onde esses termos parecem ser sinônimos.[3]

Nos países de língua inglesa é normal referir-se aos párocos católicos romanos como pastor.

A função do pastor Editar

No geral, é dever do pastor dirigir a Igreja Local e cuidar de suas necessidades espirituais.[1] Em Atos 20:28–31, estão discriminadas algumas atribuições específicas do pastor, tais como: apascentar a Igreja, refutar heresias doutrinárias e exercer vigilância contra pretensos opositores.

A figura do pastor é primordial para que a Igreja alcance seus propósitos, devendo o mesmo ter como modelo o próprio Jesus Cristo, qualificado como "o Bom Pastor".[4]

Em sua primeira epístola universal, o apóstolo Pedro identificou Jesus Cristo como sendo o "Sumo Pastor" da Igreja Cristã.[5]

Cristianismo evangélico Editar

No Cristianismo evangélico, a formação de pastores ocorre em um instituto de teologia evangélica por um período de um ano (certificado) a quatro anos (licenciatura ou a mestrado) em teologia evangélica.[6] A consagração pastoral é geralmente feita pela igreja local, que o coloca como o principal intérprete da Bíblia.[7] Pastores podem se casar e ter filhos.[8]

Referências

  1. a b Erwin Fahlbusch, Geoffrey William Bromiley, The Encyclopedia of Christianity, Volume 4, Wm. B. Eerdmans Publishing, USA, 2005, p. 63
  2. confira: Atos, 20.28; Filipenses 1.1
  3. ver: Atos 20.17,28; I Timóteo 3.1,5; e Tito 1.5,7
  4. ver: João 10:11–14; I Pedro 2:25; I Pedro 5:2–4
  5. ver: I Pedro 5:4
  6. Michel Deneken, Francis Messner, Frank Alvarez-Pereyre, La théologie à l'Université: statut, programmes et évolutions, Editions Labor et Fides, Genève, 2009, p. 61
  7. Sébastien Fath, Une autre manière d'être chrétien en France: socio-histoire de l'implantation baptiste, 1810-1950, Editions Labor et Fides, Genève, 2001, p. 582
  8. Sébastien Fath, Du ghetto au réseau: Le protestantisme évangélique en France, 1800-2005, Édition Labor et Fides, Genève, 2005, p. 55
 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Pastor