Abrir menu principal
Reprodução do diploma de membro do Colégio de Patafísica de Boris Vian.

A patafísica, definida como a "ciência das soluções imaginárias e das leis que regulam as exceções," [1] foi criada pelo dramaturgo francês Alfred Jarry, escritor, morto em 1907, autor de obras como Ubu Rei e Dr Faustroll.

Frequentemente se expressa por meio de uma linguagem aparentemente nonsense, resultando em um modo pessoal e anárquico de explicar o absurdo da existência.[2]

A 'patafísica teria por missão explorar os campos negligenciados pela física e metafísica. O grupo tinha um pai espiritual e reunia o barão Mollet (amigo de Jarry e de Guillaume Apollinaire), Michel Leiris, Eugène Ionesco, Pascal Pia, Jacques Prévert.

EtimologiaEditar

Literalmente ’Patafísica (contração do grego antigo ἐπὶ τὰ μετὰ τὰ φυσικά - epì tà metà tà phusiká) significa "o que está acima do que está além da física"; ("o que está além da física" designando a metafísica). Além disso, Jarry indica que o apóstrofo,[3] que precede o nome, serve para evitar o que seria um "trocadilho fácil" (em francês),[4] e faz remontar essa ciência a Ibícrates, o geômetra, e a Sofrotatos, o armênio.

Colégio de 'PatafísicaEditar

O Colégio de ’Patafísica, fundado em 1948, publica uma revista, Viridis Candela, na qual apareceram, entre outros, os primeiros textos de Ionesco, vários textos inéditos de Boris Vian, Jarry e Julien Torma, bem como os primeiros trabalhos do grupo Oulipo. Marcel Duchamp também foi "sátrapa" do Collégio de 'Patafísica, em 1953.

Gilles Deleuze (sobretudo em Critique et clinique et L’Île Déserte) desenvolve a ideia de que ao criar a patafísica, Jarry abriu caminho para a fenomenologia.

Referências

  1. Gestes et opinions du docteur Faustroll, pataphysicien, Livre II, chapitre VIII
  2. Dal Dizionario dello Spettacolo del '900[ligação inativa]
  3. Sobre o problema do apóstrofo, ver Faculté Uqacienne de ’Pataphysique Arquivado em 16 de fevereiro de 2009, no Wayback Machine.. O apóstrofo seria o « é » de épatafísica.
  4. cf.Alfred Jarry, Gestes et opinions du docteur Faustroll, pataphysicien, Gallimard, 1980, Livre II Éléments de ’pataphysique, Définition VIII, p. 31.

Ligações externasEditar