Abrir menu principal

Paterno de Braga

Bispo de Braga
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Paterno.
Paterno
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Braga
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 388[2]
Dados pessoais
Nascimento Bracara Augusta[3]
????
Morte Bracara Augusta
24 de março de 407[1]
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Paterno (em latim: Paternus ? - 24 de março de 407) foi um prelado da Galécia, que se tornou bispo de Braga. É o mais antigo dos bispos de Braga dos quais existe comprovação histórica da sua existência.

BiografiaEditar

Nasceu na Galécia, filho de pais cristãos, ricos e nobres. Estudou letras e humanidades.[3] Era amigo de Ambrósio, bispo de Milão e de Símaco, que fazia parte do senado.[4] Foi nomeado bispo de Braga pelo priscilianistas, tal como outros bispos da região[3][5], entre 387 e 388. Seu nome seria confirmado no Concílio de Toledo de 400, quando renunciou ao priscilianismo.[5][6] Fez realizar concílio em Águas Celenas.[3][7]

Em 405, preside um concílio nacional em Toledo, em que condena o priscilianismo, ainda muito presente na região.[1] Durante este concílio, o bispo de Ravena, Exuperâncio, tentou obter a primazia da Itália sobre a Diocese de Milão. Dessa forma, decretou-se que o bispo de Braga, presidindo o concílio, era o primaz das Hespanhas.[1][7]

Veio a falecer durante a prelazia, provavelmente em 24 de março de 407.[1]

Referências

  1. a b c d Aranha, pág. 277
  2. Avelino de Jesus da Costa. «Nota a Propósito da Reedição da História Eclesiástica de Portugal» (PDF). Universidade Católica Portuguesa 
  3. a b c d Aranha, pág. 276
  4. da Cunha, pág. 219
  5. a b da Cunha, pág. 220
  6. Contador de Argote, pág. 220
  7. a b da Cunha, pág. 223

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar