Patrício Bisso

jornalista, ator, figurinista e cenógrafo de cinema e teatro argentino-brasileiro
Patrício Bisso
Nome completo Patricio César Bisso
Nascimento 1 de janeiro de 1957
Buenos Aires
Morte 14 de outubro de 2019 (62 anos)
Buenos Aires
Ocupação Ator

Patricio César Bisso (Buenos Aires, 1 de janeiro de 1957 [1] - Buenos Aires, 14 de outubro de 2019 [2] ) foi um jornalista, ator, figurinista e cenógrafo de cinema e teatro argentino. Foi uma personalidade significativa na cena brasileira, especialmente durante a década de 1980.[3]

Aos 17 anos mudou-se para São Paulo,[4] onde começou a trabalhar inicialmente como ilustrador mas, logo em 1974, ainda menor de idade, como ator de teatro [3] e performer, maquiador, figurinista de cinema, cenógrafo e finalmente como one-man show, interpretando personagens cômicos, muitas vezes travestido. Seu principal trabalho como figurinista foi no filme O Beijo da Mulher Aranha, em que também trabalhou como ator. Seu principal personagem é Olga del Volga, uma sexóloga russa que dá conselhos hilários, que apareceu na telenovela Um sonho a mais e num filme próprio.

Além de atuar em vários filmes e espetáculos teatrais, escrevia uma coluna no jornal Folha de S.Paulo.[5]

MorteEditar

Patricio Bisso morreu aos 62 anos, vítima de um infarto fulminante.[6][7][8]

No cinemaEditar

Como atorEditar

No teatroEditar

Como autorEditar

  • Castronauts, or How I Killed Fidel, [12] com Bobby Houston.

Como figurinistaEditar

  • 1991 - Naked Tango
  • 1987 - Brasa Adormecida
  • 1985 - O Beijo da Mulher Aranha

Na televisãoEditar

1983-84 - Abril Vídeo (TV Gazeta), dentro do programa São Paulo na TV, como Olga del Volga.

Como atorEditar

  • 1985 - Um Sonho a Mais .... Olga del Volga
  • 1987- Hebe .... Olga del Volga
  • 1993 - Retrato de Mulher - Episódio "Era Uma Vez Dulcinéia"

Como ilustradorEditar

  • 1999 - Participação no projeto A imagem do som de Chico Buarque,de Felipe Taborda, com a ilustração da letra Bom Conselho.

Referências

  1. Patricio Bisso (em inglês) no web site Biographies.
  2. [1]
  3. a b c WASILEWSKI, Luís Francisco. Isto é Besteirol: O Teatro de Vicente Pereira. Coleção Aplauso. São Paulo: Imprensa Oficial, 2010, pp. 16-17, 37
  4. 'Castronauts' opens tonight at NYMF. Broadway World, 16 de setembro de 2008.
  5. Coluna na FSP
  6. «Opinião: Multiartista Patricio Bisso era ferino, bocudo, inteligente e culto». Folha de S.Paulo. 14 de outubro de 2019. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  7. «Morre o artista argentino Patricio Bisso, aos 62 anos». amauryjr.blog.bol.uol.com.br. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  8. «Morre o ator que quase fez Hebe ser tirada do ar por censura». Terra. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  9. Cinemateca Brasileira, O Beijo da Mulher Aranha [em linha]
  10. Cineminha. Olga del Volga (2004)
  11. SILVA NETO, Antonio Leão da Astros e Estrelas do Cinema Brasileiro. Verbete: Bisso, Patrício, p. 62
  12. «5th annual New York Musical Theatre Festival, setembro de 2008». Consultado em 29 de março de 2013. Arquivado do original em 12 de outubro de 2008 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.