Abrir menu principal

Wikipédia β

Paulo Alexandre Nascimento Cafôfo (Santa Luzia, Funchal, 18 de maio de 1971) é um professor de História e político português. É o atual presidente da Câmara Municipal do Funchal, desde 2013.[1] Nas eleições autárquicas desse ano, concorreu como cabeça-de-lista independente numa coligação que reunia seis partidos: Partido Socialista, Bloco de Esquerda, Nova Democracia, Partido da Terra, Partido Trabalhista e Partido pelos Animais e Natureza.[2][3] Nas autárquicas seguintes, em 2017, foi reeleito ao cargo, concorrendo desta vez numa nova coligação que reunia PS, BE, Juntos Pelo Povo, Partido Democrático Republicano e Nós, Cidadãos!.[4][5][6][7]

Paulo Cafôfo
Paulo Alexandre Nascimento Cafôfo
Paulo Cafôfo
Presidente da Câmara Municipal do Funchal FNC.png
Período 21 de outubro de 2013
até à atualidade
Antecessor(a) Miguel Albuquerque
Dados pessoais
Nascimento 18 de maio de 1971 (46 anos)
Santa Luzia, Funchal
Madeira, Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Partido Sem filiação partidária
Profissão Professor

Índice

BiografiaEditar

Paulo Cafôfo nasceu no Funchal em maio de 1971, na freguesia de Santa Luzia. Tem dois filhos.[8]

Formação académicaEditar

Paulo Cafôfo iniciou o seu percurso académico no Convento de Santa Clara, passando depois pelo colégio de Santa Teresinha, Salesianos e APEL.[9] Seguiu as pisadas da mãe, professora, e licenciou-se em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Tornou-se professor de História e exerceu docência em várias escolas da Região Autónoma da Madeira, a par de diversos cargos de direção nos Conselhos Executivos e Pedagógicos.

Percurso profissionalEditar

O seu conceito de cidadania participativa fê-lo intervir ativamente e assumir vários cargos em diversas organizações. Foi dirigente do Sindicato dos Professores da Madeira e foi aí que se tornou conhecido no meio político.[9] Foi Secretário-Nacional e Conselheiro-Nacional da FENPROF. Pertenceu aos órgãos sociais da ARCHAIS (Associação de Arqueologia e Defesa do Património da Madeira), nomeadamente enquanto membro da Direção e Presidente do Conselho Fiscal. Mais recentemente, foi vice-presidente e coordenador da área de Política do Laboratório de Ideias da Madeira, estrutura que desenvolveu uma série de debates com diversas personalidades, tendo em vista as várias áreas da governação Regional e Local.

Percurso políticoEditar

Paulo Cafôfo entrou na política quando foi convidado a encabeçar a Coligação Mudança ao município do Funchal nas eleições autárquicas de 2013. A coligação integrava o Partido Socialista (PS), o Bloco de Esquerda (BE), a Nova Democracia (PND), o Partido da Terra (MPT), o Partido Trabalhista (PTP) e o Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN; entretanto renomeado Pessoas-Animais-Natureza). Cafôfo foi indicado e convidado pelo Partido Socialista, o principal partido da coligação, apesar de não ter filiação partidária.

Foi eleito presidente da Câmara Municipal do Funchal no dia 29 de setembro e tomou posse a 21 de outubro, tornando-se no primeiro presidente deste município a não ser eleito pelo PSD desde a Revolução dos Cravos e a Constituição de 1976. Pôs fim a quase 40 anos de maiorias absolutas do PSD no executivo camarário funchalense.[9]

O seu primeiro mandato ficou marcado pela dissidência e demissão da sua vice-presidente, dois outros vereadores e a presidente da assembleia municipal, assim como a perda do apoio do PND e do PTP, isto tudo depois de ter retirado os pelouros ao vereador do PND, Gil Canha.[10][11] No plano económico e das iniciativas, neste mandato houve uma redução da dívida da câmara (a mais baixa em 15 anos),[12][13] a realização do primeiro Orçamento Participativo na Região Autónoma da Madeira,[14] a criação da Loja do Munícipe do Funchal,[15] a reabertura do Complexo Balnear do Lido,[16] que tinha sido destruído na aluvião de 20 de fevereiro de 2010,[17] e a definição da reabilitação urbana como o desafio da década para a cidade.[18]

Em 2017, recandidatou-se à presidência do Funchal numa nova coligação intitulada Confiança, de novo constituída pelo PS e BE, mas desta vez com novos parceiros minoritários: Juntos Pelo Povo, Partido Democrático Republicano e Nós, Cidadãos!.[19] Foi reeleito a 1 de outubro desse ano e tomou posse dia 20 do mesmo mês.[20]

No decurso da sua atividade política, presidiu igualmente à AMRAM - Associação de Municípios da Região Autónoma da Madeira e à CMU - Confederação dos Municípios Ultraperiféricos.

Referências

  1. «Câmara Municipal do Funchal - Presidente». Município do Funchal 
  2. Nóbrega, Tolentino de (21 de outubro de 2013). «Madeira. Paulo Cafôfo abre "a primavera da cidadania" no Funchal». Público 
  3. «Autárquicas 2013 - Resultados». Ministério da Administração Interna. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  4. «Confiança vence Funchal com maioria absoluta». Diário de Notícias da Madeira. 2 de outubro de 2017 
  5. «Paulo Cafôfo inclui na coligação PDR e NÓS Cidadãos». RTP Notícias. 11 de abril de 2017 
  6. Berenguer, Márcio (20 de março de 2017). «Madeira. O "derby" autárquico no Funchal vai ser Rubina Leal vs. Paulo Cafôfo». Público 
  7. «Autárquicas 2017 - Resultados». Ministério da Administração Interna. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  8. «Biografia de Paulo Cafôfo». Coligação Confiança Funchal. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  9. a b c «Paulo Cafôfo: Quem é o homem por detrás da máscara». Jornal de Negócios. 14 de agosto de 2016 
  10. Nóbrega, Tolentino de (16 de maio de 2014). «Madeira. Três vereadores executivos da câmara do Funchal renunciaram ao mandato». Público 
  11. Nóbrega, Tolentino de (14 de maio de 2014). «Madeira. Recusa de pelouros põe em risco coligação Mudança na Câmara do Funchal». Público 
  12. «Autárquicas: Paulo Cafôfo promete requalificar o Funchal "do mar à serra" à frente da coligação Confiança». Diário de Notícias. 25 de abril de 2017 
  13. «Autarquia do Funchal desce IMI para taxa mínima em 2017». TVI24. 22 de setembro de 2016 
  14. «Orçamento Participativo em votação até fim do mês». Diário de Notícias da Madeira. 1 de junho de 2017 
  15. «Paulo Cafôfo e António Costa inauguraram Loja do Munícipe do Funchal». Diário de Notícias da Madeira. 28 de março de 2017 
  16. Toledo, João (23 de março de 2017). «Lido teve 190 mil visitas no primeiro ano e terá um Centro Azul – Tribuna da Madeira». Tribuna da Madeira. Consultado em 12 de julho de 2017 
  17. «Ex-líbris do Funchal ganha nova vida». Jornal Expresso 
  18. Silva, Miguel (22 de abril de 2017). «CMF anuncia mais benefícios para a reabilitação urbana». Diário de Notícias da Madeira 
  19. «Autárquicas - Paulo Cafôfo concorre ao Funchal com nova coligação». Diário de Notícias. 11 de abril de 2017 
  20. «Veja as fotos da tomada de posse de Paulo Cafôfo». Diário de Notícias da Madeira. 20 de outubro de 2017 


Precedido por
Miguel Albuquerque
Presidente da Câmara Municipal do Funchal
2013 – presente
Sucedido por
-