Paulo Castelli

ator brasileiro

Paulo Castelli Greven (Porto Alegre, 8 de outubro de 1956) é um psicólogo e ex-ator brasileiro. É filho da atriz Maria Luiza Castelli.[carece de fontes?]

Paulo Castelli
Nome completo Paulo Castelli Greven
Nascimento 8 de outubro de 1956 (66 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileiro
Ocupação psicólogo
Atividade 1967–1990

CarreiraEditar

Vivendo em São Paulo desde pequeno, ainda garoto, acompanhava a mãe na TV Tupi, onde posteriormente, fez seus primeiros trabalhos.[carece de fontes?] Estreou na novela O Pequeno Lord em 1967. Em 1978, fez o filme Pecado sem Nome. No mesmo ano atuou nos filmes Bem Dotado - O Homem de Itu e Os Imorais. Em 1979, na TV Tupi, fez a novela Gaivotas. Com o encerramento da emissora, foi para a TV Bandeirantes e participou das novelas Um Homem muito Especial e Os imigrantes. A seguir, fez na TV Cultura O Pátio das Donzelas e Casa de Pensão. No SBT, atuou em A Força do Amor, A Leoa e A Justiça de Deus. Em 1983, atuou em Voltei Pra Você, na Rede Globo. Em 1984, trabalhou nas minisséries Viver a Vida e Tudo em Cima, na TV Manchete. Em 1985, protagonizou o filme Além da Paixão ao lado de Regina Duarte. Na televisão, atuou ainda nas novelas da Rede Globo Tititi, Roda de Fogo, Bambolê e Vida Nova. Em 1989, estrelou o filme Jorge, um brasileiro e, no mesmo ano, participou na TV Manchete da novela Kananga do Japão.[carece de fontes?]

Em 1990, apesar do sucesso como ator, Paulo decidiu deixar a carreira para formar-se como psicólogo. Em 1998 abriu um hotel para idosos no bairro nobre de Alphaville, na Grande São Paulo para cuidar de pacientes com problemas psicológicos.[1]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

CinemaEditar

Referências

  1. Lopes, Fernanda (12 de setembro de 2017). «Ex-galã, ator que enciumou Roberto Carlos vira psicólogo e cuida de idosos». Notícias da TV. Consultado em 6 de novembro de 2022 

Ligações externasEditar