Paulo Mandlate

Paulo Mandlate SSS (província de Gaza, 4 de fevereiro de 1934 – Maputo, 21 de agosto de 2019) foi um prelado moçambicano da Igreja Católica que serviu como Bispo de Tete de 1976 a 2009, tendo sido o primeiro negro a chefiar aquela diocese.[1]

Foi ordenado sacerdote pela Congregação do Santíssimo Sacramento em 6 de janeiro de 1968. Em 31 de maio de 1976 foi nomeado Bispo de Tete pelo Papa Paulo VI, tendo sido ordenado como tal em 26 de setembro desse ano.[2]

Aposentou-se como bispo em 18 de abril de 2009,[2] e morreu em Maputo em 21 de agosto de 2019 com a idade de 85 anos.[1]

Referências

  1. a b «President pays tribute to Bishop Emeritus of Tete, Dom Paulo Mandlate». Club of Mozambique. 28 de agosto de 2019. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  2. a b «Lutto nell'episcopato» (PDF). Osservatore Romano. 26–27 de agosto de 2019. p. 7. Consultado em 29 de agosto de 2019