Abrir menu principal

Paulo Midosi Júnior

Paulo Midosi

Paulo Midosi (1 de Dezembro de 182125 de Dezembro de 1888) foi um advogado e escritor português.

Ligado ao mundo do jornalismo, pois colaborou na Ilustração e ajudou a lançar o Diário de Notícias. Em 1846, além de compor a letra para o "Hino da Maria da Fonte", lançou também o jornal Revolução do Minho.

VidaEditar

Nasceu a 1 de Dezembro de 1821, no segundo andar do número 17 da Rua Garrett, no Chiado, em Lisboa, filho de Paulo Midosi, filho de um negociante romano que se estabeleceu em Portugal, e de Mariana Midosi, filha do industrial Leonardo Maria Jacobetti.[1]

Midosi é, talvez, mais conhecido por ter escrito os versos do "Hino da Maria da Fonte", em 1846, altura em que ainda estudava Direito na Universidade de Coimbra. A canção patriótica, musicada por Angelo Frondoni teve larga divulgação e que chegou a ser aceite, pela generalidade da população portuguesa, nos últimos tempos da Monarquia, quase como hino nacional.

Faleceu em 1888, aos 67 anos, de um cancro na face, agonizando nos últimos dias de vida.[1]

Referências

  1. a b Medeiros, João Jacinto Tavares de (21 de janeiro de 1889). «Paulo Midosi». O Occidente. XII (463). 18 páginas. Consultado em 22 de novembro de 2017 
  Este artigo sobre um advogado(a) ou jurista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.