Abrir menu principal

Paulo Sidnei Antunes

Paulo Sidnei Antunes
Replace this image male.png
Paulo Sidnei Antunes
Prefeito AraguaínaAraguaína
Período 1988-1989
1997-2001
Deputado federal  Tocantins
Período 1989-1991
Vice-governador  Tocantins
Período 1991-1995
2007-2009
Antecessor Darci Coelho
Raimundo Boi
Sucessor Raimundo Boi
Eduardo Machado
Deputado estadual  Tocantins
Período 2003-2007
Dados pessoais
Nascimento 4 de maio de 1957 (62 anos)
Inhumas, GO
Alma mater Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Partido PMDB, PPS
Profissão arquiteto, funcionário público
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo jornalista esportivo, veja Paulo Augusto Mansur Antunes.

Paulo Sidnei Antunes (Inhumas, 4 de maio de 1947) é um arquiteto, funcionário público e político brasileiro com atuação no Tocantins.[1][2]

BiografiaEditar

Filho de Manoel Antunes Filho e Julieta Candida Antunes. Arquiteto e Urbanista formado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás em 1978, foi Secretário de Planejamento e Secretário de Viação e Obras em Inhumas (1977-1981) onde foi vice-presidente do PMDB. Em Goiânia coordenou o setor de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Planejamento e foi superintendente do Instituto de Desenvolvimento Urbano, deixando este cargo para assumir a prefeitura de Araguaína no posto de interventor.[1] Com a criação do Tocantins, elegeu-se deputado federal em 1988 e vice-governador do estado na chapa de Moisés Avelino em 1990. Derrotado na eleição para senador em 1994, foi eleito prefeito de Araguaína em 1996 e deputado estadual em 2002.[2]

Filiado ao PPS, foi eleito vice-governador do Tocantins em 2006 na chapa de Marcelo Miranda sendo cassado em 8 de setembro de 2009 pelo TSE por abuso do poder econômico.[3] No lugar do governador e do vice-governador foram eleitos Carlos Henrique Gaguim e Eduardo Machado, respectivamente.

Referências

  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.