Peônio (ritmo)

Peônio é uma unidade rítmica composta utilizada em poemas.

Compõe-se de três sílabas breves (átonas) e uma longa (tônica), podendo a sílaba tônica apresentar-se em qualquer posição.[1]

De acordo com a posição da sílaba tônica, o peônio classifica-se como:[2]

  1. peônio de primeira (— ∪ ∪ ∪);
  2. peônio de segunda (∪ — ∪ ∪);
  3. peônio de terceira (∪ ∪ — ∪);
  4. peônio de quarta (∪ ∪ ∪ —).

O peônio de quarta tem utilização comum nos versos decassílabos (tanto heróicos quanto sáficos) e nos dodecassílabos.

Ver tambémEditar

 Ver artigo principal: Ritmo no poema

Referências

  1. CAMPOS, Geir. Pequeno dicionário de arte poética. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1960.
  2. Pés básicos e pés compostos