Pedra fadada

A pedra fadada é uma pedra lendária da mitologia portuguesa ou galaico-portuguesa. Segundo ela, a pedra fadada foi a pedra que Catelo escolheu como assento ou trono para fazer justiça, ter audiências com os seus vassalos e julgar as causas da sua cidade na Hispânia. "E esta pedra vieram a ter como fadada, para perpetuar o seu nome escoto onde ela permanecesse."

Segundo a lenda Simão Brecho teria levado a pedra para a Hibérnia, depois o seu filho Fergusio levou-a para a Escócia e mais tarde para Albion (hoje Grã-Bretanha mas neste caso, tal como em outros, é a Inglaterra). Ela assim conta: "Daí para diante, todos os reis da Escócia que sucederam a Fergúzio, o primeiro rei dela, se sentavam, na solenidade da sua coroação, na pedra fadada, fundando naquela superstição a estabilidade do seu reino.[1]"

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  Este artigo sobre Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.