Abrir menu principal

Pedro de Castro, 3.º Conde de Monsanto

Armas de Castro conde de Monsanto, in Livro do Armeiro-Mor (fl 49r) (1509)

D. Pedro de Castro (c. 1460 - 5 de Fevereiro de 1529) foi Conde de Monsanto. Nascido D. Pedro de Noronha na Casa dos Marqueses de Vila Real, era filho de João de Noronha, senhor de Sortelha e de sua mulher D. Joana de Castro, senhora de Cascais e Monsanto.

O seu pai era o filho secundogénito de Fernando de Noronha, 2.º Conde de Vila Real, e foi Governador de Ceuta (1481-1487). Entre os seus irmãos contam-se Brites de Noronha, casada com D. Diogo Pereira, 2.º Conde da Feira, e Margarida de Noronha, senhora de Sarzedas.

O seu avô materno D. Álvaro de Castro, 1.º Conde de Monsanto, morreu na conquista de Arzila em 1471, liderada pelo rei D. Afonso V. O herdeiro da Casa de Monsanto, D. João de Castro, 2.º Conde de Monsanto morreu em 1496 sem deixar descendência. O outro filho varão de D. Álvaro de Castro havia morrido em Tânger sem nunca casar. Pelo que a herança de seu avô transitou para a filha mais velha deste, a mãe de D. Pedro. Este herdou assim o Condado de Monsanto, adoptando o nome de seu avô para que não morresse a linhagem dos Castro.

D. Pedro de Castro casou em 1492, em primeira núpcias, com D. Joana de Menezes, filha de Fernando de Menezes, o Narizes, e neta de D. Duarte de Menezes, Conde de Viana. Não houve descendência deste matrimónio.

D. Pedro de Castro casou em 1497, em segundas núpcias, com D. Inês da Silva e Ayala, filha do Mordomo-Mor D. Diogo da Silva, 1.º Conde de Portalegre. Deste segundo casamento nasceram quatro filhos:

BibliografiaEditar

  • GAYO, Felgueiras. Nobiliário das Famílias de Portugal. Carvalhos de Basto, 2ª Edição. Braga, 1989. Volume IV, pg 265.


Precedido por
D. João de Castro, 2.º Conde de Monsanto
Conde de Monsanto
D. Pedro de Castro

14961529
Sucedido por
D. António de Castro, 4.º Conde de Monsanto