Pegadas de Happisburgh

As pegadas de Happisburgh (em inglês: Happisburgh footprints) eram um conjunto de pegadas de hominídeos fossilizados que datam do início do Pleistoceno, há mais de 800 000 anos. Eles foram descobertos em maio de 2013 em uma camada de sedimentos recém-descoberta de Cromer Forest Bed em uma praia em Happisburgh em Norfolk,[1] Inglaterra, e cuidadosamente fotografados em 3D antes de serem destruídos pela maré logo depois.[2]

Mapa mostrando a localização de Happisburgh durante o Pleistoceno Inferior, aproximadamente 800 000 anos atrás.

Os resultados da pesquisa sobre as pegadas foram anunciados em 7 de fevereiro de 2014 e as identificaram como as pegadas de hominídeos mais antigas conhecidas fora da África.[3][4][5]

Antes da descoberta de Happisburgh,[6] as pegadas mais antigas conhecidas na Grã-Bretanha estavam em Uskmouth, no sul de Gales, desde o Mesolítico e datado de carbono até 4 600 a.C.[7] As pegadas de hominídeo mais antigas conhecidas na Europa foram as pegadas do Ciampate del Diavolo encontradas no vulcão Roccamonfina, na Itália, datadas de cerca de 350 000 anos atrás.[8]

Ganhando o prêmio 'Rescue Dig of the Year' de 2015, a descoberta da pegada de Happisburgh chamou a atenção do público e foi apresentada em uma exposição no Museu de História Natural de Londres.

ReferênciasEditar

  1. «Earliest footprints outside Africa discovered in Norfolk». BBC News (em inglês). 7 de fevereiro de 2014. Consultado em 6 de fevereiro de 2021 
  2. Bennett, Matthew R; Morse, Sarita A. (2014). Pegadas humanas: locomoção fossilizada? . Springer. p. 59. ISBN 978-3-319-08572-2
  3. Ghosh, Pallab. «Earliest footprints outside Africa discovered in Norfolk». BBC News. Consultado em 7 de fevereiro de 2014 
  4. Ashton N, Lewis SG, De Groote I, Duffy SM, Bates M, et al. (2014)"Hominin Footprints from Early Pleistocene Deposits at Happisburgh, UK", PLoS ONE 9(2): e88329. doi:10.1371/journal.pone.0088329
  5. Ashton, Nicholas (7 de fevereiro de 2014). «The earliest human footprints outside Africa». British Museum. Consultado em 7 de fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 7 de fevereiro de 2014 
  6. britishmuseum.org
  7. «Severn Estuary Levels Reserch Committee». www.selrc.org.uk. Consultado em 14 de outubro de 2021 
  8. Bennett, Matthew R.; Morse, Sarita A. (2014). Pegadas humanas: locomoção fossilizada? . Springer. p. 59. ISBN 978-3-319-08572-2

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Pegadas de Happisburgh