Abrir menu principal
Península de Rybachy
Localização da península de Rybachy
País  Rússia
Local Óblast de Murmansk
Coordenadas 69° 42' N 32° 36' E
Península de Rybachy está localizado em: Escandinávia
Península de Rybachy

A península de Rybachy (em russo: полуо́стров Рыба́чий , poluostrov Rybachi; em lapão setentrional: Giehkirnjárga ; em norueguês: Fiskerhalvøya ; em finlandês: Kalastajasaarento ) é a península na Fino-Escandinávia russa. É o território mais a norte da Rússia europeia continental. O seu nome significa «peninsula dos pescadores». Está ligada à Península Sredni, a "península média" por um istmo estreito, pelo que está quase totalmente rodeada pelas águas do Mar de Barents. Está administrativamente unida ao Raion de Pechenga do Oblast de Murmansk, e a sete horas de distância por automóvel de Murmansk.

As suas principais atividades económicas são a criação de renas e, desde 2003, a extração de petróleo.

HistóriaEditar

 
Memorial erigido aos defensores da península.

A península situa-se numa zona onde as fronteiras internacionais foram traçadas relativamente tarde; a fronteira Noruega-Rússia foi demarcada em 1826, colocando a península de Rybachy no lado russo. Nessa altura, muitos colonizadores noruegueses viviam na península.

Depois da Revolução Russa de 1917, as partes ocidentais das penínsulas de Sredni e Rybachy foram transferidas para a Finlândia. Depois da Guerra de Inverno de 1939-1940, a Finlândia cedeu território à União Soviética pelo Tratado de Moscovo.[1] Os colonos noruegueses ficaram "presos" na Rússia soviética depois da revolução; alguns dos seus descendentes mobilizaram-se para obter a cidadania norueguesa depois da Guerra Fria.

Durante Segunda Guerra Mundial, a península é - durante três anos - cenário de uma guerra posicional entre alemães e russos. De facto, tomando a península abriu caminho para as cidades de Murmansk e de Arcangel, que eram os principais pontos de entrada do programa dos Estados Unidos Lend-Lease. A frente dividiu a península em dois, cada lado com posições fortemente fortificadas.

Antes da dissolução da União Soviética, a península estava altamente militarizada devido à proximidade da Noruega, país membro da NATO. Desde então, o exército abandonou a zona, mas em 2005 o acesso era ainda proibido aos estrangeiros.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Península de Rybachy

Referências

  1. Divisão Administrativa e Territorial da região de Murmansk, . 53