Penas Roias

freguesia do município de Mogadouro, Portugal

Penas Roias (pré-AO 1990: Penas Róias)[1] é uma povoação portuguesa sede da Freguesia de Penas Roias do Município de Mogadouro, freguesia com 33,04 km² de área[2] e 278 habitantes (censo de 2021)[3], tendo, por isso, uma densidade populacional de 8,4 hab./km².

Portugal Portugal Penas Roias 
  Freguesia  
Penas Roias
Penas Roias
Penas Roias
Localização
Penas Roias está localizado em: Portugal Continental
Penas Roias
Localização de Penas Roias em Portugal
Coordenadas 41° 23' 27" N 6° 39' 09" O
Município Mogadouro
Código 040812
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 33,04 km²
População total (2021) 278 hab.
Densidade 8,4 hab./km²
Outras informações
Orago São João

Demografia

editar

Nota: Nos anos de 1890 a 1900 tinha anexada a freguesia de Variz

A população registada nos censos foi:[3]

População da Freguesia de Penas Roias
AnoPop.±%
1864 549—    
1878 642+16.9%
1890 597−7.0%
1900 653+9.4%
1911 667+2.1%
1920 637−4.5%
1930 609−4.4%
1940 804+32.0%
1950 836+4.0%
1960 801−4.2%
1970 625−22.0%
1981 773+23.7%
1991 569−26.4%
2001 459−19.3%
2011 382−16.8%
2021 278−27.2%
Distribuição da População por Grupos Etários[4]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 41 64 231 123
2011 32 23 187 140
2021 10 19 117 132

Aldeias

editar

A freguesia é composta por três aldeias:

  • Penas Roias - 87 habitantes em 2011
  • Variz - 226 habitantes
  • Vilariça - 69 habitantes em 2011[5]

Geografia

editar

A Serra do Variz ou de Santiago está dividida entre as freguesias de Penas Roias e Vila de Ala. Esta tem uma altitude de 970 metros, sendo a segunda maior do concelho.

Na freguesia passa a Ribeira de Bastelos, onde está inserida a Barragem de Bastelos, que fornece água a dezenas de aldeias e ainda à sede do município. Na zona da Barragem existe ainda um Parque de Merendas e uma Praia Fluvial sem vigilância.[6]

Faz fronteira, a norte, com São Martinho do Peso, a este, com Castanheira e Sanhoane, a sul com e com Vila de Ala, e a oeste, com Azinhoso e com Mogadouro.

História

editar

Existem nesta freguesia pinturas rupestres que remontam ao Período Mesolítico, estando estas pinturas presentes na Fraga da Letra.

Após a afirmação do Reino de Portugal, no século XII foram reconstruídos o Castelo de Mogadouro e o Castelo de Penas Roias pela Ordem dos Templários, após ambos os castelos terem sido doados por Fernão Mendes de Bragança a esta Ordem em 1145.[7]

Teve foral dado por D. Afonso III, em 1272, e foral novo concedido por D. Manuel I em 1512.

Em 1311, com a extinção da Ordem dos Templários, o Castelo de Penas Róias passa para a Ordem de Cristo.

Em 1457 comprou a Rui Gonçalves Alcoforado, cavaleiro e criado do Conde de Ourém, a vila e o castelo de Penas Róias[8]

Em 1571 foi construído o Monóptero de São Gonçalo, na Quinta da Nogueira, propriedade dos Távoras.[9]

Foi vila e sede de concelho até ao início do século XIX. O concelho era constituído pelas freguesias de Castanheira, Penas Róias, Sanhoane, São Martinho do Peso, Macedo do Peso, Sampaio, Variz, São Pedro do Peso, Viduedo e Vilariça. Tinha, em 1801, 1 560 habitantes.

Em 22 de maio de 1938 abre o troço Mogadouro - Duas Igrejas, na Linha do Sabor, tendo paragem na Estação Ferroviária do Variz. Esta linha acabou por encerrar a 1 de agosto de 1988.

Património

editar

Património Classificado [10]

editar
  • Castelo de Penas Roias, como Monumento Nacional (MN)
  • Monóptero de São Gonçalo, como Monumento de Interesse Público (MIP)
  • Pelourinho de Penas Roias, como Imóvel de Interesse Público (IIP)

Património não Classificado [11]

editar
  • Abrigo rupestre no Castelo de Penas Roias / Pena da Letra no Castelo de Penas Roias
  • Capela da Santa Casa da Misericórdia de Penas Roias
  • Capela Nossa Senhora das Dores, Variz
  • Capela de Santa Cruz, Penas Róias
  • Estação Ferroviária de Variz
  • Fonte da Cruz, Penas Roias
  • Fonte do Variz
  • Igreja Paroquial de Penas Roias / Igreja de São João Baptista
  • Igreja Paroquial de Variz / Igreja de Santo Antão
  • Igreja de São Ciríaco, Vilariça
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Penas Roias

Referências

  1. Diário da República Eletrónico. «Nova grafia dos topónimos». Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Consultado em 26 de fevereiro de 2014 
  2. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 5 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  3. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  5. «Instituto Nacional de Estatistica, Censos 2011». censos.ine.pt. Consultado em 3 de fevereiro de 2021 
  6. «Parque de Merendas Praia Fluvial de Penas Roias» 
  7. Noé, Paula (Dezembro de 2016). «OS CASTELOS DA ORDEM DO TEMPLO EM PORTUGAL» (PDF) 
  8. Moreno, Humberto Baquero. A Batalha de Alfarrobeira. Antecedentes e Significado Histórico. UC Biblioteca Geral: [s.n.] p. Vol.II pág.982 
  9. «Monóptero de São Gonçalo» 
  10. «DGPC | Pesquisa Geral» 
  11. «Monumentos» 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.