Pepê & Neném

cantor brasileiro
Pepê & Neném
Informação geral
Nome completo Potiara da Silva Oliveira (Pepê)
Potiguara da Silva Oliveira (Neném)
Nascimento 6 de julho de 1975 (45 anos)
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s)
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1999–presente
Gravadora(s) Virgin, Som da Terra
Página oficial pepeenenem.com.br

Pepê e Neném é uma dupla de cantoras brasileiras formada pelas irmãs gêmeas Potiara da Silva Oliveira e Potiguara da Silva Oliveira (Rio de Janeiro, 6 de julho de 1975). Elas lançaram o primeiro álbum em 1999, o qual obteve um disco de ouro. Com a música Mania de Você, a dupla vendeu um milhão de cópias e se apresentou nos principais programas de televisão do país.

CarreiraEditar

Pobreza e busca pela famaEditar

As gêmeas Potiara e Potiguara nasceram no Irajá, Zona Norte do Rio de Janeiro, no dia 6 de julho de 1975. A mãe faleceu quando ainda eram bebês. Cresceram em uma família muito humilde, composta por sete filhos.[1] [2]

Com apenas nove anos de idade, já cantavam em festas de conhecidos e batizados, interpretando sucessos de ídolos como Sandra de Sá e Alcione. Aos 16 anos, fugiram de casa por estarem cansadas da violência física severa do pai, que não queria que elas cantassem e as espancava com frequência. Tentaram a sorte em Niterói, onde chegaram a morar na rua por três dias e a cantar em portas de lojas em troca de água e um prato de comida, que era divido pelas duas.

A miséria quase arruinou os planos de uma carreira artística: Pepê contraiu tuberculose. Internada em um hospital, recebeu alta sem estar totalmente curada. As gêmeas contaram com a ajuda de um tio em São Gonçalo, que as abrigou durante a recuperação de Pepê.[3]

Em 1995, conheceram Sebastião Caruso, primeiro empresário das irmãs e responsável por apresentá-las para a gravadora Virgin. Foi a partir daí que assumiram oficialmente os nomes artísticos, derivados de apelidos dados pela avó das cantoras.[4]

SucessoEditar

O disco de estreia das irmãs, chamado apenas Pepê & Neném, chegou ao mercado em 1999 com uma mistura de R&B e funk carioca. A fórmula deu certo: o trabalho vendeu mais de 150 mil cópias, garantindo o primeiro disco de ouro das artistas e rendendo até viagens para os Estados Unidos. Músicas como Mania de Você e Mais Uma Vez frequentaram paradas populares e levaram a dupla aos programas de maior audiência da televisão. Nessas apresentações, faziam uma imitação de Michael Jackson com direito a coreografias e um inglês inventado.

Um ano depois, Pepê e Neném voltaram à mídia com um segundo álbum, Tudo Bem. O trabalho foi conduzido pela música Nada Me Faz Te Esquecer (versão de Wild World, de Cat Stevens),[5] mas vendeu poucas cópias.

Retorno à misériaEditar

Em 2001, a dupla voltou a ser destaque no rádio e nas emissoras de TV, mas no centro de uma polêmica. Pepê e Neném alegavam ter sido vítimas de golpes do ex-empresário. Segundo as cantoras, o ex-empresário se aproveitava da ingenuidade das duas e negociava shows a um cachê elevado, mas informava a elas um valor muito inferior. Além disso, ele também agendava a realização de shows e fugia com o pagamento antecipado, prejudicando a imagem da dupla no mercado e na mídia.[6] Por conta dessa situação, elas voltaram ao anonimato e à pobreza, sobrevivendo de trabalhos informais.

A Fazenda 7Editar

Em 16 de setembro de 2014, Pepê e Neném foram anunciadas pelo apresentador Britto Júnior como o 17° participante do reality show A Fazenda 7 da Rede Record, sendo a primeira dupla a competir como um único fazendeiro.[7]

Durante a participação em A Fazenda 7, Pepê e Neném se envolveram em uma polêmica com o jornalista Felipeh Campos, também integrante do reality show. Ao justificar o voto na dupla, Felipeh fez ataques pessoais às irmãs, inclusive criticando o que descreveu como o "figurino de motoboy" utilizado por elas.[8] A opinião foi considerada preconceituosa pelos demais fazendeiros e telespectadores.

Pepê e Neném foram eliminadas na última semana do programa, quando enfrentaram a ex-panicat Babi Rossi, terminando em 4° lugar na competição. O campeão da temporada, DH Silveira, afirma ter doado um valor em torno de R$ 30 mil para a dupla e produzido uma música em parceria com as duas.[9]

Vida pessoalEditar

HomossexualidadeEditar

Em 2012, durante entrevista à apresentadora Marília Gabriela no programa De Frente com Gabi, Pepê e Neném assumiram publicamente serem homossexuais. Elas declararam que nunca se relacionaram com homens, e Neném contou que se apaixonou por uma menina pela primeira vez aos dez anos de idade.[10]

Família e relacionamentosEditar

Em julho de 2015, Neném se casou com Thaís Baptista em uma cerimônia intimista estimada em R$200 mil reais.[11] O evento contou com segurança reforçada para evitar a presença de credores.[12]

Em junho de 2016, Pepê se casou com Thalyta Santos em uma festa avaliada em R$300 mil.[13] O evento contou com a presença de personalidades da mídia como Sonia Abrão, Tati Minerato e Geisy Arruda.

Em 31 de dezembro de 2016, Thalyta deu à luz os gêmeos Enzo Fabiano e João Gael. A gravidez foi fruto de uma inseminação artificial.[14] No mesmo ano, Neném passou por um processo de fertilização in vitro, mas sofreu um aborto espontâneo no segundo mês de gestação.[15]

Em junho de 2017, Pepê e Thalyta se separaram por conta de uma traição de Pepê. Segundo Thalyta, a esposa estava se relacionando com uma garota de programa. Pepê negou a acusação, e pediu perdão no programa A Tarde É Sua, apresentado por Sonia Abrão.[16] Duas semanas depois, o casal reatou a relação. [17]  

Em 27 de novembro de 2017, Neném finalmente deu à luz a primeira filha, Valentina. A criança foi gerada a partir do óvulo da esposa, Thaís.[18]

Apoio à candidatura de BolsonaroEditar

Em julho de 2017, Pepê e Neném demonstraram apoio ao então deputado federal Jair Bolsonaro. Em um vídeo publicado na página oficial de Bolsonaro no Facebook, as cantoras se posicionaram contra a demonstração de afeto em público por parte de casais homossexuais.[19] A declaração gerou indignação na comunidade LGBT.

Presença nas redes sociaisEditar

Pepê e Neném, suas respectivas esposas, Thalyta e Thaís, e seus respectivos filhos, Enzo Fabiano, João Gael e Valentina, têm uma presença bastante ativa nas redes sociais. Valentina, filha de Neném, conta com mais de 50 mil seguidores no Instagram, aspirando a se tornar uma influenciadora digital mirim.

ReligiãoEditar

Pepê e Thalyta frequentam um terreiro de candomblé.[20] Já Neném e Thaís são espíritas e umbandistas.[21]

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes Vendas Certificações
Pepê & Neném[22]
Tudo Bem[25]
  • Lançamento: 20 de maio de 2000
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Virgin
Imprevisível Demais[26]
  • Lançamento: 24 de julho de 2010
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Terra do Som[27]

SinglesEditar

Como artista principal
Ano Título Melhor posição Álbum
BRA
1999 "Mania de Você" 1 Pepê & Neném
"Mais Uma Vez" 19
"Me Apaixonei Por Você" 32
2000 "Nada Me Faz Esquecer" 1 Tudo Bem
"Esperando Pra Te Amar" 23
2001 "Saudade do Seu Amor" 83
2005 "Palavras de Amor" 90
2010 "Imprevisível Demais" Imprevisível Demais
2016 "Só Você Não Vê"
Como artista convidado
Lista de singles
Título Ano Álbum
"Acho Que Me Apaixonei"[28]
(Angélica part. Pepê & Neném)
2000 Angel Hits & Amigos
"Mania de Você"[29]
(GP Simplicidade part. Pepê & Neném)
2013

FilmografiaEditar

Televisão
Ano Programa Papel Nota
2012 Astros Elas mesmas / Participantes Reality musical: Temporada 2
2014 A Fazenda Elas mesmas / Participantes Reality show: Temporada 7
2016 Máquina da Fama Elas mesmas / Participantes Reality musical
2018 Canta Comigo Elas mesmas / Juradas Reality musical: Temporada 1
2019 Parafernalha Mickey / Lou Canal no Youtube
Filmes
Ano Programa Papel
2000 Xuxa Popstar Elas mesmas

Referências

  1. «Pepê e Neném». Folha de S. Paulo Ilustrada (online). 27 de novembro de 1998. Consultado em 15 de junho de 2020 
  2. «Pepê e Neném: Uma história de cinema». ISTOÉ Gente (online). Consultado em 15 de junho de 2020 
  3. «Pepê e Neném: Uma história de cinema». ISTOÉ Gente (online). Consultado em 15 de junho de 2020 
  4. «Pepê e Neném: uma delas quase deixou a dupla por uma mulher, e a outra teve uma fase "minissaia e salto alto"». ISTOÉ Gente (online). 1 de julho de 2014. Consultado em 15 de junho de 2020 
  5. Sérgio Martins (7/6/2000). Beibe, ai lóvi iú Revista Veja. Edição 1652.
  6. «Pepê e Neném: uma delas quase deixou a dupla por uma mulher, e a outra teve uma fase "minissaia e salto alto"». ISTOÉ Gente (online). 1 de julho de 2014. Consultado em 15 de junho de 2020 
  7. «Gêmeas Pepê e Neném entram em A Fazenda 7 para competir em dupla». Consultado em 16 de setembro de 2014 
  8. «Chorando, Felipeh Campos pede perdão para Pepê e Neném por alfinetadas». 01/10/2014. Consultado em 15 de junho de 2020 
  9. «Campeão de "A Fazenda 7", DH ajudou Pepê e Neném e desistiu de processo». 23/09/2015. Consultado em 15 de junho de 2020 
  10. «Cantoras Pepê e Neném revelam que são homossexuais». f5.folha.uol.com.br. Consultado em 7 de junho de 2012 
  11. «Neném casa com Thais Baptista em casamento avaliado em R$ 200 mil». Revista Quem (online). 6 de julho de 2015. Consultado em 15 de junho de 2020 
  12. «Após ameaça de credores, casamento de Neném terá segurança reforçada». R7 Entretenimento (online). 4 de julho de 2015. Consultado em 15 de junho de 2020 
  13. «Saiba tudo o que rolou no casamento de Pepê e Thalyta Santos». 14/06/2016. Consultado em 15 de junho de 2020 
  14. «Pepê responde fã ao ser questionada sobre a paternidade dos seus gêmeos». Revista Quem (online). 3 de maio de 2018. Consultado em 15 de junho de 2020 
  15. «Neném, da dupla com Pepê, perde o bebê que estava esperando». EGO. 18 de janeiro de 2017 
  16. https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2017/06/thalyta-santos-anuncia-separacao-de-pepe-apos-traicao-muito-hipocrita.html
  17. https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2017/06/pepe-e-thalyta-santos-reatam-casamento-tenho-certeza-que-vamos-ser-muito-felizes.html
  18. «Neném, da dupla com Pepê, relembra parto de filha: "Nasci para ser mãe e não sabia"». Revista Quem Acontece (online). 2 de dezembro de 2017. Consultado em 21 de dezembro de 2017 
  19. «Pepê e Neném apoiam Bolsonaro e revoltam ao dizerem que gay não deve beijar em público». Extra. 1 de agosto de 2017. Consultado em 21 de maio de 2020 
  20. «Pepê, da dupla com Neném, posa com esposa e filhos gêmeos em terreiro de candomblé». Revista Caras (online). 30 de janeiro de 2019. Consultado em 15 de junho de 2020 
  21. «Neném, da dupla com Pepê, relembra parto de filha: "Nasci para ser mãe e não sabia"». Revista Quem Acontece (online). 2 de dezembro de 2017. Consultado em 21 de dezembro de 2017 
  22. «Pepê e Neném disco de ouro em 1999 e despejo em 2013». Arena Fama. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  23. a b «Pepê e Neném: Uma história de cinema». Terra. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  24. «Search: Pepê & Neném». Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD). 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2012 
  25. «TUDO BEM - Pepê e Neném». UOL. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  26. «Depois de serem roubadas por empresário, Pepê e Neném estão de volta». Globo. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  27. «Após 10 anos, Pepê e Neném voltam com novo álbum». O Fuxico. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  28. «Angel Hits & Amigos». iTunes. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014 
  29. «Pepê e Neném estiveram em Ribeirão Preto para gravar CD». Jornal da Cidade. 26 de novembro de 2009. Consultado em 12 de Julho de 2014. Arquivado do original em 6 de outubro de 2014 

Ligações externasEditar