Pepe Reina

futebolista espanhol

José Manuel Reina Páez, mais conhecido como Pepe Reina (Madrid, 31 de agosto de 1982), é um futebolista espanhol que atua como goleiro. Atualmente joga na Lazio.

Pepe Reina
Pepe Reina
Pepe Reina em 2017.
Informações pessoais
Nome completo José Manuel Reina Páez
Data de nasc. 31 de agosto de 1982 (38 anos)
Local de nasc. Madrid, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,88 m
destro
Apelido Pepe
Informações profissionais
Clube atual Lazio
Número 25
Posição Goleiro
Clubes de juventude

1998–1999
EF Madrid Oeste
Barcelona
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1999–2000
2000–2002
2002–2005
2005–2014
2013–2014
2014–2015
2015–2018
2018–2020
2020
2020–
Barcelona B
Barcelona
Villarreal
Liverpool
Napoli (emp.)
Bayern de Munique
Napoli
Milan
Aston Villa (emp.)
Lazio
0030 0000(0)
0049 0000(0)
0138 0000(0)
0394 0000(0)
0043 0000(0)
0003 0000(0)
0139 0000(0)
0013 0000(0)
0012 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional3
1998–1999
1999
2000
2000–2003
2005–2018
2000
Espanha Sub-16
Espanha Sub-17
Espanha Sub-18
Espanha Sub-21
Espanha
Catalunha
0009 0000(0)
0002 0000(0)
0001 0000(0)
0020 0000(0)
0036 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de julho de 2020.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 9 de outubro de 2017.

Filho do ex-goleiro Miguel Reina, especialista em defender pênaltis, Reina começou sua carreira nas categorias de base do Barcelona, em 1995.[1] Subiu ao time profissional em 2000, e permaneceu no Barça até 2002, quando transferiu-se para o Villarreal. No Submarino Amarelo, atuou em mais de 100 partidas e despertou o interesse de grandes clubes do futebol europeu.[2]

CarreiraEditar

LiverpoolEditar

Reina assinou com o Liverpool em julho de 2005, com o técnico Rafael Benítez saudando-o como "o melhor goleiro da Espanha". Reina estreou pelo Liverpool contra o Network Solutions Total, agora conhecido como The New Saints, na primeira fase da Liga dos Campeões de 2005–06.[3]

Reina também quebrou o recorde no Liverpool de ficar sem tomar gols, entre 11 de outubro e dezembro de 2005. Mineiro do São Paulo, marcou nele no dia 18 de dezembro de 2005, durante o Mundial de Clubes.[4][5]

No clube inglês, imediatamente se tornou titular e chegou ao auge de sua carreira. Sua primeira grande atuação pelos Reds aconteceu na final da Copa da Inglaterra de 2005–06, contra o West Ham United: após o empate por 3–3 no tempo normal e prorrogação, defendeu três das quatro cobranças do West Ham na disputa por pênaltis, levando o Liverpool ao título do torneio. Em 2007, levou o clube à final da Liga dos Campeões, mas os ingleses acabaram derrotados pelo Milan. Em sua passagem pela Inglaterra foi considerado um dos melhores goleiros da Premier League, ao lado de Petr Čech e Edwin van der Sar, do Manchester United, e um dos melhores goleiros do mundo.[6][7]

2011–12Editar

No dia 26 de fevereiro de 2012, Reina ganhou seu segundo título pelo Liverpool, batendo o Cardiff nos pênaltis na final da Copa da Liga.[8] Já no dia 1 de abril, Reina recebeu um cartão vermelho em uma derrota por 2–0 contra o Newcastle devido a uma entrada violenta em James Perch.[9] Reina não havia desfalcado o Liverpool em um jogo da Premier League por mais de cinco anos.[10] Isso resultou a Doni jogar os dois próximos jogos, contra Aston Villa e Blackburn Rovers. Reina também perdeu a semifinal da Copa da Inglaterra contra o Everton, no dia 14 de abril, um jogo em que o Liverpool venceu por 2–1 com gols de Luis Suárez e Andy Carroll.[11]

2012–13Editar

No dia 29 de outubro, Reina não jogou a partida contra o Everton em um empate por 2–2.[12] Jogou sua partida 262ª contra o Newcastle, sofreu um gol e seu time empatou em 1–1 no Anfield, com gol de Luis Suárez.[13][14] Voltou a jogar depois de quase um mês na reserva do Liverpool, o seu time venceu por 3–2 de virada contra o West Ham.[15][16] Ficou sem sofrer gols em 30 de dezembro, contra o Queens Park Rangers.[17] Reina conquistou duas partidas sem sofrer gols contra o Sunderland.[18][19] Vencendo o jogo por 3–0, segunda vitória seguida do Liverpool.

No dia 13 de janeiro, perdeu o clássico para o Manchester United, no Old Trafford, por 2–1.[20] No segundo clássico, contra o Manchester City, sua equipe empatou por 2–2.[21][22][23][24] Sofreu dois gols no dia 11 de fevereiro, contra o West Bromwich, e sua equipe perdeu a partida pelo mesmo placar.[25][26] No jogo contra o Swansea, no dia 17 de fevereiro, os Reds golearam por 5–0.[27]

NapoliEditar

Após ter perdido espaço com a contratação de Mignolet, o então treinador do Liverpool, Brendan Rodgers, confirmou o empréstimo de Reina ao Napoli no dia 26 de julho de 2013.[28]

Bayern de MuniqueEditar

No dia 5 de agosto de 2014, foi vendido ao Bayern de Munique por cerca de três milhões de euros.[29]

Retorno ao NapoliEditar

Em junho de 2015, após uma temporada no clube alemão sendo reserva de Manuel Neuer, tendo atuado em apenas três partidas, acertou seu retorno ao Napoli.[30]

MilanEditar

Em julho de 2018 assinou com o Milan até 2021, chegando para brigar por posição com Gianluigi Donnarumma.[31] No dia 5 de outubro de 2019, em um jogo contra o Genoa no Estádio Luigi Ferraris, sofreu um frangaço em cobrança de falta de Lasse Schöne, mas se redimiu ao pegar um pênalti do próprio Schöne nos acréscimos.[32]

Seleção NacionalEditar

 
Espanha na Eurocopa de 2012.

Seu primeiro jogo pela Seleção Espanhola foi em agosto de 2005, na vitória por 2–0 sobre o Uruguai. Fez parte do elenco da Fúria nas Copas do Mundo de 2006 e 2010 - nesta última os espanhóis sagraram-se pela primeira vez campeões mundiais. Além disto, esteve também no elenco campeão da Euro 2008.[33]

Em outubro de 2008, ele e Casillas juntos quebraram o recorde nacional por mais tempo sem sofrer um gol. O par foi invicto por 710 minutos, mais tempo do que o lendário Andoni Zubizarreta e Francisco Buyo. Wesley Sonck, da Bélgica, terminou sua série sem gols quando marcou contra a Espanha em uma Copa do Mundo jogo de qualificação em 2010.[34]

Quando foi convocado para a Seleção Catalã em 2000, atuou em apenas uma partida.[8]

Vida pessoalEditar

Casou-se com Yolanda Ruiz, em Córdoba, em 19 de maio de 2006[35], antes de concentrar com a Seleção Espanhola para a disputa da Copa do Mundo. O casal teve cinco filhos: Grecia (nascido em 25 de fevereiro de 2007), Alma (nascido em 30 de julho de 2008), Luca (nascido em 26 de maio de 2011), Thiago e Sira. No período em que atuou no Liverpool, Reina foi vizinho de Fernando Torres. Ele também era vizinho de Maxi Rodríguez antes de Maxi voltar para a Argentina.[36][37]

Seu pai, Miguel Reina, foi goleiro do Atlético de Madrid na final da Copa Europeia de 1974.

Apesar de ter uma personalidade séria como goleiro, Reina é conhecido por seu humor extravagante, muitas vezes distraindo seus colegas com piadas e canções[38][39], tendo atuado como mestre de cerimônias nas celebrações oficiais da Espanha após os títulos da Euro 2008[40], Copa do Mundo de 2010[41] e da Euro 2012.

Reina é um amigo muito próximo de David Villa.[42] Muitas vezes eram vistos juntos passando o tempo ou comemorando vitórias.[43][44]

TítulosEditar

Villarreal
Liverpool
Napoli
Bayern de Munique
Seleção Espanhola

Prêmios individuaisEditar

Referências

  1. «Mourinho in a mess». Consultado em 7 de Maio de 2010 
  2. «Reina nets goalkeeping award». Consultado em 9 de Agosto de 2007 
  3. «Teams of the Week - Round 9». Consultado em 13 de Outubro de 2012 
  4. «Liverpool 0 x 1 São Paulo - FIFA Mundial de Clubes». Consultado em 24 de Novembro de 2005 
  5. «São Paulo vence o Liverpool e conquista o tricampeonato mundial». Consultado em 27 de Novembro de 2006 
  6. «Kenny Dalglish upbeat over fitness of Gerrard and Reina». Consultado em 11 de Julho de 2011 
  7. «Kenny Dalglish upbeat over fitness of Gerrard and Reina». Consultado em 12 de Julho de 2011 
  8. a b «Reds win Carling Cup on penalties». Consultado em 26 de Fevereiro de 2012 
  9. «Liverpool take an April fall». Consultado em 1 de Abril de 2012 
  10. «Stevie: Reina will make up for it». Consultado em 4 de Abril de 2012 
  11. «Liverpool boss Roy Hodgson backs Pepe Reina after error». Consultado em 15 de Agosto de 2010 
  12. «Liverpool vs Everton». Consultado em 29 de Outubro de 2010 
  13. «Liverpool vs Newcastle United - PREMIER LEAGUE». Consultado em 3 de Novembro de 2012 
  14. «Liverpool encara Newcastle para se distanciar das últimas colocações». Consultado em 4 de Novembro de 2012 
  15. «West Ham United 2 - 3 Liverpool - OGOL.com». Consultado em 9 de Dezembro de 2012 
  16. «West Ham United 2 - 3 Liverpool - BBC SPORT». Consultado em 10 de Dezembro de 2012 
  17. «Em volta de Júlio César, Liverpool atropela QPR em Londres». Consultado em 30 de Dezembro de 2012 
  18. «Liverpool 3 Sunderland 0: Suarez at the double as Reds enjoy perfect start to 2013». Consultado em 1 de Janeiro de 2013 
  19. «Suárez brilha, Liverpool vence e vai embalado para clássico com o United». Consultado em 2 de Janeiro de 2013 
  20. «Manchester United 2 - 1 Liverpool - PREMIER LEAGUE». Consultado em 13 de Janeiro de 2013 
  21. «Man City 2 - 2 Liverpool - PREMIER LEAGUE». Consultado em 1 de Fevereiro de 2013 
  22. «City empata com o Liverpool e vê distância para Manchester aumentar». Consultado em 2 de Fevereiro de 2013 
  23. «Man. City 2-2 Liverpool - OGOL.com». Consultado em 3 de Fevereiro de 2013 
  24. «City joga pior, só empata com Liverpool e diferença para o United cresce». Consultado em 4 de Fevereiro de 2013 
  25. «Inglaterra: West Brom surpreendeu Liverpool em Anfield (2-0)». Consultado em 13 de Fevereiro de 2013 
  26. «Liverpool derrotado em casa». Consultado em 10 de Fevereiro de 2013 
  27. «Liverpool 5 vs 0 Swansea City - PREMIER LEAGUE». Consultado em 17 de Fevereiro de 2013 
  28. «Rodgers on Pepe Reina loan move» (em inglês). Sítio oficial Liverpool FC. 26 de julho de 2013. Consultado em 26 de julho de 2013 
  29. Dennis (5 de agosto de 2014). «Pepe Reina to FC Bayern». Dennis. Consultado em 5 de agosto de 2014 
  30. «Reserva de Neuer no Bayern de Munique, Reina acerta retorno ao Napoli após um ano». ESPN.com.br. 23 de junho de 2015. Consultado em 21 de julho de 2020 
  31. «Milan se movimenta no mercado e assina com Pepe Reina e Strinic, diz site». GloboEsporte.com. 2 de julho de 2018. Consultado em 21 de julho de 2020 
  32. Leandro Stein (5 de outubro de 2019). «Do inferno ao céu: Reina tomou um frangaço, mas garantiu a vitória do Milan ao pegar um pênalti nos acréscimos». Trivela. Consultado em 21 de julho de 2020 
  33. «Pepe Reina SUPERLOCO en el avion con la Selección!». Consultado em 30 de Maio de 2008 
  34. «Liverpool - Daily Post.co.uk». Consultado em 22 de Abril de 2009 
  35. «Daniel Alves: Liverpool, Barcelona - Now Real Madrid's in the Mix». Consultado em 14 de Março de 2006. Arquivado do original em 25 de maio de 2012 
  36. «Liverpool star Crouch breaks nose». Consultado em 25 de Fevereiro de 2007 
  37. «Mundo Deportivo.com». Consultado em 16 de Março de 2006 [ligação inativa]
  38. «REINA - Early life 2006 and 2007». Consultado em 19 de Março de 2008 [ligação inativa]
  39. «Reina canta parágrafo Iker Casillas e namorada SUA DEPOIS de ganhar uma Copa do Mundo de 2010». Consultado em 29 de Março de 2008 
  40. «Reina e Miguel Reina dunous!!». Consultado em 27 de Março de 2008 
  41. «Vídeo 2010: Reina en el Avión». Consultado em 27 de Março de 2008 
  42. «Pepe e Villa no Barcelona». Consultado em 24 de Março de 2008 
  43. «Pepe Reina: noticias de sociedad». Consultado em 2 de Março de 2011 
  44. «Pepe Reina Noticias, fotos y más en 20minutos.es». Consultado em 17 de Setembro de 2011 
  45. «Royal Order of Sporting Merit 2011» 
  46. «Las campeones del mundo de fútbol ya tienen la Real Orden del Mérito Deportivo». Consultado em 5 de Outubro de 2011 

Ligações ExternasEditar