Pequeno Dicionário Amoroso

filme de 1997 dirigido por Sandra Werneck

Pequeno Dicionário Amoroso é um filme brasileiro de 1997, do gênero comédia romântica, dirigido por Sandra Werneck, com roteiro de José Roberto Torero e Paulo Halm, e estrelado por Andréa Beltrão e Daniel Dantas.

Pequeno Dicionário Amoroso
Cartaz do filme.
 Brasil
1997 •  cor •  91 min 
Direção Sandra Werneck
Roteiro José Roberto Torero
Paulo Halm
Elenco Andréa Beltrão
Daniel Dantas
Tony Ramos
José Wilker
Glória Pires
Mônica Torres
Marcos Winter
Género comédia romântica
Música Ed Motta
Chico Buarque
João Nabuco
Cinematografia Walter Carvalho
Edição Virgínia Flores
Lançamento 31 de janeiro de 1997[1]
Idioma português
Receita R$2.100.685[2]
Cronologia
Pequeno Dicionário Amoroso 2 (2015)

Em 2015, o filme ganhou uma continuação, chamada Pequeno Dicionário Amoroso 2. Também ganhou versão para os palcos, com a encenação original, de 2004, tendo direção de Jorge Fernando e Claudia Jimenez e Ernani Moraes nos papéis principais.[3]

SinopseEditar

Dois jovens que se conhecem por acaso, se apaixonam, se questionam e se separam. Todos os verbetes possíveis numa relação amorosa contemporânea, da atração a separação passando pelas coincidências, felicidade, idílio, jogo, juramento, pesadelo, revanche… e à teimosia do amor. São, literalmente, as desordens da paixão em ordem alfabética.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Pequeno Dicionário Amoroso é o primeiro longa-metragem dirigido por Sandra Werneck. O roteiro é assinado por Paulo Halm e José Roberto Torero. A trilha sonora é composta por Ed Motta e Chico Buarque.[4] As filmagens aconteceram na cidade do Rio de Janeiro.

LançamentoEditar

Em 31 de janeiro de 1997 o filme foi lançando nos cinemas brasileiros. Mais tarde, participou de alguns festivais internacionais, como no Miami Brazilian Film Festival, Chicago International Film Festival e Mar del Plata Film Festival, em 1997. Foi lançado nos cinemas da Alemanha em 2001, sob o título de Das kleine Buch der Liebe.[carece de fontes?]

RecepçãoEditar

Resposta críticaEditar

O filme foi bem recebido pela crítica e pelo público. Filipe Pereira, em sua crítica ao site Vortex Cultural, escreveu: "O Pequeno Dicionário Amoroso flagra momentos de absoluto arroubo criativo no retratar dos amores perdidos e achados, de representar belamente o romantismo e a desilusão, reunindo grande parte das sensações que inevitavelmente habitam o ideário de homens e mulheres apaixonados e desolados, assim como os românticos incorrigíveis."[5] Do site Papo de Cinema, Rodrigo de Oliveira disse: "Pequeno Dicionário Amoroso é um simpático filme, retratando de forma divertida e verdadeira os altos e baixos de um relacionamento a dois."[4]

Prêmios e indicaçõesEditar

Participou de diversos festivais de cinema nos quais também foi premiado. Em Festival de Brasília de 1996, o filme foi premiado nas categorias de melhor edição e fotografia.[6] Recebeu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cartagena, na Colômbia.[7] No Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro de 1998, recebeu indicações em oito categorias: melhor filme, melhor direção, melhor atriz (Andréa Beltrão), melhor ator coadjuvante (Tony Ramos), melhor atriz coadjuvante (Mônica Torres), melhor roteiro e melhor trilha sonora, sendo vencedor nessa categoria.[4]

Lista de prêmios e indicações
Ano Festival Categoria Nomeações Resultado
1996 Festival de Cinema de Brasília Melhor Fotografia Walter Carvalho Venceu
Melhor Montagem Virgínia Flores Venceu
1997 Brazilian Film Festival of Miami Prêmio de Melhor Filme da Audiência Venceu
Festival Internacional de Cinema de Cartagena Melhor Filme Indicado
Melhor Roteiro Paulo Halm e José Roberto Torero Venceu
Verona Loves Screen Film Festival Melhor Filme Sandra Werneck Venceu
1998 Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro Filme do Ano Indicado
Melhor Direção Sandra Werneck Indicado
Melhor Atriz Andrea Beltrão Indicado
Melhor Ator Coadjuvante Tony Ramos Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Mônica Torres Indicado
Melhor Roteiro Paulo Halm e José Roberto Torero Indicado
Melhor Trilha Sonora Ed Motta e João Nabuco Venceu

Referências

  1. «'Pequeno Dicionário' tem pré-estréia hoje». Folha de S.Paulo. 18 de janeiro de 1997. Consultado em 11 de outubro de 2017 
  2. «Listagem de Filmes Brasileiros Lançados 1995 a 2018» (PDF). Ancine 
  3. "Pequeno Dicionário Amoroso" vai ao palco
  4. a b c «Pequeno Dicionário Amoroso». Consultado em 18 de julho de 2021 
  5. Pereira, Filipe (17 de setembro de 2015). «Crítica | O Pequeno Dicionário Amoroso». Vortex Cultural. Consultado em 18 de julho de 2021 
  6. «29º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (1996)». Metrópoles. 21 de agosto de 2017. Consultado em 18 de julho de 2021 
  7. «Pequeno Dicionário Amoroso». Consultado em 18 de julho de 2021 
  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.