Abrir menu principal

Periquito (Minas Gerais)

município brasileiro do estado de Minas Gerais
Disambig grey.svg Nota: Para as aves psitaciformes da família dos psitacídeos, veja Periquito.
Periquito
  Município do Brasil  
Entrada da cidade às margens da BR-381
Entrada da cidade às margens da BR-381
Símbolos
Bandeira de Periquito
Bandeira
Brasão de armas de Periquito
Brasão de armas
Hino
Gentílico periquitense[1]
Localização
Localização de Periquito em Minas Gerais
Localização de Periquito em Minas Gerais
Periquito está localizado em: Brasil
Periquito
Localização de Periquito no Brasil
Mapa de Periquito
Coordenadas 19° 09' 28" S 42° 14' 02" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária[2] Ipatinga
Região imediata[2] Ipatinga
Região metropolitana Vale do Aço
Municípios limítrofes Governador Valadares, Açucena, Naque, Belo Oriente e Ipatinga
Distância até a capital 270 km
História
Fundação 21 de dezembro de 1995 (23 anos)[3]
Administração
Distritos
Prefeito(a) Geraldo Martins Godoy (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 228,907 km²
População total (estatísticas IBGE/2019[1]) 6 810 hab.
Densidade 29,75 hab./km²
Clima tropical quente semiúmido (Aw)
Altitude 231 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35118-000 a 35119-999[4]
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,651 médio
PIB (IBGE/2016[6]) R$ 81 163,28 mil
PIB per capita (IBGE/2016[6]) R$ 11 462,12
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião[7]
www.periquito.mg.gov.br (Prefeitura)
www.camaraperiquito.mg.gov.br (Câmara)

Periquito é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e pertence ao colar metropolitano do Vale do Aço. Sua população estimada em 2019 era de 6 810 habitantes.[1]

HistóriaEditar

 
Monumento a Periquito, às margens da BR-381.

A formação do atual município de Periquito teve início em 1939, quando o fazendeiro Waldemiro Barrel doou 15 alqueires de suas terras à Igreja Católica, dedicando-as a São Sebastião, em honra a uma promessa cumprida. A fertilidade das terras, propícias à agropecuária, associada à proximidade com o rio Doce e, mais tarde, à chegada da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), atraiu os primeiros habitantes. Isso deu origem à formação de um povoamento, denominado Periquito em referência à ave da espécie "Melopsittacus undulatus", típica da localidade.[3]

Dado o desenvolvimento, pela lei estadual nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, foi criado o distrito, subordinado a Açucena. O desejo de emancipação por parte da população levou à fundação da Comissão Distrital Unidos de Periquito (CODUP), em prol à causa, culminando na criação do município de Periquito pela lei estadual nº 10.703, de 27 de abril de 1992,[3] e lei nº 12.030, de 21 de dezembro de 1995,[8] instalando-se em 1º de janeiro de 1997.[3] Desde seu desmembramento, é constituído pelos distritos de Pedra Corrida e São Sebastião do Baixio, além da sede municipal.[3]

GeografiaEditar

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[9] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Ipatinga.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Ipatinga, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[10]

O município faz parte da bacia do rio Doce, sendo banhado pelo rio Doce. Tem temperatura média anual de 24,5 ºC, sendo a máxima de 29,6 ºC e mínima de 18,2 ºC. O índice médio pluviométrico anual é de 1 113,8 mm.[11]

EconomiaEditar

 
Trecho alagado do rio Corrente Grande no reservatório da Usina Hidrelétrica de Baguari, às margens da BR-381, entre Periquito e Governador Valadares.

Historicamente, a economia de Periquito sempre se baseou na extração de madeira. Seja para alimentar as caldeiras das locomotivas, produção de carvão, celulose ou para o setor moveleiro, que sempre assegurou um significativo mercado de trabalho para a mão-de-obra local. A agricultura também é uma fonte de subsistência do município de Periquito e principal atividade econômica.

InfraestruturaEditar

TransportesEditar

A BR-381 corta a sede e liga o município a cidades como Ipatinga, Governador Valadares e a capital mineira, Belo Horizonte. A BR-116 corta Governador Valadares e o atalho para Periquito é de fácil localização. A cidade também é atendida pela Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), vindo de Belo Horizonte ou Vitória.[11]

Cultura e lazerEditar

FestasEditar

  • Carnaval de rua – De sexta à terça-feira de carnaval
  • 1º de maio – Comemoração ao dia do trabalhador
  • Primeiro Final de Semana de Julho – Cavalgada e Rodeio
  • 7 de setembro – Comemoração cívica
  • 21 de dezembro – Festa de aniversário da cidade
  • 31 de dezembro – Show da Virada (reveillon)

Feriados municipaisEditar

  • 20 de janeiroSão Sebastião, padroeiro da cidade
  • Mês de Maio – Semana Municipal da Família (sempre dentro do mês de maio)
  • Primeira semana do mês de agosto – Semana de prevenção e combate à depressão
  • 15 de agosto – Assunção de Nossa Senhora
  • Segundo domingo de setembro – Dia municipal dos evangélicos
  • 21 de dezembro – Aniversário de emancipação política

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Periquito». Consultado em 7 de março de 2019. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2019 
  2. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  3. a b c d e f Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Periquito - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 17 de junho de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 13 de junho de 2013 
  4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 7 de março de 2019. Cópia arquivada em 7 de março de 2019 
  7. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 2. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  8. Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). «Lei 12030, de 21 de dezembro de 1995». Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 
  9. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  10. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 25 de setembro de 2017 
  11. a b Cidades.Net. «Periquito - MG». Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Periquito
  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.