Abrir menu principal

Personagem modelo

Estampa do Hokusai Manga (北斎漫画), de Hokusai Katsushika (葛飾 北斎).
Imagem do Essai de physiognomonie (p. 13) de Rodolphe Töpffer.

Uma personagem modelo, arquétipo de personagem ou tipo de personagem é um arquétipo humano ou animado que reúne um conjunto de características físicas, psicológicas e morais, prefixadas e reconhecidas pelos leitores ou o público como comuns de uma função ou papel já acomodado pela tradição. Os personagens modelo são instantaneamente reconhecidos pelos membros de uma cultura dada, de tal forma que "o espectador de um filme ou o leitor de uma historieta, deseja, quer e espera que o "bom" tenha cara de bom, e o "mau" tenha cara de mau".[1][2]

Dependem fortemente, portanto, dos esteriótipos culturais para sua personalidade, forma de falar, e outras características. Devido a isto, um recurso frequente da comédia e paródia é  exagerar ou quebrar os vários personagens modelos. Os personagens modelos como consequência, são criticados por ser clichê. Muitos gêneros cinematográficos ou literários, dependem e giram em torno de personagens modelos.O modelo também marca figuras representativas de grupos sociais minotários, que são caracterizados por um rasgo psicológico ou moral .

Os personagens modelos da tradição ocidental procedem dos teatros da Grécia e Roma antigas e, mais recentemente, da comédia da arte italiana.

Exemplos de modelos são frequentes na literatura costumbrista espanhola do século XIX e no teatro espanhol do século de ouro.

Nos Estados Unidos, os tribunais têm opinado que a protecção dos direitos de autor não pode ser aplicada às características dos personagens modelos numa história, seja um livro, uma obra de teatro ou um filme. [3]

Exemplos de personagens modelosEditar

ReferênciasEditar

  1. Chris Baldick (2008). «stock character». The Oxford Dictionary of Literary Terms. Oxford University Press. 317 páginas. Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  2. Kamesha Jackson (2010). «stock character». In: Ronald L. Jackson II. Encyclopedia of Identity. Sage Publications. Consultado em 22 de janeiro de 2014. 
  3. Nichols v. Universal Pictures Corporation, 45 F.2d 119 (2d Cir. 1930).